Lançamento

Grandland X Hybrid4 já pode ser encomendado. Fica a saber quanto custa

Já sabemos quanto custa o novo Opel Grandland X Hybrid4, o novo híbrido plug-in da marca alemã, e também já o podes encomendar.

O Opel Grandland X Hybrid4 representa o primeiro passo da ofensiva elétrica da marca alemã — será seguido brevemente pelo novo e 100% elétrico Corsa-e — sendo também o topo de gama do SUV alemão.

Passa a ser o Grandland X e também o Opel mais potente disponível, assim como o único a oferecer tração integral, cortesia do seu sistema híbrido.

O motor de combustão — 1.6 Turbo com 200 cv — permanece ligado às rodas dianteiras como em todos os outros Grandland X, mas ganha um motor elétrico de 109 cv (80 kW) sobre o eixo traseiro, com um diferencial, garantindo a tração integral.

A NÃO PERDER: Opel Corsa A Sprint. Há 36 anos era este que brilhava em Frankfurt
Opel Grandland X Hybrid4

O grupo motriz é complementado por uma caixa automática eletrificada de oito velocidades, integrando um segundo motor elétrico de 109 cv. E, claro, sem esquecer a bateria de iões de lítio, instalada sob o banco traseiro, com 13,2 kWh de capacidade.

O mais potente

A combinação do motor de combustão com o motor elétrico resulta numa potência combinada de 300 cv e 520 Nm, tornando o Hybrid4 no mais potente Opel Grandland X em comercialização. As prestações também são elas elevadas: apenas 6,1s nos 0-100 km/h e 235 km/h de velocidade máxima.

Sendo um híbrido plug-in, garante também autonomia elétrica, podendo circular até 59 km (WLTP) apenas com recurso ao motor elétrico — os consumos e emissões de CO2 homologados ficam-se pelos 1,3-1,4 l/100 km e pelas 29-32 g/km, respetivamente.

A autonomia elétrica sai também beneficiada pela presença da travagem regenerativa que, segundo a Opel, pode beneficiar de um aumento de até 10%.

Opel Grandland X Hybrid4

O tempo que leva a carregar a bateria varia de acordo com o carregador usado. Há um carregador de bordo de 3,3 kW, estando disponível um de 6,6 kW por 500 euros. Existe ainda opção de adquirir estações de parede — wallbox — com 7,4 kW de potência, o que permite carregar a bateria em menos de duas horas.

A condução do Grandland X Hybrid4 é também determinada pelos seus modos de condução selecionáveis: Elétrico, Híbrido, AWD e Sport. O modo Híbrido seleciona automaticamente a motorização mais adequada às necessidades, enquanto no modo AWD (tração integral), podemos sempre contar com o auxílio de um eixo traseiro motriz.

VÊ TAMBÉM: Peugeot aposta nos híbridos plug-in com novos 508 HYBRID e 3008 GT HYBRID4
Opel Grandland X Hybrid4

O mais equipado

O Opel Grandland X Hybrid4 está apenas disponível no nível de equipamento mais elevado Ultimate. E isso significa uma lista de equipamento de série vasta: jantes de liga leve de 19”, fecho centralizado e ignição sem chave, sistema de info-entretenimento IntelliLink com navegação, faróis AFL LED com comutação automática, para-brisas aquecido e os novos serviços telemáticos Opel Connect, entre outros.

No capítulo dos assistentes à condução vão encontrar reconhecimento de sinais de trânsito, alerta de saída de faixa com correção ativa de direção, alerta de ângulo cego, alerta de cansaço do condutor, alerta de colisão dianteira iminente e travagem automática de emergência.

Quanto custa?

O Opel Grandland X Hybrid4 é proposto por 57 670 euros. Já está disponível por encomenda, com as primeiras unidades a serem entregues em fevereiro de 2020.

Existem ainda soluções de mobilidade disponíveis, específicas para veículos eletrificados. Estas são garantidas pelos serviços Free2Move, a marca de mobilidade do Grupo PSA, acessíveis através da aplicação “myOpel”. Entre as ofertas disponíveis, está o acesso a mais de 100 mil postos de carregamento na Europa, e um planeador de viagem.

Sabes responder a esta?
Qual destes motores equipa o Mercedes-AMG GT R?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Mercedes-AMG GT R em vídeo. Que ABUSO de carro!

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos