Comparativo

Qual é o melhor? Ford Mustang Mach-E contra Tesla Model Y

Finalmente, o império contra-ataca. O Ford Mustang Mach-E é a resposta de um dos «grandes de Detroit» à marca que lidera a ofensiva elétrica: a Tesla. Ford Mustang Mach-E contra Tesla Model Y, num confronto de fichas técnicas, quem é que leva a melhor?

As grandes marcas de automóveis começam finalmente a reagir à ofensiva da Tesla. No passado mês foi a vez da Ford ir a jogo, ao apresentar no Salão de Los Angeles o seu primeiro 100% elétrico desenvolvido de raiz: o Ford Mustang Mach-E — artigo completo aqui.

Uma resposta que surge numa altura em que o Tesla Model 3 — sozinho! — vale mais de 60% das vendas de elétricos nos EUA. Portanto, sobra uma quota de 40% para partilhar pelos restantes modelos. Quota essa onde, mais uma vez, a Tesla tem outra importante fatia de mercado com os Model S e Model X.

A Tesla domina de forma incontestável o mercados dos veículos elétricos (VE), e isso não agrada a muitas marcas. Mesmo que em termos globais, a venda de elétricos ainda representem menos de 2% do mercado automóvel a nível mundial.

VÊ TAMBÉM: Testámos o Jaguar I-Pace. Elétrico para entusiastas da… condução

Ford Mustang Mach-E. All in!

A Ford não quer continuar a perder terreno. E aparentemente, a Ford apostou tudo no Mustang Mach-E. Como se diz nos jogos de fortuna ou azar: jogou as fichas todas. Estudou a concorrência? Check. Foi buscar um nome sonante? Check. Apostou no design? Check. E por aí em diante.

Acreditamos que algumas semelhanças com o Tesla Model Y não são mera coincidência. Foi por isso que decidimos colocar os dados técnicos do Ford Mustang Mach-E em comparação direta com o Tesla Model Y. Nas próximas linhas, vamos confrontá-los!

Estilo segue caminhos distintos

Mustang Mach-E e Model Y apontam ao mesmo público mas seguem caminhos distintos em termos de estilo.

Por um lado temos Tesla Model Y que aposta num design mais simples, com poucos elementos, seguindo a linha do Tesla Model 3. Modelo que de resto, a Tesla lançou com o pressuposto de massificar o acesso aos carros elétricos.
Tesla Model Y

Do outro lado temos o Ford Mustang Mach-E que recorre à identidade de um dos modelos mais icónicos da indústria automóvel: o Ford Mustang. Qual é que vai vencer neste particular? Não sabemos. As opiniões dividem-se sobre o design dos dois modelos.

Ford Mustang Mach-e meme

Há quem acuse o Tesla Model Y de ter as proporções erradas. Uma espécie de versão «insuflada» do Model 3, com pouca identidade. Do outro lado do ringue, temos o design do Mustang Mach-E que muitos acusam de apropriação excessiva e desvirtuar de um ícone, o Ford Mustang.

Ford Mustang Mach-E

Neste particular, os caminhos não podiam ter sido mais distintos. O Model Y tem um design que aposta na modernidade, o Mach-E aposta tudo num design que é reconhecido nos quatro cantos do mundo.

Qual é que preferes? Deixa a tua opinião na caixa de comentários

Mustang Mach-E imita Tesla Model Y

Diferentes por fora, muito iguais por dentro. No interior, a semelhança entre os dois modelos é mais perceptível, já que em ambos recorrem a enormes ecrãs táteis no centro de uma consola onde aparentemente os botões físicos foram declarados “inimigos públicos”.

No Tesla Model Y, o ecrã de 15″ está posicionado na horizontal e permite controlar todas as funcionalidades — mesmo todas as funcionalidades! — incluindo o ar condicionado e o painel de instrumentos.

Tesla Model Y
Interior do Tesla Model Y. Em tudo semelhante à berlina Model 3.

A Ford olhou para o interior do Tesla Model Y e disse: “nós também queremos aquilo”. E assim foi… entramos no Ford Mustang Mach-E e encontramos um ecrã de 15,5″ mas posicionado na vertical.

Mas ao contrário da Tesla, a Ford decidiu manter um quadrante 100% digital à frente do volante e continuam a existir alguns comandos físicos. Uma solução que certamente será do agrado dos clientes mais tradicionais.

Ford Mustang MAch-E
No interior do Ford Mustang Mach-E encontramos um ecrã ligeiramente maior do que no Tesla e disposto na vertical.

Guerra elétrica

Equilíbrio, parece mesmo ser a palavra de ordem. Em termos mecânicos, os dois modelos recorrem a soluções muito parecidas, com packs de baterias de capacidade similar, e que resultam naturalmente, em autonomias quase iguais.

Uma igualdade que se mantém em termos de preço, tendo em consideração os valores anunciados para os EUA.

O Ford Mustang Mach-E Select é proposto por 43 900 dólares (39 571 euros) na sua versão base, enquanto que a Tesla pede pelo seu Model Y 43 000 dólares (38 760 euros). Em termos de autonomia, ambos oferecem exatamente o mesmo valor: 370 km.

Ford Mustang Mach-E

Quanto ao volume de carga, novamente números muito próximos: 1687 litros para o Ford, 1868 litros para o Tesla (com bancos rebatidos). Ou seja, muito!

Em termos de acelerações, sem surpresa, os valores voltam a ditar praticamente um empate técnico. O Mach-E anuncia 5,5 segundos dos 0-96 km/h e o Model Y 5,9 segundos no mesmo exercício, para as versões de acesso.

Mustang Mach-E Model Y
Bateria 75,5 kWh a 98,8 kWh N/D
Potência 255 cv a 465 cv N/D
Binário 414 Nm a 830 Nm N/D
Autonomia (estimativa WLTP) 450 km a 600 km 480 km a 540 km
Tração Traseira / Integral Traseira / Integral
0-60 mph (0-96 km/h) ~3,5s – 6,5s 3,5s – 5,9s
Vel. Máx. N/D 209 km/h a 241 km/h
Preço (EUA) 39 750 € a 54 786 € 43 467 € a 55 239 €

Nas versões com maior autonomia, os preços diferem um pouco mais. A Ford pede 50 600 dólares (45 610 euros) e a Tesla pede 48 000 dólares (43 270 euros). A autonomia anunciada estimada pelos dois modelos é a mesma: 482 km de acordo com o ciclo EPA (o equivalente americano ao ciclo WLTP, mas ainda mais exigente).

Tesla Model Y

Nas versões de maior performance, a vantagem sorri ligeiramente à Ford. A marca da oval azul propõe o Ford Mustang Mach-E GT por 60 500 dólares (54 786 euros), enquanto que o Tesla Model Y Perfomance custa 61 000 dólares (55 239 euros).

Virando a atenção para as acelerações, novo empate técnico: os dois modelos anunciam à volta de 3,5 segundos dos 0-100 km/h, graças à potência dos motores elétricos que devem superar os 450 cv.

Onde o Tesla Model Y Perfomance ganha vantagem ao Mustang Mach-E GT é na autonomia. 450 km contra 402 km, segundo o ciclo EPA.

Ford Mustang Mach-E em vantagem?

Com fichas técnicas tão similares, um dos principais fatores de desempate será a preferência do público em termos estéticos.

Será que as linhas mais futuristas do Model Y levarão vantagem sobre o revivalismo e valor histórico da linguagem estética da Mustang? Só o tempo o dirá.

Ford Mustang Mach-E

Para já a Tesla segue em vantagem, num segmento de mercado onde apenas agora começam a surgir as primeiras respostas comprometidas dos grandes construtores mundiais. Deixa-nos a tua opinião na caixa de comentários.

Mais artigos em Notícias