Salão de Pequim 2018

BMW iX3 Concept desvendado em Pequim com 400 km de autonomia

A BMW acaba de dar a conhecer, no Salão de Pequim, a antevisão daquele que será o seu primeiro SUV elétrico, o iX3. Para já apenas como concept, mas já a anunciar mais de 400 km de autonomia.

Antecipando aquela que será a versão de produção do modelo, o BMW iX3 Concept em exibição em Pequim confirma, assim, um futuro rival de propostas como o Jaguar I-Pace, o Audi e-tron ou o Mercedes-Benz EQ C.

O modelo, que será a terceira proposta 100% elétrica do construtor de Munique, deverá surgir, naquela que será a versão de produção, em 2020, depois do lançamento do primeiro Mini elétrico, agendado para 2019, e antes do modelo de produção inspirado no concept Vision Efficient Dynamics, berlina elétrica prevista para 2021.

Quanto ao iX3 dado a conhecer em Pequim, continua a ser o X3 que já conhecemos, mas com elementos únicos — o duplo rim assume nova e original interpretação, novos pára-choques, jantes com desenho aerodinâmico e pneus de baixo atrito, soleiras retocadas, assim como um novo difusor traseiro.

BMW ix3 Concept 2018
RELACIONADO: O futuro do grupo BMW. O que esperar até 2025

Motor elétrico com 272 cv de potência

Já debaixo do capot dianteiro, um novo motor elétrico, a debitar 272 cv de potência, suportado por um conjunto de baterias, fornecido pela sul-coreana Samsung, com uma capacidade total acima dos 70 kWh. Em conjunto, o sistema deverá garantir autonomias acima dos 400 quilómetros, já segundo o novo ciclo WLTP.

Por outro lado e embora a BMW nada tenha confirmado sobre este aspeto, a presença do ‘X’ na denominação do modelo faz antever que o veículo possa vir a contar com tração integral.

BMW ix3 Concept 2018

Carregamentos em cerca de 30 minutos

Tal como acontece com o rival Audi e-tron, também o BMW iX3 deverá ser capaz de aceitar carregamentos provenientes de postos rápidos, com potências até 150 kW, o que fará com que possa carregar a totalidade das suas baterias, em cerca de 30 minutos.

BMW ix3 Concept 2018

Na apresentação deste concept, a BMW revelou ainda que o novo motor é mais compacto que a solução atualmente utilizada no i3, ao mesmo tempo que a transmissão e os componentes elétricos surgem integrados num único componente. Sendo que a marca de Munique também garante que o novo propulsor é mais barato, uma vez que pode ser produzido sem recurso a metais raros.

Sabes responder a esta?
Qual a capacidade da mala do Hyundai Kauai?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Ao volante do Hyundai Kauai 1.0 T-GDi. Tudo o que precisas saber

Mais artigos em Notícias