Antevisão

Enxurrada de elétricos. Mais de 60 novidades nos próximos cinco anos.

A indústria automóvel prepara-se para entrar numa nova era e será alimentada a eletrões. São esperadas mais de 60 novidades nos próximos cinco anos.

Hoje em dia os veículos elétricos ainda são uma pequena parte do mercado, mas ninguém duvida que dominarão o mercado. O ataque às emissões obrigam a novas soluções por parte dos construtores e a evolução tecnológica fará com que estas propostas se tornem mais atrativas, tanto pelas características como pelos preços mais acessíveis. Poderá levar ainda uma década ou duas até assistirmos à massificação dos veículos elétricos, mas propostas não deverão faltar.

Nos próximos cinco anos assistiremos a uma enxurrada de elétricos e híbridos plug-in no mercado automóvel. E será a China o principal motor para esta invasão.

O mercado automóvel chinês é o maior do mundo e ainda não parou de crescer. Os níveis de poluição estão em níveis insuportáveis, pelo que os seus governantes estão a forçar uma mudança tecnológica, com forte aposta na mobilidade elétrica. O Ministério da Indústria e Tecnologia de Informação chinês traçou o caminho para o futuro dos transportes no país. Em 2016 o mercado chinês absorveu 17.5 milhões de veículos e prevê-se que esse número duplique até 2025. É objectivo do governo chinês que, nessa altura, 20% dos veículos vendidos sejam elétricos, ou seja, à volta de sete milhões. 

O objetivo é ambicioso: o ano passado venderam-se no planeta menos de dois milhões de veículos elétricos. A China, sozinha, quer vender sete milhões por ano. Cumpra ou não essa meta, nenhum construtor pode dar-se ao luxo de perder este “barco”. Como tal, contem com muitas novidades, a maior parte das quais chegarão ao mercado europeu.

Nesta lista estão incluídos apenas híbridos plug-in (que permitem deslocação exclusivamente elétrica) e modelos 100% elétricos. Híbridos como o Toyota Prius ou os mild-hybrids (semi-híbridos) que estão a chegar não foram considerados. Esta lista é o resultado de confirmações oficiais e rumores. Claro que poderão faltar propostas, assim como não podemos prever eventuais mudanças de planos por parte dos construtores.

2017

Este ano já conhecemos algumas propostas: Citroën E-BerlingoMini Countryman Cooper S E All4Porsche Panamera Turbo S E-HybridSmart Fortwo electric drive, Smart Forfour electric drive e o Volkswagen e-Golf.

Mas o ano ainda só vai a meio. Até ao final do ano o BMW i3 receberá um restyling e uma versão mais potente – i3S -, o Kia Niro conhecerá uma versão híbrida Plug-in, assim como o Mitsubishi Eclipse Cross. E conheceremos, finalmente, o Tesla Model 3.

2018

Um dos pioneiros na tentativa de massificação dos veículos elétricos será finalmente substituído. O Nissan Leaf conhecerá nova geração – será visto ainda em 2017 -, e segundo parece, será bem mais atrativa. É também neste ano que chegam os crossover elétricos da Audi, com o e-tron, e da Jaguar, com o I-PACE. A Maserati revelará a versão híbrida plug-in do Levante, herdando do Chrysler Pacifica Hybrid o seu grupo motriz.

Estreia absoluta para a Aston Martin nos veículos elétricos, com versão específica do Rapide. A BMW apresentará o restyling do i8, coincidindo com a apresentação da versão roadster, prometendo também mais potência do grupo motriz. Já apresentado, chegará ao mercado a versão híbrida plug-in do Volvo XC60, denominada T8 Twin Engine.  Dúvidas persistem se o incrível Faraday Future FF91 chegará efetivamente ao mercado, dado os problemas financeiros persistentes no construtor.

2019

Um ano apinhado de novidades e a maior parte delas em formato crossover ou SUV. Audi e-tron Sportback e Mercedes-Benz EQ C conhecerão as suas versões de produção. A nova geração do BMW X3 terá versão elétrica, assim como o Porsche Macan. A DS também apresentará um crossover elétrico para o segmento B, partilhando com o Peugeot 2008 a base elétrica. A Hyundai dará a conhecer um crossover com base no Ioniq e a designação Model E identificará uma família de modelos da Ford, onde se inclui um crossover compacto.

Subindo de escalão, a Aston Martin dará a conhecer o DBX, que incluirá proposta elétrica. E, caso não haja atrasos, a Tesla apresentará o Model Y, um crossover para acompanhar o Model 3.

Saindo dos crossover, Mazda e Volvo estreiam-se nos veículos 100% elétricos. A Mazda com um utilitário e não sabemos ainda muito bem o que a Volvo está a preparar. Uma versão elétrica do S60 ou do XC40 são as hipóteses mais comentadas. A Mini também terá modelo elétrico, não integrado em nenhuma das gamas atuais, e o Peugeot 208 também terá versão elétrica. A SEAT acrescentará um Mii elétrico à gama e mantendo-nos no grupo Volkswagen, a Skoda dará a conhecer o Superb híbrido plug-in.

Para terminar, conheceremos finalmente a versão de produção do fantástico Mission E da Porsche.

2015 Porsche Mission E elétricos
Porsche Mission E

2020

O ritmo de novidades mantém-se elevado. A Renault apresentará nova geração do Zoe, a Volkswagen revelará versão de produção do I.D., assim como a Skoda revelará a do concept Vision E. A Audi terá um Q4 elétrico, assim como a SEAT e a KIA terão SUV zero emissões. A Citroën também apresentará um crossover para o segmento B elétrico, talvez uma versão do futuro C-Aircross concept? A marca francesa também apostará num C4 elétrico, assim como o sucessor do DS 4. A Mercedes-Benz amplia a família EQ, com o EQ A.

Do lado dos construtores japoneses, a Honda revelará versão elétrica do Jazz, a Toyota estreia-se nos veículos elétricos a baterias e com um sabor diferente, a Lexus dará a conhecer o LS Fuel-cell.

A surpresa virá da Maserati que apresentará, supostamente. o desejado Alfieri, um coupé desportivo, mas em vez de um V6 ou V8, deverá ser 100% elétrico.

2021

Neste ano a Mercedes-Benz irá expandir a família de modelos EQ com mais duas adições: EQ E e EQ S. A arquirrival BMW apresentará o i-Next (nome provisório) que, além de elétrico, apostará forte na tecnologia para veículos autónomos. Também a Bentley estreia-se nas zero emissões com a apresentação de um SUV (uma versão do Bentayga?).

BMW iNext elétricos
BMW iNext

A Nissan ampliará a sua gama de elétricos com a apresentação de um crossover recorrendo à base do Leaf, a Peugeot terá um 308 elétrico e a Mazda acrescentará um híbrido plug-in à sua gama, não se sabendo ainda será derivará de algum modelo ou se será modelo único.

2022

Chegamos a 2022, ano que a Volkswagen fará acompanhar o I.D. com uma versão SUV. Será a versão de produção do I.D. Crozz? A Mercedes-Benz adicionará carroçarias SUV aos EQ E e EQ S. A Porsche também terá mais um SUV elétrico, devendo derivar da arquitetura do Mission E.

Volkswagen ID Crozz elétricos
Volkswagen ID Crozz

Uns segmentos abaixo, os construtores franceses apresentarão o Citroën C4 Picasso elétrico e veremos SUV para o segmento C por parte da Peugeot e Renault. No mesmo segmento, também o Astra terá versão elétrica. Terminando a nossa lista, a BMW deverá dar a conhecer a nova geração do BMW i3.

 

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos