Apresentação

Híbridos para todos os gostos. Este é o novo Ford Kuga

O novo Ford Kuga não podia ser mais diferente que o antecessor. Em destaque a eletrificação do SUV com versões híbridas, híbridas plug-in e mild-hybrid.

Tal como tinha anunciado na semana passada, a Ford aproveitou o evento “Go Further” que organizou hoje em Amesterdão, para revelar a nova geração do Ford Kuga. Até agora o SUV mais vendido da Ford na Europa, e o terceiro modelo mais vendido da marca no Velho Continente (está apenas atrás do Fiesta e do Focus), o Kuga conhece agora a sua terceira geração.

Com um visual alinhado com a restante gama Ford, o Kuga passou a contar com a tradicional grelha Ford, sendo que na traseira, a designação do modelo passa a surgir por baixo do símbolo e em posição central na porta da bagageira, à semelhança do que acontece no Focus.

É uma geração 100% nova; apresentamos uma mão cheia de destaques desta nova geração.

VÊ TAMBÉM: O “segredo” mais bem guardado do novo BMW Série 3

Híbridos para todos os gostos

A grande novidade da nova geração do Kuga surge debaixo do capot, com o SUV a surgir como o modelo mais eletrificado da história da Ford, sendo o primeiro modelo da marca a ser oferecido com versões mild-hybrid, híbridas e híbridas plug-in. Para além destas motorizações, o Kuga vai ainda contar com “convencionais” versões a gasolina e Diesel.

Ford Kuga

A versão híbrida plug-in vai estar disponível desde o início da comercialização, e conjuga um motor a gasolina de 2.5 l e quatro cilindros em linha a funcionar de acordo com o ciclo Atkinson, com um motor elétrico e uma bateria de 14,4 kWh de capacidade, oferecendo 225 cv de potência e uma autonomia em modo elétrico de 50 km.

Quanto aos consumos, a Ford anuncia um valor médio de 1,2 l/100 km e emissões de CO2 de 29 g/km (WLTP). A bateria pode ser carregada em quatro horas numa tomada de 230 V sendo possível escolher entre cinco modos de utilização: EV Auto, EV Now, EV Later e EV Charge.

Já o Kuga híbrido, sem ser plug-in combina o motor de 2.5 l e ciclo Atkinson com um motor elétrico e uma bateria de iões de lítio (tal como o Mondeo) contando com uma transmissão automática. Com chegada prevista para o final de 2020, este apresenta consumos de 5,6 l/100 km e emissões de 130 g/km, estando previsto que venha a ser oferecido com tração integral e dianteira.

VÊ TAMBÉM: Indústria automóvel tem de reduzir emissões de CO2 em 37,5% até 2030
Ford Kuga
Pela primeira vez, o Kuga vai contar com versões mild-hybrid, híbridas e híbridas plug-in.

Quanto à versão mild-hybrid, esta recorre a um motor Diesel, o EcoBlue de 2.0 l e 150 cv, associando-o a um sistema integrado de arranque/gerador por correia (BISG), que substitui o alternador, e a um sistema elétrico de 48 V que lhe permite emissões de CO2 de 132 g/km e consumos de 5,0 l/100km.

Já entre as motorizações “convencionais”, o Kuga conta com o 1.5 EcoBoost nas versões de 120 cv e 150 cv estando este equipado com o sistema de desativação de cilindros. Já entre os Diesel, a oferta é composta pelo 1.5 EcoBlue de 120 cv e pelo 2.0 EcoBlue de 190 cv sendo que este último surge associado a um sistema de tração integral.

VÊ TAMBÉM: Quanto é que custa o novo Toyota Corolla?
Ford Kuga
O nome do modelo passa a surgir em posição central na bagageira, tal como acontece com o Focus.

Nova geração, nova plataforma

Assente na plataforma C2a mesma do Focus — o Kuga é o primeiro SUV da Ford a basear-se nesta nova plataforma global. O resultado, apesar de um aumento de dimensões, foi uma perda de cerca de 90 kg de peso e um aumento de 10% de rigidez torcional face à anterior geração.

E por falar em aumento de dimensões, face à anterior geração o SUV da Ford apresenta-se 44 mm mais largo e 89 mm mais comprido, sendo que a distância entre eixos aumentou 20 mm.

VÊ TAMBÉM: SEAT. Ofensiva elétrica traz 6 novos elétricos e híbridos plug-in até 2021
Ford Kuga
O Kuga assenta na mesma plataforma que o Focus.

Espaço não falta

Como seria de esperar, a adoção da nova plataforma e o crescimento geral das dimensões fizeram com que o Kuga passasse a oferecer mais espaço no seu interior. À frente, o espaço para os ombros cresceu 43 mm, sendo que ao nível da anca, os passageiros dos lugares da frente do Kuga passaram a contar com mais 57 mm.

VÊ TAMBÉM: O novo Kia Ceed aposta forte na dinâmica. Ficámos convencidos?
Ford Kuga
No interior, o maior destaque é a adoção de um painel de instrumentos digital de 12,3´´.

Quanto aos passageiros dos bancos traseiros, estes passaram a contar com mais 20 mm ao nível dos ombros e 36 mm ao nível da anca. Apesar de a nova geração do Kuga ser 20 mm mais baixa que a anterior, a Ford conseguiu oferecer mais 13 mm de espaço para a cabeça nos bancos dianteiros e mais 35 mm nos bancos traseiros.

Tecnologia em alta e segurança também

A nova geração do Kuga conta com um painel de instrumentos digital de 12,3” (complementado por um head-up display, uma novidade entre os SUV da Ford na Europa), sistema de carregamento wireless, ecrã tátil de 8”, FordPass Connect, sistema de som B&O e ainda com o já habitual sistema SYNC 3 que permite controlar diversas funções com comandos de voz.

Já ao nível da segurança, o novo Kuga surge equipado com sistemas como o cruise control adaptativo, reconhecimento de sinais de trânsito, Active Park Assist ou o sistema de pré-colisão da Ford com deteção de peões e ciclistas. Com o Kuga surge ainda o novo sistema Lane Keeping System com deteção do ângulo morto da Ford.

VÊ TAMBÉM: Lexus UX 200. Já conduzimos o PRIMEIRO SUV compacto da Lexus
Ford Kuga

Versões para todos os gostos

Como já se tornou habitual na gama Ford, o novo Kuga vai estar disponível em diversas variantes como o Kuga Titanium, Kuga ST-Line e ainda o Kuga Vignale que oferecem ao SUV da Ford diversas “personalidades”. A variante Titanium aposta na sofisticação, a ST-Line no visual mais desportivo e por fim, a Vignale aposta num estilo mais luxuoso.

Para já, a Ford ainda não anunciou a data de chegada ao mercado do novo Kuga nem são ainda conhecidos os preços da terceira geração daquele que tem sido o best-seller entre os SUV da marca da oval azul na Europa.

Sabes responder a esta?
Qual é a potência do Ford Fiesta ST?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Agora já podes tornar o Ford Fiesta ST mais rápido com uma… app

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos