Carro do Ano 2017

Hyundai Ioniq Hybrid: híbrido de raiz

Design aerodinâmico e emissões de apenas 92g/km, entre outros destaques. O Hyundai Ioniq Hybrid é um dos candidatos a Carro do Ano 2017. A Razão Automóvel é membro do júri.

O Hyundai Ioniq Hybrid é a nova aposta da Hyundai na classe dos automóveis híbridos, pensado e concebido de raiz para receber esta tecnologia motriz. Conjuga um propulsor térmico 1.6 GDi, de 105 cv, com um motor síncrono de íman permanente de 32 kW.

Uma novidade na classe é a combinação de uma caixa de velocidades de dupla embraiagem de seis relações, o que confere uma maior prontidão de resposta ao acelerador. O condutor tem ainda à sua disposição dois modos de condução: Eco e Sport.

O rendimento combinado é de 104 kW de potência, o equivalente a 141 cv, com um binário máximo de 265 Nm, o que permite ao Ioniq acelerar dos 0 aos 100 km/h em 10,8 segundos e atingir 185 km/h. Mais importante, os consumos anunciados são de apenas 3,9 l/100 km e as emissões combinadas de CO2 de 92 g/km.

RELACIONADO: Carro do Ano 2017: conhece todos os candidatos

O sistema é suportado por uma bateria de iões de lítio, com uma capacidade de 1,56 kWh, situada sob os bancos traseiros para favorecer uma distribuição equitativa do peso por eixo sem prejudicar o espaço interior.

CA 2017 Hyundai Ioniq HEV (7)

Com dimensões de 4,4 m em comprimento e uma distância entre eixos de 2 700 mm, a habitabilidade é um dos pontos fortes do Hyundai Ioniq Hybrid, juntamente com a capacidade de bagageira, que é de 550 litros.

Os criativos da marca coreana focaram muito do seu trabalho num design atraente e fluido, de forma a favorecer o perfil aerodinâmico, tendo obtido um coeficiente de arrasto de 0.24.

O Hyundai Ioniq Hybrid é construído sobre uma plataforma do Grupo Hyundai exclusiva para veículos híbridos, recorrendo a aço de elevada resistência na estrutura, a adesivo em substituição da soldadura em determinadas áreas da coque e a alumínio para capô, tampa da bagageira e componentes do chassis de forma a reduzir peso sem sacrificar a rigidez. Na balança, o Hyundai Ioniq Hybrid acusa 1 477 kg.

No domínio da tecnologia, o Hyundai Ioniq Hybrid dispõe dos mais recentes desenvolvimentos no apoio à condução, como a manutenção na faixa de rodagem LKAS, cruise control inteligente SCC, travagem autónoma de emergência AEB e sistema de monitorização de pressão de pneus TPMS.

Desde 2015 que a Razão Automóvel integra o painel de jurados do prémio Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal.

A versão que a Hyundai submete a concurso no Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal, Hyundai Ioniq Hybrid Tech, oferece ainda painel de instrumentação a cores de 7”, climatização automática bizona, acesso e ignição keyless, faróis de xénon, sistema de navegação com ecrã tátil de 8”, sistema áudio Infinity com 8 colunas + subwoofer, sistema multimédia com tecnologia Apple Car Play e Android Auto e carregamento wireless para smartphones.

O Hyundai Ioniq Hybrid Tech faz a sua estreia no mercado nacional com um preço de €33 000, com uma garantia geral de 5 anos sem limite de quilómetros e de 8 anos/200 mil km para a bateria.

Além do Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal, o Hyundai Ioniq Hybrid Tech concorre igualmente à classe Ecológico do Ano, onde enfrentará o Mitsubishi Outlander PHEV e o Volkswagen Passat Variant GTE.

Especificações Hyundai Ioniq Hybrid Tech

Motor: Quatro cilindros, 1580 cm3
Potência: 105 cv/5700 rpm
Motor elétrico: Síncrono de íman permanente
Potência: 32 kW (43,5 cv)
Potência conjunta: 141 cv
Aceleração 0-100 km/h: 10,8 s
Velocidade Máxima: 185 km/h
Consumo Médio: 3,9 l/100 km
Emissões CO2: 92 g/km
Preço: 33 000 euros


Texto: Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos