Novidades 2020

Enxurrada eletrificada não terminou. Híbridos “atacam” em 2020

Depois da enxurrada de elétricos, uma enxurrada de… híbridos. Fica a conhecer todas as propostas híbridas que estão para chegar em 2020.

A “febre da eletrificação” pela qual a indústria automóvel está obrigatoriamente a passar não se faz apenas com base em modelos 100% elétricos. Se já anunciámos uma enxurrada de elétricos, a enxurrada de híbridos não será mais pequena, antes pelo contrário.

Passaram pouco mais de 20 anos sobre o primeiro híbrido de produção em série (o Toyota Prius), e hoje em dia as propostas híbridas são mais que muitas, sejam carregáveis (plug-in) ou não.

Em 2020 veremos a oferta crescer expressivamente, sobretudo no campo dos híbridos plug-in. Estes serão tão fundamentais nos cálculos das emissões de CO2 dos construtores em 2020-21, como os elétricos o serão. Não admira que tantas marcas aproveitem 2020 para lançar as suas propostas híbridas. Fica a par de todas elas.

A NÃO PERDER: Todas as novidades automóveis para 2020 estão aqui

Compactos híbridos: já não são só nipónicos

Para começar, temos o Toyota Yaris Hybrid, que terá nova geração em 2020. Nova plataforma, novo visual, e claro a aposta nos híbridos é para continuar por parte da Toyota. Se o Yaris é o ator principal no que toca a pequenos híbridos, em 2020 será acompanhado pelo novo Honda Jazz, um modelo que não é estranho à hibridação.  Depois de ter abandonado as soluções híbridas na Europa, a nova geração volta a apostar nela e desta vez como a única opção de motorização.

VÊ TAMBÉM: Um carro elétrico usa tantos metais raros como 60 Toyota Yaris Hybrid

Pela primeira vez a “guerra dos utilitários híbridos” vai contar com um concorrente que não vem do Japão. Com chegada prevista para o próximo ano, o Renault Clio E-Tech híbrido é a tentativa da marca francesa vingar num nicho dominado até agora pelos nipónicos. Será que vai ser bem sucedido? Só o tempo o dirá.

Renault Clio 2019
VÊ TAMBÉM: O novo Renault Clio já tem preços para Portugal

Um segmento acima, a Mercedes-Benz vai lançar os Classe A e Classe B híbridos plug-in e a Volkswagen vai manter a aposta nesta tecnologia com a nova geração do Golf, desta vez não com um, mas dois híbridos plug-in. Também o novo SEAT Leon fará uso de soluções híbridas idênticas às usadas pelo seu “primo”.

A parceria entre a Toyota e a Suzuki também significará um acréscimo de híbridos no mercado. A Suzuki vai apresentar uma versão do Corolla com o seu símbolo.

VÊ TAMBÉM: Classe A e Classe B também passam a híbridos plug-in

SUV compactos híbridos. Receita de sucesso?

Para quem quer um pequeno SUV eletrificado, mas não está convencido das vantagens de um modelo 100% elétrico, o próximo ano vai trazer não uma, não duas mas três propostas híbridas plug-in que podem ser a solução para esse “problema”.

Duas delas são provém da FCA e consistem na versão híbrida plug-in do Jeep Renegade e do seu “primo” transalpino, o Fiat 500X PHEV. Já vindo de França vai surgir o Renault Captur PHEV, que tem chegada prevista para junho de 2020 e deverá oferecer 50 km de autonomia em modo 100% elétrico.

VÊ TAMBÉM: Novo Renault Captur (2020) em vídeo. Mudou TUDO!

Já para quem precisa de mais espaço, e subindo um segmento, 2020 revela uma forte aposta híbrida plug-in por parte do grupo PSA: o C5 Aircross Hybrid, Peugeot 3008 Hybrid e o mais possante Hybrid4, e o Opel Grandland X Hybrid e Hybrid4.

VÊ TAMBÉM: Ao volante do novo Citroën C5 Aircross. Valeu a pena esperar?

A estes deverão ainda juntar-se os BMW X1 híbrido plug-in, Jeep Compass PHEV e o inédito CUPRA Formentor. É o primeiro modelo independente da mais recente marca do Grupo Volkswagen e cujas formas finais foram antecipadas pelo concept homónimo. Por fim, o novo Ford Kuga, conhecido ainda em 2019, chega em 2020 com versões híbridas e híbridas plug-in.

VÊ TAMBÉM: SEAT Leon Cupra R ST. Lobo em pele de… isso mesmo!

Não interessa o tamanho. SUV híbridos para todos

Nos segmentos médio e alto, as propostas híbridas serão mais que muitas. No próximo ano vão chegar ao mercado modelos como o BMW X3 xDrive30e, o Mercedes-Benz GLC 300 e, o Toyota RAV4 Plug-in Hybrid, e uma inédita versão da Suzuki do RAV4 (ao abrigo da parceria entre os dois construtores).

O híbrido plug-in mais vendido da Europa também vai conhecer uma nova geração em 2020 — não sabes de que modelo estamos a falar? É mesmo o Mitsubishi Outlander, uma história de sucesso para a marca dos três diamantes na Europa, pelo que são muitas as expetativas que residem sobre o novo modelo. Visualmente, deverá ser bastante próximo do concept Engelberg Tourer.

Mitsubishi Engelberg Tourer 2019
Mitsubishi Engelberg Tourer foi revelado em 2019. O futuro Outlander herdará muitas das suas linhas.
VÊ TAMBÉM: Oficial. Elétrico da Ford recorrerá à MEB, a mesma base do Volkswagen ID.3

Para quem precisa de mais espaço, a Ford prepara-se para lançar o Explorer, um modelo tipicamente norte-americano, com dimensões XL, que chegará à Europa exclusivamente com uma versão híbrida plug-in. A SEAT também estreia-se entre os híbridos plug-in com o Tarraco PHEV, que marca ainda a chegada do nível FR à gama Tarraco.

VÊ TAMBÉM: SEAT Tarraco em vídeo. TUDO sobre o novo topo de gama da SEAT

Já entre os alemães, a Audi prepara-se para lançar a versão híbrida plug-in do renovado Q7, enquanto a Mercedes-Benz vai lançar o GLE 350 de — “d” de Diesel.

Nem os ícones do todo o terreno escapam a este “novo mundo” eletrificado. O Jeep Wrangler PHEV (híbrido plug-in) será uma realidade em 2020, assim como veremos a Land Rover levantar o véu sobre a versão híbrida plug-in do novo Defender.  Por fim, para quem pretende um híbrido mas não abre mão do luxo, o Bentley Bentayga Hybrid é a proposta ideal.

VÊ TAMBÉM: Bentayga Hybrid. O primeiro híbrido plug-in da Bentley já está em produção

Tecnologia híbrida também casa com as carroçarias tradicionais

Como não é só de SUV que é feito o mercado, as berlinas e carrinhas, os formatos mais convencionais e tradicionais, vão conhecer igualmente propostas híbridas. Uma dessas propostas é o Peugeot 508 Hybrid, disponível como berlina e carrinha, sendo que a este se vão juntar versões híbridas plug-in dos Skoda Octavia e o Superb.

Subindo de posicionamento, o Audi A7 Sportback e A8, assim como o veterano Maserati Ghibli — que será renovado em 2020 —, também terão versões híbridas plug-in.

VÊ TAMBÉM: Testámos o Peugeot 508 2.0 BlueHDI: um premium à francesa?

Híbridos desportivos? Sim, também há

Nem os desportivos escapam. Apesar da complexidade e lastro extra, são muitos os desportivos nos próximos anos que serão parcialmente eletrificados. Brevemente publicaremos um artigo sobre o que 2020 reserva para os que procuram altas prestações, mas podemos abrir as “hostilidades” com duas delas.

Polestar 1
Polestar 1 em Goodwood © João Faustino

Uma delas já a conhecemos há algum tempo. É o Polestar 1, que apesar de ter sido apresentado em 2018, só chega em 2020. A outra é uma inédita versão híbrida do Ford Mustang. Apesar de não haver confirmação oficial, se a Ford foi capaz de lançar um Mustang em formato crossover e elétrico, um híbrido derivado do Mustang parece-nos bastante credível — como nota, eles revelaram um protótipo elétrico do Mustang no SEMA.

Mais artigos em Notícias