Estudo

Confirma-se. Portugal é dos países onde é mais caro ter carro

Já desconfiávamos mas agora temos a confirmação. Um estudo de um site britânico mostrou que o preço dos carros em Portugal está entre os mais elevados.

Todos os mercados têm o seu tipo de restrições que fazem inflacionar ou diminuir o preço dos carros e quanto custa ter um. Por exemplo, no Japão há restrições relativamente à largura e à cilindrada dos motores, e nos Estados Unidos da América há restrições que impedem a importação de alguns modelos antes de estes completarem 25 anos.

Como não podia deixar de ser, também Portugal tem legislação e impostos… muitos impostos, que influencia o custo associado a ter um carro. É usual ouvir queixas de que a nossa tributação serve, acima de tudo, para encarecer os carros e que lá fora é bem mais barato comprar e ser proprietário de um automóvel. Mas até que ponto isso é verdade?

Agora, um estudo levado a cabo pelo site britânico “Compare the Market” (que se dedica a comparar seguros) decidiu comparar o preço de comprar (e manter durante um ano) um carro de vários segmentos em países diferentes. Em seguida elaborou uma série de tabelas onde podemos ver quanto custa ter carro em algumas partes do globo.

VÊ TAMBÉM: O prometido é devido. Toyota entrega nova Tundra ao enfermeiro herói
BMW Série 5

O estudo

Ao todo foram 24 os países envolvidos no estudo. Para além de Portugal foram analisados a Índia, Polónia, Roménia, Nova Zelândia, Bélgica, Alemanha, Canadá, França, Estados Unidos da América, Austrália, Rússia, Grécia, Reino Unido, Espanha, África do Sul, Brasil, Irlanda, México, Itália, Japão, Holanda e por fim os Emirados Árabes Unidos.

Para efetuar o estudo o site “Compare the Market” dividiu o mercado em seis segmentos: citadinos, pequenos familiares, grandes familiares, SUV, luxo e desportivos. Em seguida escolheu um modelo para servir de barómetro em cada segmento, sendo que os escolhidos foram: o Fiat 500, o Volkswagen Golf, o Volkswagen Passat, o Volkswagen Tiguan, o BMW Série 5 e o Porsche 911, respetivamente.

Para além do custo de aquisição o estudo contabilizou o dinheiro gasto em seguros, impostos, combustíveis e ainda o custo por avaria. E os resultados revelam algumas surpresas.

VÊ TAMBÉM: Volkswagen corta no preço do e-Up! para impulsionar as vendas

Os resultados

No caso do Fiat 500, o país onde é mais barato ter o pequeno citadino é a Índia, com um custo previsto de apenas 7049 libras (cerca de 7950 euros), já onde é mais caro é na China, com o valor a chegar às 21 537 libras (cerca de 24 290 euros). A título de comparação, em Portugal o custo estimado fica-se pelas 14 975 libras (cerca de 16 888 euros).

Quanto ao Volkswagen Golf a Índia volta a ser o país onde é mais barato ter o modelo, com um custo de 7208 libras (cerca de 8129 euros). Já onde é mais caro ter um Golf de entre os 24 países é em… Portugal, onde o custo ascende até às 24 254 libras (cerca de 27 354 euros) — em Espanha o valor fica-se pelas 19 367 libras (cerca de 21 842 euros).

VÊ TAMBÉM: Adeus, Fiat Punto. O fim da presença da Fiat no segmento

Quando chega a hora de ter um grande familiar como o Volkswagen Passat, o estudo do site britânico revela que o país onde é mais caro é o Brasil, com o custo total a ficar-se nas 36 445 libras (cerca de 41 103 euros). Já onde é mais barato é na Grécia, onde o valor não ultrapassa as 16 830 libras (cerca de 18 981 euros). Já Portugal não anda muito longe do Brasil, com um custo de 32 536 libras (cerca de 36 694 euros).

Volkswagen Tiguan

Já os modelos da moda, os SUV, neste estudo exemplificados pelo Volkswagen Tiguan, são mais baratos de possuir na Rússia, onde os custos se ficam pelas 17 182 libras (cerca de 19 378 euros). Já o país onde é mais caro ter um SUV é… em Portugal! Por cá o custo atinge umas exorbitantes 32 633 libras (cerca de 36 804 euros). Só para teres uma ideia, na Alemanha o valor fica-se pelas 25 732 libras (cerca de 29 021 euros).

Entre os 24 países, aquele onde é mais caro de ter um modelo de “luxo”, neste caso um BMW Série 5, é o Brasil, com os custos a ascenderem até às 68 626 libras (cerca de 77 397 euros). Já onde é mais barato é no México, com o valor a ficar-se pelas 33 221 libras (perto de 37 467 euros). Em Portugal o custo anda pelas 52 259 libras (cerca de 58 938 euros).

VÊ TAMBÉM: Fiat Panda e 500 também dizem adeus ao Diesel?

Por fim, quando falamos em desportivos, onde fica mais acessível ter um Porsche 911 é no Canadá, com os custos a rondarem as 63 059 libras (cerca de 71 118 euros). Já onde é mais caro é na Índia. É que se por lá é barato ter um citadino, ter um desportivo fica mais de 100 000 libras mais caro do que no Canadá, ascendendo até às 164 768 libras (cerca de 185 826 euros). Por cá, ter um desportivo como o Porsche 911 tem um custo estimado pelo site britânico de 109 095 libras (perto de 123 038 euros).

Como demonstra o estudo, Portugal está sempre entre os países onde é mais caro ter carro, surgindo sempre na metade superior das tabelas de custos e sendo, inclusive, o país dos 24 presentes no estudo onde é mais caro ter um SUV ou um pequeno familiar. Agora, já tens dados estatísticos para fundamentar as tuas, e nossas, queixas de que ter carro em Portugal é mesmo muito caro.

Fonte: Compare the Market

Sabes responder a esta?
Em que ano foi apresentado o Mercedes-Benz 190?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Mercedes-Benz 190 (W201), antecessor do Classe C, celebra 35 anos

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos