Chega em setembro

Ao volante da Opel Zafira Life. A evolução da espécie?

Não podia ser mais distinta que as suas antecessoras. A Zafira Life é, segundo a Opel, o resultado de 20 anos de evolução. Fomos à Alemanha conhecê-la.

Em Frankfurt, Alemanha

Vinte anos e cerca de 2,7 milhões de unidades depois, a Opel Zafira conhece um novo capítulo na sua existência. Na base desta transformação radical, a marca alemã aponta uma só razão: a queda das vendas dos monovolumes (cerca de 59% desde 2014) obrigou a reinventar o modelo.

Para trás ficaram as dimensões compactas, a identidade bem definida dentro da gama e até um certo foco nas qualidades dinâmicas (afinal de contas a primeira geração teve uma mãozinha da Porsche e a segunda ainda é o monovolume mais rápido no Nürburgring) dando lugar a um modelo de carácter mais prático, passando a Zafira a derivar de… um comercial!

Designada Zafira Life, a quarta geração do monovolume germânico não esconde a familiaridade não só com os seus “primos” franceses e nipónico (os Citroën Spacetourer, Peugeot Traveller e Toyota Proace Verso) como com a sua “irmã trabalhadora”, a nova Vívaro, algo que leva muitos a questionarem até que ponto a aplicação do Zafira ainda faz sentido.

VÊ TAMBÉM: Foi há 30 anos que a Opel equipou todos os seus modelos com catalisador
Opel Zafira Life
Nesta nova geração a Zafira deixou para trás as dimensões compactas que sempre a caracterizaram.

Uma Zafira Life, três tamanhos distintos

Tal como acontece com os modelos comerciais, também a Zafira Life vai estar disponível em três variantes com comprimentos diferentes.

A “pequena” mede 4,60 m (cerca de 10 cm a menos que atual Zafira), a “média” chega até aos 4,95 m enquanto a “grande” se apresenta com 5,30 m de comprimento. Comum a todas é a capacidade de transportar até nove passageiros.

VÊ TAMBÉM: Oficial. Puma é o nome do novo crossover da Ford
Opel Zafira Life
Nas versões mais equipadas e de maiores dimensões a Opel pretende criar um ambiente tipo “lounge” para os passageiros.

Motores? Para já só há Diesel…

Em termos de motorizações, a Zafira Life só vai contar com opções Diesel (mais uma prova das origens “profissionais” do modelo). Assim, a gama é composta por duas motorizações, de 1.5 l e 2.0 l, ambos disponíveis em dois níveis de potência.

Sempre associado a uma caixa manual de seis velocidades, o 1.5 l apresenta-se com 102 cv e 270 Nm de binário na versão menos potente e com 120 cv e 300 Nm na versão mais potente. Em termos de consumos, a variante de 102 cv oferece valores entre os 6,1 e os 7,2 l/100 km enquanto na de 120 cv estes se ficam entre os 6,0 e os 7,2 l/100 km.

VÊ TAMBÉM: Testámos o Skoda Karoq 1.0 TSI: será que o Diesel faz falta?
Opel Zafira Life
Com a chegada da Zafira Life, o monovolume da Opel despede-se dos motores a gasolina.

Já o motor de 2.0 l está disponível nas variantes de 150 cv e 370 Nm e de 177 cv com 400 Nm. A primeira surge associada a uma transmissão manual de seis velocidades e oferece consumos entre os 6,8 e os 8,0 l/100 km. Já a versão mais potente só pode ser associada a uma caixa automática de oito velocidades e oferece consumos entre os 7,0 e os 8,1 l/100 km.

Para 2021 está prevista a chegada de uma inédita versão elétrica. Apesar de já ter data de chegada marcada, a Opel ainda não divulgou quaisquer dados técnicos acerca desta versão.

VÊ TAMBÉM: Land Rover Discovery. Isto sim, é um verdadeiro SUV

Ao volante da Zafira Life

Uma vez sentados aos comandos da Zafira Life, é impossível não reparar nas origens “profissionais” desta quarta geração do monovolume, logo a começar pelos materiais usados no habitáculo, todos eles duros, mais adequados ao uso intensivo que estes veículos costumam ter. Ainda assim, a montagem apresenta-se em bom plano, tal como a ergonomia.

VÊ TAMBÉM: Este é o novo Opel Corsa. Especificações e imagens da versão 100% elétrica
Opel Zafira Life
A Opel Zafira Life conta com equipamentos como o head-up display (que apresenta a velocidade, a distância para o veículo da frente e as indicações de navegação), um ecrã tátil de 7″, comutação automática de médios-máximos e o sistema Multimedia ou Multimedia Navi (o segundo integra sistema de navegação).

A posição de condução é típica de furgão, algo que é imediatamente denunciado pela colocação do travão de mão (manual) muito em baixo e ainda pelo facto de viajarmos no “primeiro andar”. Apesar destes fatores, é fácil encontrar uma posição de condução confortável.

Fácil de conduzir, com uma boa visibilidade (muito graças à grande superfície vidrada) e confortável, a Zafira Life deixou, definitivamente, o foco dinâmico das antecessoras para trás, acusando o peso e o elevado centro de gravidade quando chega as curvas, isto apesar de se manter sempre previsível e segura.

VÊ TAMBÉM: Quais os carros que oferecem as melhores experiências de condução até 25 mil euros?

A versão que testámos contava com caixa automática de oito velocidades e o motor mais potente da gama, o 2.0 Diesel na versão de 177 cv. O que te podemos dizer é que este conjunto permite não só uma condução relaxada (e relativamente económica com os consumos anunciados a confirmarem-se) como oferece prestações de bom nível à Zafira Life.

Nota ainda para as versões 4×4 que tivemos também oportunidade de testar. Resultado do trabalho da empresa francesa Dangel, o que te podemos dizer é que é pena que não venham para cá (podes agradecer às nossas portagens). Realmente versáteis em fora de estrada, seriam a companhia ideal para famílias mais aventureiras.

VÊ TAMBÉM: Testámos o Renault Scénic 1.3 tCe: já não é moda, mas ainda tem argumentos?
Opel Zafira Life
Pela primeira vez vai haver uma versão aventureira da Zafira. No entanto esta não deverá vir para Portugal.

Segurança em alta

Apesar de derivar de um modelo comercial, a Zafira Life não descurou a segurança. Assim, esta conta com uma série de sistemas de segurança e ajuda à condução como cruise control adaptativo, sistema de travagem de emergência, sistema de manutenção na faixa de rodagem e ainda um sistema de alerta de cansaço do condutor.

VÊ TAMBÉM: Não sabes como te sentar corretamente ao volante? A Jaguar explica
Opel Zafira Life
Pode não parecer, mas a versão mais curta da Zafira Life é cerca de 10 cm mais curta que a atual Zafira.

A ajudar o condutor encontramos ainda o sistema IntelliGrip que permite melhorar a tração em pisos mais difíceis.

VÊ TAMBÉM: Grandland X Hybrid4. SUV híbrido plug-in é o mais potente dos Opel à venda

Conclusão

Com o mercado dos monovolumes em queda há já vários anos, as marcas que ainda apostavam neste tipo de formato têm sido obrigadas a assumir uma de duas posições: ou abandonam por completo o formato ou reinventam-no.

Ora a Opel decidiu seguir a segunda opção e para manter o nome Zafira vivo, a única solução era a de torná-la na versão de passageiros do seu comercial, a Vívaro. O resultado é um modelo versátil, confortável e ideal para famílias numerosas ou serviços de shuttle mas que não esconde a vocação comercial que lhe serviu de base.

O nome Zafira merecia melhor destino? Sem dúvida que sim, sem descrédito paras as qualidades desta proposta que ficámos a conhecer.

Com chegada das primeiras unidades prevista para setembro, ainda não são conhecidos os preços da gama Zafira Life em Portugal nem quando é que as encomendas irão abrir.

Primeiras impressões

6 / 10
Apesar de não esconder a proximidade ao mundo dos comerciais, a nova Zafira Life apresenta-se como uma boa opção para quem precisa de muito espaço, tanto para passageiros como bagagem. É verdade que para trás deixou os pergaminhos que até agora serviam de base ao monovolume alemão, mas no lugar de um comportamento dinâmico mais apurado ou de um estilo menos "furgão" a Zafira Life oferece mais espaço que nunca, um bom nível de conforto e, nas versões de topo, um bom nível equipamento, tentando assim reconquistar algumas vendas num mercado dominado pelos SUV.

  • Espaço

  • Versatilidade

  • Conforto

  • Qualidade dos materiais

  • Proximidade à versão comercial

Data de comercialização: Setembro 2019


Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançado o Opel Calibra?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Opel Calibra, esculpido pelo vento

Mais artigos em Testes, Primeiro Contacto

Os mais vistos