NOVIDADES 2022. Dos SUV aos desportivos, Mercedes «ataca» em todas as frentes

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

NOVIDADES 2022

Dos SUV aos desportivos, Mercedes «ataca» em todas as frentes em 2022

A Mercedes-Benz promete um ano de 2022 repleto de novidades para todos os gostos: desde SUV a desportivos, que podem ser só a combustão, híbridos ou elétricos.

A Mercedes-Benz é das marcas automóveis que tem uma das gamas mais extensas da indústria e não admira, portanto, que também seja a marca que mais novidades parece ter planeadas para lançar em 2022.

São mesmo muitas e vão desde mais modestas atualizações dos modelos à venda ao lançamento de novas gerações, culminando com o lançamento de modelos inéditos.

Começando pelos primeiros, as atualizações ou restylings, já foram «apanhados» em fotos-espia durante os seus testes de desenvolvimento.

A NÃO PERDER: As 100 NOVIDADES para 2022 que têm de conhecer

O Classe A já foi visto pelo menos em duas ocasiões, primeiro na carroçaria de dois volumes e cinco portas e, mais recentemente, na carroçaria de três volumes e quatro portas (Sedan). O Classe A promete revisões estéticas ligeiras, mais tecnologia e, ainda a carecer de confirmação, um novo motor a gasolina, o primeiro a resultar da parceria com a Geely.

Também o Mercedes-Benz GLE vai ser refrescado em 2022, com uma atualização estética e conteúdo tecnológico reforçado, como por exemplo, a adoção da versão mais recente do MBUX. Recentemente, também vimos protótipos de teste do Classe G, a antecipar uma atualização do modelo, ainda que a mesma só deva acontecer no final do próximo ano.

AMG recorre ao poder dos eletrões

Sabíamos que teria de acontecer e também a AMG anunciou em 2021 a sua futura estratégia de eletrificação que consistirá em modelos híbridos plug-in e elétricos. O primeiro a ser revelado foi o «monstro» híbrido plug-in GT 63 S E Performance com 620 kW de potência, o mesmo que 843 cv, e até 1470 Nm (!) de binário, seguido, mais recentemente, do primeiro elétrico de sempre com cunho da AMG, o EQS 53 — já disponível em Portugal —, com 484 kW (658 cv) e 950 Nm.

Fotos-espia Mercedes-AMG S 63e
Mercedes-AMG S 63e, 2022. © Razão Automóvel

Em 2022 a eletrificação da performance na AMG é para continuar. O futuro S 63, já visto em fotos-espia, deverá receber a mesma cadeia cinemática do GT 63 S E Performance, ainda que se espere que venha com números um pouco mais modestos.

Mas o maior «choque» deste plano de eletrificação prevemos que venha a residir nos futuros C 63 e GLC 63 — o SUV vai conhecer uma nova geração em 2022 —, ambos também já vistos em testes na estrada.

De fora vai ficar o ribombante 4.0 V8 twin turbo e no seu lugar teremos um… quatro cilindros em linha com 2.0 l de capacidade turbocomprimido. Não é um quatro cilindros qualquer, sendo o mesmo motor do A 45, mas no C 63 e GLC 63 será associado a uma máquina elétrica para obter níveis de potência e binário superiores ao V8. Apesar disso, não podemos deixar de lamentar a perda do V8.

Também o novo SL (R 232) conhecerá uma versão híbrida, mas por agora o novo capítulo de um dos modelos mais emblemáticos da marca da estrela surge apenas com duas motorizações V8 «puramente» a combustão. É também o primeiro SL a ser desenvolvido pela AMG e vai tomar o lugar do Mercedes-AMG GT Roadster, que deixou de ser produzido este ano.

Mercedes-AMG SL

Uma referência final ainda para o AMG One, o hiperdesportivo híbrido equipado com o mesmo 1.6 V6 Turbo do Mercedes-AMG W08, o monolugar de Fórmula 1. Foi em 2017 que o vimos pela primeira vez, mas um desenvolvimento que se revelou mais difícil do que o esperado, «empurraram» as primeiras entregas para 2022.

Elétricos, muito mais elétricos

A família de modelos 100% elétricos EQ da Mercedes-Benz vai continuar a crescer em 2022. O EQB — que já pudemos testar — chega a Portugal no próximo mês de fevereiro e o EQE, a berlina elétrica posicionada abaixo do EQS e revelada no Salão de Munique em setembro passado, deverá chegar em meados do ano que vem.

Também no Salão de Munique foi mostrado um protótipo do futuro EQS SUV, sob a marca Mercedes-Maybach, antecipando a chegada do modelo de produção em 2022. Mais «terra a terra» será o EQT, um MPV elétrico que deverá derivar do recentemente chegado Citan, tendo sido antecipado também por um protótipo.

Sabe responder a esta?
Qual foi o primeiro Mercedes-Benz a trazer o ESP?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

A origem do ESP. Era uma vez um despiste…
Em cheio!!
Vá para a próxima pergunta

ou leia o artigo sobre este tema:

A origem do ESP. Era uma vez um despiste…

Mais artigos em Notícias