Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Mercado

Toyota Yaris começa 2021 como “rei” das vendas na Europa

No primeiro mês de 2021, o Toyota Yaris liderou as vendas na Europa e um pódio constituído apenas por utilitários. Já os SUV conseguiram uma quota recorde.

Num mês de janeiro marcado pela recessão do mercado automóvel europeu (a quebra face ao período homólogo de 2020 foi de 26%), o Toyota Yaris alcançou, com surpresa, a liderança de vendas no “Velho Continente”.

Foram registados 839 600 novos carros em toda a Europa em janeiro, (contra 1,13 milhões em janeiro de 2020), com o Yaris a estar em contra-ciclo — o efeito novidade da nova geração ainda é grande —, em que as suas vendas crescerem 3% no mesmo período, alcançando as 18 094 unidades vendidas.

Um valor que lhe garantiu o primeiro lugar na tabela de vendas, surgindo atrás de si outros dois utilitários: o Peugeot 208 e o Dacia Sandero. O francês viu as vendas cair 15%, registando 17 310 unidades vendidas, enquanto o novo Sandero vendeu 15 922 unidades e, sendo uma nova geração, tal como o Yaris, viu as vendas crescer 13% relativamente a janeiro de 2020.

VÊ TAMBÉM: Aconteceu o que já se esperava: o mercado europeu caiu 23,7% em 2020

Curiosamente, os habituais líderes de vendas na Europa, o Volkswagen Golf e o Renault Clio, quedaram-se respetivamente pelo 4º e 7º lugares. O alemão vendeu 15 227 unidades (-42%), enquanto o gaulês acumulou 14 446 unidades vendidas (-32%).

SUV em alta

De acordo com os dados divulgados pela JATO Dynamics, o outro grande destaque nos números de vendas de janeiro de 2021 são relativos aos SUV. Em janeiro alcançaram uma quota de mercado de 44%, o valor mais alto de sempre no mercado europeu.

Entre estes, a liderança pertenceu ao Peugeot 2008, o sexto modelo mais vendido em janeiro na Europa com 14 916 unidades (+87%), seguindo-se o Volkswagen T-ROC com 13 896 unidades (-7%) e o Renault Captur com 12 231 unidades (-2%).

Peugeot 2008 1.5 BlueHDI 130 cv EAT8 GT Line
O Peugeot 2008 liderou entre os SUV no primeiro mês de 2021. © Thom V. Esveld / Razão Automóvel

Como que a comprovar este sucesso, entre os modelos que mais viram as vendas crescer face a janeiro de 2020, a maioria são SUV/Crossover. Basta ver os exemplos dos Ford Kuga (+258%), Ford Puma (+72%), Suzuki Ignis (+25%), Porsche Macan (+23%), Mercedes-Benz GLA (+18%), BMW X3 (+12%) ou Kia Niro (+12%).

VÊ TAMBÉM: Carrinhas dão luta em 2020 face à invasão SUV. Até quando?

E os construtores?

Em termos de vendas absolutas, a Volkswagen dominou em janeiro com 90 651 novos veículos registados (-32%). Atrás dela surgem a Peugeot com 61 251 unidades (-19%) e a Toyota, que contabilizou 54 336 unidades (-19%) vendidas no primeiro mês do ano.

Por fim, no que diz respeito aos grupos automóveis, o Grupo Volkswagen liderou em janeiro, acumulando 212 457 unidades vendidas (-28%), seguido da recentemente criada Stellantis, com 178 936 unidades (-27%) e da Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi com 100 540 unidades (-30%).

Fontes: JATO Dynamics.

Sabe responder a esta?
Qual é a potência do Toyota GR Supra com quatro cilindros?

Mais artigos em Notícias