Apresentação

BMW X1 ganha versão híbrida plug-in com o restyling

Até agora só disponível no mercado chinês, a versão híbrida plug-in do BMW X1 chega à Europa após o tradicional restyling de "meia-idade" do SUV alemão.

Depois de ainda esta semana ter dado a conhecer a nova geração do Série 1 (a primeira com tração dianteira), a marca alemã revelou o renovado BMW X1, que para além dos tradicionais retoques estéticos passou a contar com uma inédita (na Europa) versão híbrida plug-in.

Esteticamente, o X1 passou a contar com uma nova grelha que (como não podia deixar de ser) viu o seu tamanho aumentar, seguindo a tendência recente da marca de Munique, novos faróis dianteiros e traseiros, pára-choques redesenhados e saídas de escape de maiores dimensões.

Já no interior, a renovação resumiu-se a novos materiais e à chegada de um pacote de iluminação interior opcional que permite escolher entre seis cores diferentes. Ao nível tecnológico manteve-se tudo inalterado, inclusive os ecrãs de 6,5”, 8,8” e 10,25” (dependendo das versões) que encontramos ao serviço do sistema de infotainment.

VÊ TAMBÉM: BMW X3 M e X4 M revelados e trazem versões Competition
BMW X1
Na traseira as alterações passaram por novos faróis, pára-choques redesenhados e saídas de escape de maiores dimensões.

Versão híbrida plug-in é a grande novidade

Para além de, a partir de agora, todos os motores do X1 cumprirem a norma de emissões Euro6d‑TEMP — as versões Diesel sDrive16d e xDrive25d até já cumprem a futura norma Euro6d —, a grande novidade deste restyling do X1 é mesmo a versão híbrida plug-insendo esta a primeira vez que a BMW vai vender um X1 híbrido plug-in fora do mercado chinês.

Designada xDrive25e, esta versão conjuga três motores (dois elétricos e um de combustão) para alcançar uma potência combinada de 231 cv e 350 Nm de binário. Graças à presença de um motor elétrico acoplado às rodas traseiras, o X1 xDrive25e dispõe de tração integral.

BMW X1
O interior manteve-se praticamente inalterado recebendo apenas novos revestimentos.

A versão híbrida plug-in do X1 cumpre os 0 aos 100 km/h em 6,5s, e os consumos e emissões de CO2 anunciados ficam-se pelos 2,0 l/100 km (valores WLTP convertidos a NEDC) e 43 g/km, respetivamente contando com uma bateria de 9,7 kWh que oferece mais de 50 km de autonomia em modo 100% elétrico.

VÊ TAMBÉM: BMW X2 testado. Qual o preço do estilo?

Com chegada aos mercados prevista para este verão (a versão híbrida plug-in só inicia a produção em março de 2020), ainda não são conhecidos os preços do novo BMW X1.

Atualizado a 13 de setembro às 14:35 com dados relativos à capacidade da bateria e os valores de autonomia em modo 100% elétrico.

Sabes responder a esta?
Qual é a potência do BMW i3s?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Testámos o BMW i3s: agora só em modo elétrico

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos