Novidades 2020

Preparem-se. Em 2020 teremos uma enxurrada de elétricos

A oferta de modelos elétricos continua a crescer e para 2020 está prevista uma autêntica "enxurrada" — mais de 30 (!) —, que dispensam o motor de combustão.

Não poderíamos começar por outro lado que não pelas novidades esperadas em modelos elétricos para 2020. As apostas são elevadas. Do sucesso de vendas dos 100% elétricos (e híbridos plug-in) em 2020 e 2021 depende muito das “boas finanças” de um construtor automóvel para os próximos anos.

Isto porque, caso as metas de médias emissões para cada construtor não sejam cumpridas nos próximos dois anos, as multas a pagar são altas, muito altas mesmo: 95 euros por cada grama acima do limite imposto, por carro.

Não admira que em 2020 vejamos a oferta de modelos elétricos crescer… exponencialmente. Está prevista uma autêntica enxurrada de modelos elétricos, com praticamente todos os segmentos a receberem novos modelos.

A NÃO PERDER: Todas as novidades automóveis para 2020 estão aqui

Assim, entre novidades absolutas cujas formas ainda desconhecemos (ou que só vimos como protótipos), até modelos que já foram apresentados (e até testados por nós), mas cuja chegada ao mercado só se dá no próximo ano, aqui estão todos os modelos elétricos que vão chegar em 2020.

Compactos: opções não vão faltar

Seguindo as pisadas do que a Renault fez com o Zoe, a PSA decidiu entrar na “luta dos utilitários elétricos e vai oferecer não um, mas dois modelos, o Peugeot e-208 e o seu “primo”, o Opel Corsa-e.

VÊ TAMBÉM: Já conduzimos o novo Renault Zoe. Tudo o que queres saber está aqui

Da parte da Honda a aposta assenta no pequeno e retro “e”, e a MINI prepara-se para se estrear nesta “guerra” com o Cooper SE. Já entre os citadinos, para além do muito aguardado Fiat 500 elétrico, 2020 traz consigo os três primos do Grupo Volkswagen: SEAT Mii electric, Skoda Citigo-e iV e o revisto Volkswagen e-Up. Por fim temos ainda os renovados smart EQ fortwo e forfour.

VÊ TAMBÉM: Ao volante do SEAT Mii electric. O primeiro de uma nova era

Subindo para o segmento C, a plataforma MEB vai servir de base a dois novos modelos elétricos: o já revelado Volkswagen ID.3 e o seu primo espanhol, o SEAT el-Born, que ainda só conhecemos como protótipo.

VÊ TAMBÉM: Há matéria-prima suficiente para fazer baterias para tantos elétricos?

O sucesso dos SUV também se faz com eletricidade

Tomaram de “assalto” o mercado automóvel e em 2020 muitos deles vão “render-se” à eletrificação. Para além do aguardado duelo entre o Ford Mustang Mach E e o Tesla Model Y — talvez mais interessante de seguir no mercado norte-americano —, se há coisa que o próximo ano nos vai trazer são SUV elétricos de todos os tamanhos e feitios.

VÊ TAMBÉM: Tesla Model X Long Range em vídeo. Tem espaço para tudo

Entre os B-SUV e C-SUV, esperem conhecer o Peugeot e-2008, o seu “primo” DS 3 Crossback E-TENSE, o Mazda MX-30, o Kia e-Soul, o Lexus UX 300e ou o Volvo XC40 Recharge. A estes juntar-se-ão ainda os “primos” Skoda Vision iV Concept e Volkswagen ID.4; e, por fim, o Mercedes-Benz EQA.

VÊ TAMBÉM: Uma semana ao volante do Kia e-Soul (64 kWh)

Já noutro patamar de dimensões (e preço), vamos conhecer a versão Cross Turismo do Porsche Taycan , antecipado pelo Mission E Cross Turismo; o Audi e-Tron Sportback, que trouxe com ele maior autonomia, melhoria que também veremos no já conhecido e-Tron; ainda na Audi, teremos o Q4 e-Tron; o BMW iX3 e, claro está, os já referidos Tesla Model Y e Ford Mustang Mach E.

VÊ TAMBÉM: Testámos o Audi e-tron em vídeo. O PRIMEIRO de muitos!

Formas de sempre, soluções novas

Apesar de muitas vezes serem votados ao “esquecimento”, os sedan ou berlinas de três volumes, não só continuam a resistir à armada SUV no mercado como também se vão eletrificar, com alguns deles com chegada prevista para 2020.

Entre os modelos de dimensões médias, 2020 vai-nos trazer o Polestar 2, que até “pisca o olho” ao mundo dos crossover, e um tamanho mais acima, temos a segunda e bem mais vistosa geração do Toyota Mirai, que apesar de elétrico, é o único que recorre à tecnologia fuel cell, ou célula de combustível a hidrogénio, em vez das comuns baterias.

VÊ TAMBÉM: Testámos o BMW i3s: agora só em modo elétrico

Já no mundo dos modelos mais luxuosos vão ainda surgir duas novas propostas, uma britânica, o Jaguar XJ, e outra alemã, o Mercedes-Benz EQS, efetivamente o Classe S dos elétricos.

Mercedes-Benz Vision EQS
Mercedes-Benz Vision EQS
VÊ TAMBÉM: Smart EQ fortwo nightsky edition: um vislumbre do futuro?

A eletrificação também chega aos monovolumes

Por fim, e como que a provar que a “enxurrada” de modelos elétricos vai ser transversal a praticamente todos os segmentos, também entre os monovolumes, ou melhor, os “novos” monovolumes, derivados de veículos comerciais, vão ter versões 100% elétricas.

Assim, para além do quarteto resultante da parceria entre a Toyota e a PSA, da qual vão surgir as versões elétricas da Citroën Spacetourer, Opel Zafira Life, Peugeot Traveller e Toyota Proace, no próximo ano vai chegar ainda ao mercado a Mercedes-Benz EQV.

VÊ TAMBÉM: Testámos o Jaguar I-Pace. Elétrico para entusiastas da… condução
Mercedes-Benz EQV

Mais artigos em Notícias