Desde 126 860 euros

Porsche Macan Turbo. Testámos o Macan mais potente de sempre

O Porsche Macan Turbo fez-me companhia no primeiro dia do ano em que o termómetro superou os 30º C. Terá sido coincidência? É sem dúvida um «hot SUV».

Não há volta a dar. A Porsche sabe o que faz no que diz respeito a contornar as leis da física. Ou pelo menos, em tentar contrariá-las…

Em 1964 lançou a primeira geração do Porsche 911. Com o motor teoricamente no sítio errado (atrás do eixo traseiro) criou um dos mais vitoriosos (na competição) e bem sucedidos (nas vendas) modelos da história do automóvel.

O Porsche Macan Turbo é um exercício similar na sua essência. Com um centro gravítico elevado, devido à carroçaria SUV, a Porsche tentou fazer deste modelo um desportivo cuja potência supera largamente os 400 cv. Será que conseguiu?

VÊ TAMBÉM: Testámos o Porsche Macan 2.0 turbo. Será que faz sentido?
Porsche Macan Turbo
Uma das secções mais atualizadas no facelift operado em 2019 diz respeito à traseira. Toda a gama Macan recebeu a nova assinatura luminosa da Porsche. © Razão Automóvel

Um poço de potência com 440 cv

O Porsche Macan Turbo não é só um «poço de potência» graças aos seus 440 cv e 550 Nm de binário máximo, oriundos do motor 2.9 litros V6. É também um atleta, mas já lá vamos…

A aceleração dos 0-100 km/h cumpre-se em apenas 4,3s, e o mesmo exercício dos 0-160 km/h cumpre-se nuns não menos impressionantes 10,5s. Velocidade máxima? 270 km/h. Tudo isto num SUV cujo peso aflora as duas toneladas.

Porsche Macan Turbo
Central de comando. Botões, botões e mais botões… a verdade é que a divisão de funções está bem feita e depois de alguns dias todos os comandos são intuitivos. É aqui que controlamos o «temperamento» do Porsche Macan Turbo. © Razão Automóvel

Claro que com estes números os consumos não são propriamente meigos. Nos cerca de 500 km que percorri ao volante do Porsche Macan Turbo a média mais baixa que fiz ficou-se pelos 12 l/100 km.

Valeu a pena cada quilómetro? Sem dúvida.

Principalmente se tivermos o escape desportivo ativado, que abre uma borboleta para soltar o grito do motor V6. Não é dramático, mas bruto o suficiente para entusiasmar.

VÊ TAMBÉM: Novo Porsche 911 Turbo S (992) dá salto de 70 cv em relação ao antecessor (vídeo)

O Porsche Macan Turbo nas curvas

É um Porsche. Isto significa que apesar de ter um centro gravítico mais alto do que o habitual e um peso a rondar as duas toneladas, mesmo assim o Porsche Macan Turbo entusiasma.

E não é um entusiasmo relativo, do género: “para um SUV curva muito bem”. É mesmo um entusiasmo concreto.

Porsche Macan Turbo
Suspensão desportiva. Aqui podemos ver a suspensão no modo mais desportivo. Temos um amplitude de movimento de 80 mm. © Razão Automóvel

Comparando por exemplo com o BMW X3 M, é mais composto e mais rigoroso que este em todos os movimentos. Conseguimos inclusive provocar a traseira para vistosos momentos em deriva de forma bastante progressiva.

A afinação da suspensão pneumática (de amortecimento variável) está muito bem conseguida e o chassis continua bastante atual — o Macan ainda recorre à plataforma do anterior Audi Q5.

VÊ TAMBÉM: Mercedes-AMG GLC 63 S (510 cv) em vídeo. Super-SUV com um Super V8!

Reduzindo o ritmo

Quando reduzimos o ritmo não reduzimos significativamente os consumos — como escrevi anteriormente, os consumos mantém-se sempre acima dos 12 l/100 km — mas aumentamos significativamente o conforto.

Faz swipe na galeria de imagens:

Além de entusiasmante de conduzir o Porsche Macan Turbo também é um familiar competente. A suspensão pneumática adaptativa consegue atribuir ao mais pequeno SUV da Porsche um pisar até bastante benevolente perante as imperfeições do asfalto.

Uma coisa é certa: o tato desportivo mantém-se sempre. E nunca as duas toneladas de peso me pareceram tão leves. O Porsche Macan Turbo é daqueles modelos que nos prova que o prazer de condução e o conceito SUV não são antagónicos.

Preço

unidade ensaiada

145.888

Versão base: €126.860

IUC: €918

Classificação Euro NCAP:

  • Motor
    • Arquitectura: 6 cilindros em V
    • Capacidade: 2894 cm3
    • Posição: Dianteira longitudinal
    • Carregamento: Injeção direta + Turbo + Intercooler
    • Distribuição: 2 a.c.c., 4 válvulas por cilindro
    • Potência: 440 cv entre as 5700 e as 6600 rpm
    • Binário: 550 Nm entre as 1800 e as 5600 rpm
  • Transmissão
    • Tracção: Integral
    • Caixa de velocidades: Automática de 7 velocidades (PDK)
  • Capacidade e dimensões
    • Comprimento / Largura / Altura: 4684 mm / 1926 mm / 1624 mm
    • Distância entre os eixos: 2807 mm
    • Bagageira: 500 litros
    • Jantes / Pneus: 265/45 R20 à frente; 295/40 R20 atrás
    • Peso: 1945 kg
  • Consumo e Performances
    • Consumo médio: 11,5 l/100 km
    • Emissões de CO2: 262 g/km
    • Vel. máxima: 270 km/h
    • Aceleração: 4,5s
  • Equipamento
    • Sistema de Suspensão Activa Porsche (PASM)
    • Jantes Macan Turbo de 20" pintadas em cor Titânio Escuro Brilhante
    • Sistema de Controlo da Pressão dos pneus (TPM)
    • Travão de estacionamento elétrico.
    • Sistema de travagem multicolisão
    • Duas saídas de escape duplas em cor Prata mate (esquerda e direita)
    • Saias laterais SportDesign
    • Espelhos retrovisores exteriores SportDesign
    • Sistema de escape desportivo incluindo saídas de escape desportivas em cor Prata
    • Faróis em LED incluindo Porsche Dynamic Light System (PDLS) com luz de curva estática e dinâmica, regulação dinâmica do alcance dos faróis, ajuste automático em função da velocidade, iluminação para condições meteorológicas adversas
    • Óticas dianteiras com desenho específico específico Turbo com luzes de posição e intermitentes separadas em tecnologia LED
    • Assistente de iluminação em condução, incluindo luzes automáticas e função "Coming Home"
    • Luzes traseiras tridimensionais em LED e luzes de travão de quatro pontos
    • Sensor de luz e chuva
    • Espelhos retrovisores exteriores com regulação elétrica, aquecimento e rebatimento elétrico
    • Climatizador automático de 3 zonas e circulação de ar (condutor e passageiro), recirculação automática do ar e sensor de qualidade, botão AC-MAX,sensor de humidade e porta-luvas refrigerado
    • Bancos dianteiros desportivos adaptativos (18 vias) com Pacote de memória Comfort
    • Aviso de saída de faixa
    • Cruise control e limitador de velocidade
    • Função Auto-Hold
    • Porsche Hill Control (PHC)
    • Painel de instrumentos com ecrã de alta resolução TFT a cores de 4,8"
    • Porsche Communication Management (PCM), incluindo módulo de navegação, preparação para telemóvel e interface de audio e sistema de comandos por voz
    • Connect Plus, incluindo navegação online, módulo de telefone LTE com leitores de cartões SIM, acesso sem fios à internet e Porsche Car Connect
    • Sistema de som BOSE® Surround
    • Quatro portas USB (duas à frente e duas atrás)
Extras
Preto Jet Metalizado — 984 €; Interior em pele, em Preto — 1685,10 €; Teto de abrir panorâmico — 1660,50 €; Barras de tejadilho em alumínio — 356,70 €; Proteções inferiores em aço inoxidável, à frente e atrás — 1057,80 €; Suspensão pneumática com auto-nivelamento, ajuste da altura e Porsche Active Suspension Management (PASM) — 1525,20 €; Porsche Torque Vectoring Plus (PTV Plus) — 1537,50 €; Direção assistida Plus — 270,60 €; Jantes RS Spyder de 21'' — 1549,80 €; Espelhos retrovisores com antiencandeamento automático — 369 €; ParkAssist (à frente e atrás) incluindo câmara de marcha-atrás e Surround View — 2140,20 €; Reconhecimento de sinais de trânsito — 369 €; Ionizador — 295,20 €; Bancos dianteiros aquecidos — 430,50 €; Bancos dianteiros ventilados — 959,40 €; Volante desportivo GT, multifunções e aquecido — 559,65 €; Cortinas para as janelas traseiras, de accionamento manual — 258,30 €; Tapetes — 123,00 €; Fundo dos instrumentos em Branco — 504,30 €; Fundo do mostrador do cronómetro Sport Chrono/Bússola em Branco — 356,70 €; Pacote de iluminação Comfort — 319,80 €; Escudo Porsche gravado nos encostos de cabeça dianteiros — 233,70 €; Apple® CarPlay com controlo por voz Siri® — 307,50 €.
Avaliação
7 / 10
Apesar do peso e do centro gravítico mais alto, o Macan Turbo é capaz de fazer a vida negra a muitos desportivos em estradas de montanha. Ao contrário do que seria de esperar, o Macan Turbo não é apenas rápido em retas, é absurdamente eficaz nas estradas. Se os consumos não são uma preocupação, se a carroçaria SUV é uma exigência, e se as performances desportivas são obrigatórias, então o Porsche Macan Turbo tem de estar na tua lista.
  • Disponibilidade do motor
  • Dinâmica
  • Qualidade do interior
  • Consumos;
  • Mais de 120 000 € e o sistema keyless é opcional
Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançado o Porsche 911 GT3
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Porsche 911 GT3, o alvo a abater

Mais artigos em Testes, Ensaio