Mercado

E aconteceu. O Renault Clio foi o automóvel mais vendido na Europa em fevereiro

Não é todos os… meses que o Volkswagen Golf se vê destronado do título de automóvel mais vendido na Europa. Em fevereiro, foi o Renault Clio o mais vendido.

Não é comum acontecer, mas quando acontece, até se torna notícia. O Volkswagen Golf não foi o automóvel mais vendido na Europa (UE27) no mês de fevereiro, mas sim o Renault Clio, mas não por muito.

Apenas 184 unidades separaram os dois best-sellers das respetivas marcas, de acordo com os dados da JATO, com o Clio a ter transacionado 24 914 unidades e o Golf 24 735 unidades.

Pode ser uma vitória para o modelo francês, mas tanto um como o outro viram as suas vendas descer no mês de fevereiro em comparação com o mês homólogo de 2019: -4% para o Clio, e uns expressivos -21% para o Golf.

VÊ TAMBÉM: Renault, Peugeot e Mercedes foram as marcas mais vendidas em Portugal em 2019
Volkswagen Golf 8, 2020
Volkswagen Golf 8

Ambos refletem a queda generalizada que o mercado europeu conheceu no passado mês de fevereiro — vendas baixaram 7% —, ainda antes do surto do coronavírus ter praticamente parado a maioria da economia europeia. No entanto, não significou descidas de vendas para todos, havendo algumas exceções entre os 10 automóveis mais vendidos em fevereiro na Europa.

Top 10 Europa — fevereiro:

O novo Peugeot 208, o novo Opel Corsa e o veterano Fiat Panda viram as suas vendas subir em relação ao período homólogo. Se no caso do 208 (+7%) e Corsa (+7%) é ainda reflexo do efeito novidade de ambos os modelos (iniciaram comercialização apenas no último trimestre de 2019), no caso do Panda, este regresso ao Top 10 pode ser consequência da introdução da nova versão mild-hybrid, apresentada no início do ano.

Regressando ao Volkswagen Golf e à sua queda mais abrupta, tal justifica-se, em parte, por estarmos ainda numa fase de transição entre gerações. O lançamento da oitava geração sofreu alguns atrasos, e o início da sua comercialização tem sido faseado — em Portugal, por exemplo, só começou há pouco mais de uma semana.

Esse atraso também pode justificar o facto de, em 2019, o Golf ter perdido o título de Volkswagen mais vendido no planeta para o SUV Tiguan — 702 000 Golf contra 778 000 Tiguan. Note-se que ambos os modelos venderam menos em 2019 do que em 2018, mas a quebra no Golf foi mais acentuada (em 2018, o Golf vendeu 832 mil unidades, o Tiguan 795 mil).

Como curiosidade, o SUV mais vendido em fevereiro na Europa aparece no 12º lugar, o Peugeot 3008. É imediatamente seguido pelo Volkswagen T-Roc e pelo Nissan Qashqai — todos eles a apresentarem quebras de dois digítos.

Brevemente saberemos o impacto do coronavírus nas vendas automóveis durante este mês de março, mas tendo em conta o que aconteceu na China em fevereiro (o mês em que o surto teve o seu mais forte impacto), em que vimos as vendas automóveis baixar 80%, o cenário para a Europa é, a todos os níveis, preocupante.


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Sabes responder a esta?
Qual o Lamborghini mais vendido em 2019?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Recorde de vendas na Lamborghini. O culpado? Urus, o SUV

Mais artigos em Notícias