Apresentação

O Ford Explorer eletrificou-se e veio para a Europa

Apresentado há cerca de um ano nos Estados Unidos, o Ford Explorer chega agora à Europa com uma versão híbrida plug-in exclusiva para o Velho Continente.

No mesmo evento onde apresentou o Kuga e levantou o véu sobre o Puma, a Ford deu a conhecer aos europeus a sua mais recente oferta no segmento dos SUV no Velho Continente, o Ford Explorer. Com esta decisão, a Ford volta a trazer para a Europa aquele que é o SUV mais vendido de sempre nos Estados Unidos da América.

Nesta nova tentativa de vender na Europa o Explorer, a marca americana apostou forte na eletrificação, oferecendo ao SUV de sete lugares uma versão híbrida plug-in exclusiva para o mercado europeu que conjuga o 3.0 l EcoBoost a um motor elétrico oferecendo 450 cv de potência combinada e 840 Nm de binário.

Equipado com uma caixa automática de dez velocidades e tração integral, o Explorer recorre a uma bateria de iões de lítio com 13.1 kWh de capacidade para oferecer cerca de 40 km de autonomia em modo 100% elétrico. Quanto aos consumos e emissões, os dados provisórios apontam para 3.4 l/100 km e emissões de CO2 de 78 g/km (NEDC2).

VÊ TAMBÉM: Novo Ford Focus ST ganha motor do Focus RS, mas não todos os cavalos
Ford Explorer
Depois de ter vendido na Europa a segunda e a terceira geração do Explorer, a Ford volta a trazer para o Velho Continente o SUV mais vendido de sempre nos Estados Unidos da América.

À grande e à americana

Como seria de esperar quando se fala acerca de um SUV com mais de 5 metros de comprimento, e mais de dois metros de altura e largura, se há coisa que não falta dentro do Explorer é espaço. Para teres uma ideia, quem viaja na terceira fila dispõe de 96 cm de espaço para a cabeça, mais de 1 metro de espaço para os ombros e mais de 83 cm de espaço para as pernas!

Ford Explorer
O Explorer conta com um painel de instrumentos digital de 12,3” e com um ecrã central de 8” ou 10,1” consoante as versões.

Escusado será dizer que tratando-se de um carro com vindo dos States, se há coisa que não falta dentro do Explorer são…porta-copos. De acordo com a Ford, são um total de 12 (!) sendo que a marca americana anuncia que ao nível dos espaços de arrumação o SUV oferece cerca de 123 litros de capacidade. Com os bancos rebatidos a área de carga tem 2274 litros.

Por falar em interior, o Explorer conta com um ecrã tátil de 8” (10,1” na versão Platinum) e com um painel de instrumentos digital de 12,3”. Como acontece com outros Ford, este conta de série com o sistema de conetividade  SYNC3 estando ainda disponíveis um sistema de som B&O e ainda sistema FordPass Connect.

VÊ TAMBÉM: Ford prepara eletrificação com Fiesta e Focus EcoBoost Hybrid
Ford Explorer
O Ford Explorer oferece sete lugares e…muito espaço.

Segurança não falta

Ao nível dos equipamentos de segurança e ajuda à condução, o Explorer estreia o sistema Reverse Brake Assist sendo que a este juntam-se sistemas como o cruise control adaptativo, reconhecimento de sinais de trânsito, Active Park Assist 2, o sistema de pré-colisão da Ford com deteção de peões e ciclistas ou o sistema Lane-Centring.

VÊ TAMBÉM: Testámos o Ford Focus Active. Quem não tem cão…
Ford Explorer
Na Europa o Explorer vai contar com uma versão híbrida plug-in exclusiva.

Com chegada ao mercado europeu prevista para o final do ano, o Explorer vai estar disponível nas versões ST-Line e Platinum. Para já ainda não são conhecidos os preços do novo SUV da Ford na Europa nem se sabe se este virá para o mercado português.

Sabes responder a esta?
Qual é a cilindrada da Ford Ranger Raptor?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Ford Ranger Raptor. Uma Pick-up americana em versão europeia

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos