Lista

Estes são os 17 carros mais potentes da atualidade com caixa manual

A "velha" caixa manual é acusada de estar em vias de extinção, mas ainda é possível encontrar muitos modelos de alta performance que ainda a usam.

Um dos símbolos máximos da ligação “Homem-máquina”, a caixa de velocidades manual tem vindo aos poucos a ver a sua importância (e popularidade) decrescer à medida que as caixas automáticas vão dando saltos gigantescos a nível tecnológico que lhes permitem ser muito mais rápidas e eficazes.

Mas se é verdade que não é a opção mais rápida em circuito, e nem sempre é a mais confortável no dia a dia, não deixa também de ser verdade que a caixa manual continua a merecer um lugar (muito especial!) no coração de todos os petrolheads.

E como podemos ver nesta lista — 17 modelos presentes, mas na realidade são mais, como irás descobrir — a equipar máquinas de alto calibre, seja pela potência das suas mecânicas ou pelos seus dotes dinâmicos.

VÊ TAMBÉM: Caixa Manual: O ultimo elo de ligação entre homem e máquina

Para todos os fãs desta solução “arcaica”, como outrora foi descrito pelo Guilherme Costa como PCM (Partido da Caixa Manual), reunimos os mais potentes modelos dotados de caixa manual da atualidade (2019).

Honda Civic Type R — 320 cv

Honda Civic Type R

Tínhamos de começar por algum lado, e o saudável número de propostas encontrado acabou por ser determinado pela escolha do Civic Type R como o seu início. É o único hot hatch presente, é o tração dianteira mais potente do mercado, e para mais conjuga os 320 cv do 2.0 VTEC Turbo com uma das melhores caixas manuais que já tivemos oportunidade de experimentar.

Integra esta lista por mérito próprio, e teríamos de, obrigatoriamente, iniciar esta ode à transmissão manual, às octanas e ao “analógico” por ele. Não é preciso ser um carro exótico para fazer sonhar.

Nissan 370Z  — até 344 cv

Nissan 370Z Nismo

Ainda à venda? Não em Portugal, infelizmente — os impostos são simplesmente absurdos. Dotado de um 3.7 V6, não é só a caixa manual que faz do Nissan 370Z um bom “dinossauro”.

Na versão “normal”, o decano desportivo nipónico apresenta-se com 328 cv, já na versão mais radical, a Nismo, a potência sobe para os 344 cv, fazendo do 370Z Nismo uma verdadeira máquina de condução, mesmo tantos anos após o seu lançamento.

VÊ TAMBÉM: Caixa manual: 5 coisas que nunca deves fazer

Porsche 718 2.5 Turbo — até 365 cv

Porsche 718 Cayman e Boxter

Disponível como Boxster ou Cayman, o 2.5 flat-4 surge em duas variantes: 350 cv (versão S) e 365 cv (versão GTS). Em ambas o sublime Porsche 718 mantém-se fiel à caixa manual, isto apesar de no seu portefólio constar a bem mais rápida caixa PDK.

VÊ TAMBÉM: Caixa de dupla embraiagem. 5 coisas que deves evitar

Jaguar F-Type 3.0 V6 — até 380 cv

Jaguar F-Type

Lançado em 2013 e renovado em 2017, o Jaguar F-Type não é nenhum novato no mercado. A animá-lo encontramos um 3.0 V6 Supercharged que, dependendo da versão, oferece 340 cv ou 380 cv. Em ambos os casos a potência é enviada para as rodas traseiras via uma transmissão manual.

VÊ TAMBÉM: Caixa automática: 5 coisas que nunca deves fazer

BMW M2 Competition — 411 cv

BMW M2 Competition

É verdade que também está disponível com caixa automática e que até é mais rápido com esta (os 0 aos 100 km/h fazem-se em 4,2s em vez de 4,4s), no entanto, como qualquer petrolhead te diria, para explorar a sério os 411 cv do M2 Competition nada melhor que uma bela caixa manual e por isso a BMW continua a oferecê-la.

A NÃO PERDER: Obrigado EUA, pela caixa manual no BMW M2

Lotus Evora GT410 Sport — 416 cv

Lotus Evora GT410 Sport

Presente no mercado desde 2009 (sim, há dez anos!), o Lotus Evora GT410 mantém-se fiel às caixas manuais, conjugando uma com o 3.5 V6 Supercharged de 416 cv que o anima. Em opção está também disponível uma (bem menos interativa) caixa automática.

VÊ TAMBÉM: 5 razões pelas quais as caixas automáticas são melhores que as manuais

Porsche 718 Cayman GT4/718 Spyder — 420 cv

Os manos 718 regressam ao passado, apresentando um seis cilindros boxer NA com transmissão manual. Os 718 Cayman GT4 e o 718 Spyder apresentam-se como desportivos à moda antiga. No total contam com 420 cv extraídos de um 4.0 de seis cilindros opostos derivado da mesma família de motores do 911 Carrera e que são entregues ao cuidado das rodas traseiras.

VÊ TAMBÉM: Como funcionam as caixas de dupla embraiagem?

BMW M4 — 431 cv

BMW M4

Enquanto esperamos pela nova geração do M3 — que promete manter a caixa manual —, e receamos pelo sucessor do Série 4 Coupé, ainda é possível adquirir um BMW M4 com caixa manual de seis velocidades. O motor é o mesmo do M2 Competition (S55), também presente nesta lista, mas aqui debita 431 cv.

VÊ TAMBÉM: Este vídeo de 1936 explica como funciona uma caixa manual

Lotus Exige Cup 430 — 436 cv

Lotus Exige Cup 430

A segunda entrada na nossa lista por parte da Lotus é feita pela mão do Exige. Animado por um 3.5 V6 Supercharged, o mesmo do Evora, o Exige surge nas versões Sport e Cup. Na primeira está disponível com 349 cv ou 416 cv, consoante se trata da versão Sport 350 ou Sport 410. Já a versão de topo, a Cup 430 apresenta-se com 436 cv, sendo que todas têm em comum o facto de usarem caixa manual.

VÊ TAMBÉM: Faz mesmo mal descansar a mão na manete das mudanças?

Chevrolet Camaro SS — 461 cv

Chevrolet Camaro SS

Dotado de um 6.2 V8 atmosférico, o Camaro SS é a alternativa da Chevrolet ao Mustang GT V8. Tal como o seu arquirrival, casa com o massivo motor V8 uma caixa manual, sendo que neste caso, quando comparado com o Mustang GT, até capaz de oferecer um pouco mais de potência — 461 cv contra 450 cv.

VÊ TAMBÉM: Kilduff Shifter. Conhecias este sistema?

Ford Mustang V8 — até 464 cv

Ford Mustang Bullit

É verdade que o Mustang está disponível com o 2.3 Ecoboost, mas o Mustang que todos querem é o V8. Na versão Bullitt debita uns saudáveis 464 cv e surge, como seria de esperar, associado a uma caixa manual. Caso não se queira optar pela versão “estrela de cinema”, há ainda em opção o Mustang GT V8 com “apenas” 450 cv.

VÊ TAMBÉM: Podes arrancar em segunda velocidade? Depende…

Dodge Challenger R/T Scat Pack (492 cv)

Dodge Challenger R/T Scat Pack

Como seria de esperar, se o Camaro e o Mustang associam um V8 a uma caixa manual, o Dodge Challenger também tinha de o fazer. Na versão R/T Scat Pack o desportivo norte-americano oferece 492 cv extraídos do 392 HEMI V8 (6.4 l de capacidade). Caso não sejam precisos tantos cavalos, a versão R/T dotada de um 5.7 V8 conta com “apenas” 380 cv.

VÊ TAMBÉM: Tudo o que precisas de saber sobre a embraiagem

Porsche 911 GT3 — 500 cv

Porsche 911 GT3

Com um flat-six atmosférico4.0 l, 500 cv, tração traseira e caixa manual, o 911 GT3 é capaz de cumprir os 0 aos 100 km/h em apenas 3,9s, sendo um desportivo para quem tem “kit de unhas”. Com o foco nos circuitos, a versão GT3 RS com 520 cv, já não disponibiliza o terceiro pedal, estando apenas disponível com a caixa PDK (que também é opção no GT3).

VÊ TAMBÉM: Porque é que não existem motores V7 ou V9?

Aston Martin Vantage AMR — 510 cv

Aston Martin Vantage AMR

Dotado de um V8 biturbo de 4.0 l de origem Mercedes-AMG, o Aston Martin Vantage tardou a ter uma caixa manual. No entanto quando o fez, apresentou-se como Vantage AMR, uma série limitada a 200 unidades (passará a ser opção nos Vantage de série) que se apresenta mais leve e, claro está, conjuga os 510 cv produzidos pelo V8 biturbo a uma caixa manual de… sete velocidades!

VÊ TAMBÉM: Porque é que a vida útil do motor se mede em quilómetros e não horas?

Ford Mustang Shelby GT350 — 533 cv

Ford Shelby Mustang GT350

Disponível apenas com caixa manual, o Ford Mustang Shelby GT350 recorre a um estridente 5.2 V8 atmosférico para oferecer uns impressionantes 533 cv enviados para as rodas traseiras, fazendo dele uma espécie de Porsche 911 GT3 norte-americano e um dos carros mais potentes com caixa manual. O ainda mais possante GT500 não tem essa opção e nem deverá a ter.

VÊ TAMBÉM: Porque é que a marcha-atrás faz um som diferente?

Chevrolet Camaro ZL1 — 659 cv

Chevrolet Camaro ZL1

Se os 533 cv do Ford Mustang Shelby GT350 já impressionam, o que dizer dos 659 cv que a Chevrolet extrai do 6.2 V8 Supercharged com que equipa o Camaro ZL1? A juntar a esta potência toda, a marca norte-americana achou que o ideal era relegar a caixa automática para a lista de opcionais, oferecendo de série o Camaro ZL1 com uma caixa de velocidades manual.

VÊ TAMBÉM: Os pneus novos têm uma marca redonda amarela. Porquê?

Dodge Challenger SRT Hellcat (727 cv)

Dodge Challenger SRT Hellcat

Tal como da última vez que elaborámos esta lista, o topo é ocupado por um modelo da Dodge. No entanto, desta vez por lá não encontramos o Charger SRT Hellcat mas sim o seu “irmão”, o Challenger SRT Hellcat que conta com um 6.2 V8 Supercharged que oferece uns colossais 727 cv (717 hp). A transmissão manual que o equipa deve ser “rija”, não?

Sabes responder a esta?
Qual é a potência do Mazda Mazda3 SKYACTIV-D com caixa automática?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Testámos o novo Mazda3 SKYACTIV-D com caixa automática. Uma boa combinação?

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos