Coronavírus

CoVid-19. Todas as fábricas fechadas ou afetadas na Europa (em atualização)

A indústria automóvel europeia já sente os efeitos do coronavírus. Neste artigo fica a conhecer todas as fábricas que fecharam ou reduziram a produção.

Tal como seria de esperar, os efeitos do coronavírus (ou Covid-19) já se fazem sentir na indústria automóvel europeia.

Em resposta ao risco de propagação, à redução do número de funcionários e da procura do mercado e às falhas nas cadeias de abastecimento, já várias marcas decidiram reduzir a produção e até fechar fábricas um pouco por toda a Europa.

Neste artigo podes ficar a saber o que se passa na indústria automóvel europeia, país a país. Fica a saber quais as fábricas de automóveis cuja produção foi afetada pelas medidas de prevenção face ao coronavírus.

VÊ TAMBÉM: Coronavírus. Todos os eventos automóveis adiados e cancelados (em atualização)

Portugal

— GRUPO PSAdepois de o Grupo PSA ter decidido fechar todas as suas fábricas, a unidade de Mangualde vai manter-se encerrada até dia 27 de março.

— VOLKSWAGEN: a produção na Autoeuropa está suspensa até 29 de março. A suspensão da produção na Autoeuropa foi adiada até 12 de abril. Nova extensão da suspensão da produção até 20 de abril. A Autoeuropa pretende retomar a produção a partir de 20 de abril de forma gradual, com horários reduzidos e, inicialmente, sem o turno da noite. A Autoeuropa prepara-se para retomar a produção a 27 de abril, estando ainda a ser discutidas as condições para o regresso ao trabalho.
— TOYOTA: a produção na fábrica de Ovar está suspensa até 27 de março.

— RENAULT CACIA: a produção na fábrica de Aveiro é suspensa a partir do dia 18 de março, ainda sem data prevista para o seu reinício. Produção foi reiniciada esta semana (13 de abril), ainda que de de forma reduzida.

Alemanha

— FORD: reduziu a produção na fábrica de Saarlouis (de dois turnos para apenas um) mas na de Colónia a produção mantém-se, para já, a decorrer de acordo com a normalidade. Ford acaba de anunciar a suspensão da produção em todas as suas fábricas europeias a partir do dia 19 de março. Ford adia reabertura de todas as suas fábricas europeias para o mês de maio.

— GRUPO PSA: tal como vai acontecer em Mangualde, também as unidades fabris da Opel na Alemanha, em Eisenach e Rüsselsheim vão fechar a partir de amanhã até 27 de março.

— VOLKSWAGEN: cinco funcionários da fábrica de componentes em Kassel foram enviados para casa depois de um funcionário ter acusado positivo para o coronavírus. Em Wolfsburgo, a marca alemã tem dois funcionários em quarentena depois de terem testado positivo.

— VOLKSWAGEN. A suspensão da produção nas suas unidades alemãs irá manter-se até, pelo menos 19 de abril.

— BMW: o grupo alemão suspenderá a produção em todas as suas fábricas europeias a partir do final desta semana.

— PORSCHE: produção será suspensa em todas as suas fábricas a partir do dia 21 de março, por um período mínimo de duas semanas.

— MERCEDES-BENZ: os planos apontam para o regresso à produção nas fábricas de baterias em Kamenz a partir de 20 de abril e de motores em Sindelfingen e Bremen a partir de 27 de abril.

— AUDI: a marca alemã planeia retomar a produção em Ingolstadt a 27 de abril.

Bélgica

— AUDI: os trabalhadores da fábrica de Bruxelas pararam a produção para exigirem acesso a máscaras de proteção e a luvas.

— VOLVO: a fábrica de Ghent, onde são feitos o XC40 e V60, suspendeu produção a partir do dia 20 de março, com previsão de retomá-la a partir do dia 6 de abril.

A NÃO PERDER: Impacto do Covid-19 na produção automóvel na Europa em números

Espanha

— VOLKSWAGEN: a fábrica de Pamplona encerra hoje, 16 de março.

— FORD: encerrou a fábrica de Valência até 23 de março depois de um empregado ter sido diagnosticado com coronavírus. Ford adia reabertura de todas as suas fábricas europeias para o mês de maio.

— SEAT: a produção em Barcelona pode ter de ser parada até seis semanas devido a problemas ao nível da produção e da logística.

— RENAULT: a produção nas fábricas de Palencia e Valladolid foi interrompida esta segunda-feira durante dois dias devido à falta de componentes.

— NISSAN: as duas fábricas em Barcelona pararam a produção na sexta-feira, 13 de março. Suspensão mantém-se, pelo menos, durante todo o mês de abril.

— GRUPO PSA: a fábrica em Madrid vai fechar na segunda-feira, 16 de março e a de Vigo fecha na quarta-feira, 18 de março.

Eslováquia

— GRUPO VOLKSWAGEN:: a produção na fábrica de Bratislava foi suspensa. Por lá são produzidos os Porsche Cayenne, Volkswagen Touareg, Audi Q7, Volkswagen Up!, Skoda Citigo, SEAT Mii e peças do Bentley Bentayga.

— GRUPO PSA: a fábrica em Trnava vai fechar a partir de quinta-feira, 19 de março.

— KIA: a fábrica em Zilina, onde são produzidos o Ceed e o Sportage, suspenderá a produção a partir de 23 de março.

— JAGUAR LAND ROVER: a fábrica de Nitra suspende a produção a partir de 20 de março.

França

— GRUPO PSA: as unidades de Mulhouse, Poissy, Rennes, Sochaux e Hordain vão todas encerrar. A primeira fecha já hoje, a última apenas na quarta-feira e as outras três fecham amanhã.

— TOYOTA: suspensão da produção na fábrica de Valenciennes. A partir de 22 de abril a produção será retomada de forma limitada, com a fábrica a operar apenas com um turno durante duas semanas.

— RENAULT: todas as fábricas foram fechadas e não há data prevista para a sua reabertura.

— BUGATTI: fábrica em Molsheim com produção suspensa desde o dia 20 de março, ainda sem data para retomar produção.

Hungria

— AUDI: a marca alemã já retomou produção na sua fábrica de motores de Györ.

Itália

— FCA: todas as fábricas vão estar fechadas até dia 27 de março. O início de produção foi adiado até maio.

— FERRARI: as suas duas fábricas vão estar fechadas até dia 27.  Também a Ferrari adiou o início de produção para maio.

— LAMBORGHINI: a fábrica em Bolonha está fechada até dia 25 de março.

— BREMBO: a produção está suspensa nas quatro fábricas da produtora de travões.

— MAGNETTI MARELLI: suspendeu a produção por três dias.

Polónia

— FCA: a fábrica de Tychy está fechada até 27 de março.

— GRUPO PSA: a fábrica em Gliwice pára a produção na terça-feira, 16 de março.

— TOYOTA: as fábricas em Walbrzych e Jelcz-Laskowice param hoje, 18 de março. Ambas as fábricas se preparam para retomar a produção de forma limitada.

República Checa

— TOYOTA/PSA: a fábrica em Kolin, que produz os C1, 108 e Aygo, suspenderá a produção a 19 de março.

— HYUNDAI: a fábrica em Nosovice, onde são produzidos o i30, Kauai Electric e Tucson, suspenderá a produção a partir de 23 de março. A fábrica da Hyundai retomou a produção.

Roménia

— FORD: foi anunciada a suspensão da produção em todas as suas fábricas europeias a partir do dia 19 de março, onde se inclui a sua unidade romena em Craiova. Ford adia reabertura de todas as suas fábricas europeias para o mês de maio.

— DACIA: a suspensão de produção estava prevista até 5 de abril, mas a marca romena vê-se obrigada a extender o prazo. Produção deverá retomar a 21 de abril.

Reino Unido

— GRUPO PSA: a produção nas fábricas de Ellesmere Port fecha na terça-feira e a de Luton na quinta-feira.

— TOYOTA: as fábrica em Burnaston e Deeside suspendem produção a partir de 18 de março.

— BMW (MINI / ROLLS-ROYCE): o grupo alemão suspenderá a produção em todas as suas fábricas europeias a partir do final desta semana.

— HONDA: fábrica em Swindon, onde é produzido o Civic, suspende produção a partir de 19 de março, com reinício programado para 6 de abril, dependendo das recomendações do governo e das autoridades de saúde.

— JAGUAR LAND ROVER: Paragem de todas as fábricas a partir de 20 de março até, pelo menos 20 de abril.

— BENTLEY: a fábrica de Crewe cessará atividade a partir de 20 de março até, pelo menos 20 de abril.

— ASTON MARTIN: Gayden, Newport Pagnell e St. Athanaté com produção suspensa a partir de 24 de março até, pelo menos, 20 de abril.

— McLAREN: A sua fábrica em Woking, e a unidade em Sheffield (componentes em fibra de carbono) com produção suspensa a partir de 24 de março até, pelo menos, ao final de abril.

— MORGAN: Nem a pequena Morgan está “imune”. Produção suspensa durante quatro semanas (poderá retomar no final de abril) na sua fábrica em Malvern.

— NISSAN: a marca japonesa manterá a suspensão de produção durante todo o mês de abril.

— FORD: Ford adia reabertura de todas as suas fábricas europeias para o mês de maio.

Sérvia

— FCA:  a fábrica em Kragujevac vai estar fechada até 27 de março.

Suécia

— VOLVO: as fábricas em Torslanda (XC90, XC60, V90), Skovde (motores) e Olofstrom (componentes para carroçarias) terão produção suspensa a partir do dia 26 de março e até o dia 14 de abril

Turquia

— TOYOTA: a fábrica em Sakarya parará a sua atividade a 21 de março.

— RENAULT: a fábrica em Bursa suspendeu a produção a partir do dia 26 de março.

A NÃO PERDER: Fechado em casa? As melhores séries para quem gosta de automóveis

Atualização a 17 de março às 13h36 — suspensão da produção na Autoeuropa.
Atualização a 17 de março às 15h22 — suspensão da produção na fábrica da Toyota em Ovar e em França.
Atualização a 17 de março às 19h20 — suspensão da produção na fábrica da Renault Cacia.
Atualização a 18 de março às 10h48 — Toyota e BMW anunciaram suspensão de produção em todas as suas fábricas europeias.
Atualização a 18 de março às 14h53 — Porsche e Ford anunciaram suspensão de produção em todas as suas fábricas (apenas na Europa no caso da Ford).
Atualização a 19 de março às 09h59 — Honda suspende produção no Reino Unido.
Atualização a 20 de março às 09:25 — Hyundai e Kia suspendem produção na Europa.
Atualização a 20 de março às 09:40 — Jaguar Land Rover e Bentley suspendem produção nas suas fábricas no Reino Unido.
Atualização a 27 de março às 09:58 — Bugatti, McLaren, Morgan e Aston Martin suspendem produção.
Atualização a 27 de março às 18:56 — Renault suspende produção na Turquia e Autoeuropa prolonga suspensão.
Atualização a 2 de abril às 12:16 — Volkswagen prolonga suspensão de produção na Alemanha.
Atualização a 3 de abril às 11:02 — Dacia e Nissan prolongam o período de suspensão de produção.
Atualização a 3 de abril às 14:54 — Ford adia reabertura de todas as suas fábricas europeias.
Atualização a 9 de abril às 16:12 — Autoeuropa prepara o regresso à produção a 20 de abril.
Atualização a 9 de abril às 16:15 — Planos de regresso à produção da Mercedes-Benz e da Audi na Alemanha.
Atualização a 15 de abril às 09:30 — Ferrari e FCA adiam retoma de produção, enquanto Hyundai reinicia-a na República Checa, Renault em Portugal e Roménia (Dacia) e Audi na Hungria.
Atualização a 16 de abril às 11:52— Toyota prepara-se para retomar a produção em França e na Polónia com algumas restrições.
Atualização a 16 de abril às 11:57— A Volkswagen Autoeuropa prepara-se para retomar a produção a 27 de abril.


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Sabes responder a esta?
Em que ano surgiu o primeiro Porsche 911 GT3?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Porsche 911 GT3, o alvo a abater

Mais artigos em Notícias