Apresentação

SEAT Tarraco 1.5 TSI “casa” a tração dianteira com a caixa DSG

A caixa DSG deixou de ser exclusiva das versões com tração integral do SEAT Tarraco. Tudo graças à nova versão equipada com o 1.5 TSI.

Até agora, quem quisesse um SEAT Tarraco equipado com a caixa automática de dupla embraiagem DSG só tinha uma opção: comprar um Tarraco equipado com o sistema de tração integral 4Drive.

Ora, ciente de que a tração integral não é crucial em alguns mercados, a SEAT lançou mãos à obra e decidiu oferecer ao seu SUV uma (até agora) inédita versão de tração dianteira com a caixa DSG.

Esta casa o motor 1.5 TSI de 150 cv com a caixa DSG e apenas conta com tração dianteira, tornando-se assim no primeiro Tarraco de tração dianteira a não vir equipado com caixa manual de seis velocidades.

VÊ TAMBÉM: Testámos o SEAT Ateca 1.5 TSI com 150 cv. Faz esquecer o 2.0 TDI?
SEAT Tarraco

Os números deste SEAT Tarraco

Com 150 cv e 250 Nm, o Tarraco equipado com tração dianteira e caixa DSG cumpre os 0 aos 100 km/h em 9,5s, atingindo uma velocidade máxima de 198 km/h.

SEAT Tarraco DSG
Até agora exclusiva das versões com tração integral, a caixa DSG passa também a estar disponível numa variante de tração dianteira do Tarraco.

No que aos consumos e emissões diz respeito, esta versão apresenta valores entre os 7,1 e os 8 l/100 km e entre as 160 e as 181 g/km de CO2, valores estes já calculados de acordo com o ciclo de testes WLTP.

VÊ TAMBÉM: Ao volante do SEAT Mii electric. O primeiro de uma nova era

Disponível nos níveis de equipamento Style e Xcellence, a esta variante com tração dianteira e caixa DSG seguir-se-à a chegada do nível de equipamento FR e da versão híbrida plug-in.

Para já ainda não se sabe quando é que esta nova variante do SEAT Tarraco chega ao mercado nacional nem quanto irá custar.

Sabes responder a esta?
Qual foi o primeiro modelo da SEAT?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

SEAT 1400. Este foi o primeiro automóvel da marca espanhola

Mais artigos em Notícias