Salão de Frankfurt 2019

ID.3. O início de uma nova era para a Volkswagen (vídeo)

Depois de uma longa espera, a Volkswagen revelou as formas finais do ID.3, o modelo com o qual a pretende iniciar a sua "revolução elétrica".

Já o podíamos pré-reservar, já conhecíamos alguns dos seus dados técnicos e até já o podíamos encomendar, no entanto, até agora, o que não sabíamos acerca do ID.3 era qual o seu aspeto. Pois bem, com a chegada do Salão de Frankfurt a espera terminou.

Tal como prometido, a Volkswagen decidiu retirar a camuflagem que até agora cobria a carroçaria do ID.3 e revelou o seu primeiro modelo desenvolvido com base na plataforma MEB, confirmando muitas parecenças com o protótipo I.D. apresentado em 2016.

Já no interior, o maior destaque vai para a quase total ausência de comandos físicos, com o ID.3 a apostar nos comandos táteis, sendo que, dos tradicionais “botões”, mantiveram-se apenas os dos vidros elétricos e das luzes de emergência (os “quatro piscas”).

ESPECIAL: Todas as novidades do Salão de Frankfurt 2019 estão aqui

Três baterias, três autonomias

Tal como já te tínhamos dito, o Volkswagen ID.3 vai estar disponível com três baterias. A mais pequena, de 45 kWh de capacidade permite percorrer 330 km entre carregamentos (valores já de acordo com o ciclo WLTP).

Já a bateria de 58 kWh (a escolhida para a versão especial de lançamento ID.3 1ST), oferece uma autonomia de 420 km. Por fim, a bateria de maior capacidade, 77 kWh, permite uma autonomia de 550 km.

VÊ TAMBÉM: Testámos o Skoda Kodiaq RS, um SUV de 7 lugares… “desportivo”. Faz sentido?
Volkswagen ID.3
O ecrã de 10” é um dos “protagonistas” no interior do ID.3.

Segundo a Volkswagen, é possível repor até 290 km de autonomia em apenas 30 minutos, isto quando se  recorre a um carregador de 100 kW.

VÊ TAMBÉM: Vendas da Volkswagen em Portugal vão ficar a cargo da… Porsche
Volkswagen ID.3
A maioria dos comandos têm função “touch”.

Apesar de ainda não ter divulgado todos os dados técnicos relativos ao seu novo modelo, a Volkswagen confirmou que a versão equipada com a bateria de 58 kWh vai contar com um motor elétrico montado no eixo traseiro que debita 150 kW de potência, ou 204 cv de potência, 310 Nm de binário e permite uma velocidade máxima de 160 km/h.

VÊ TAMBÉM: Será a base do Volkswagen ID.3 a mesma da nova família de elétricos da Ford?

O Volkswagen ID.3 1ST

Com uma produção limitada a 30 mil unidades e disponível para pré-reserva há quatro meses, o ID.3 1ST consiste na edição limitada de lançamento do modelo desenvolvido com base na plataforma MEB.

Disponível em quatro cores e três versões (ID.3 1ST, ID.3 1ST Plus e ID.3 1ST Max) esta edição de lançamento recorre à bateria de 58 kWh de capacidade, custando menos de 40 mil euros na versão mais acessível.

VÊ TAMBÉM: Conduzir, precisa-se!
Volkswagen ID.3
Face ao Golf, o ID.3 é 3 mm mais comprido, 10 mm mais largo e 60 mm mais alto. Já a distância entre eixos é 145 mm mais comprida (mede 2765 mm) apenas 21 mm menos que a do Passat.

Com o arranque da  produção marcado para novembro em Zwickau, o ID.3 vai estar disponível em Portugal a partir de 30 500 euros, estando o início da comercialização marcado para a primavera do próximo ano.

Volkswagen ID.3 1st Edition

Artigo atualizado a 10 de setembro (10h25): foi adicionado o preço da versão base em Portugal. 

Artigo atualizado a 11 de setembro (9h10): foi adicionado vídeo.

Sabes responder a esta?
Em que ano é que a Volkswagen correu pela primeira vez em Pikes Peak com o Golf BiMotor?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Quando a VW perdeu a cabeça e desenvolveu um Golf BiMotor

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos