Fotos-espia

Mercedes-Benz GLC só chega em 2022, mas já foi “caçado” em testes

Novo Mercedes-Benz GLC já foi apanhado nos habituais testes de desenvolvimento no norte da Europa. Mostramos-lhe as fotos-espia e dizemos-lhe o que esperar.

A Mercedes-Benz continua o programa de desenvolvimento da nova geração de um dos seus SUV mais vendidos, o GLC, que já foi “caçado” nos testes de inverno no norte da Europa, como se pode ver nestas fotos-espia, um exclusivo nacional da Razão Automóvel.

A região da Escandinávia é, todos os anos, paragem obrigatória para a grande maioria das construtoras mundiais, que aproveitam os dias frios, o gelo e a neve para testar os seus futuros modelos em condições climatéricas adversas.

A Mercedes é uma das marcas que tem estado particularmente ativa nesta região do norte do “velho continente” e ainda recentemente lhe mostrámos as fotos-espia do novo Mercedes-AMG C 63, que deixará de ter um motor V8 e passará a ser híbrido plug-in, e do Mercedes-Benz EQE, o Classe E dos elétricos. Agora, foi a vez do sucessor do atual GLC.

A NÃO PERDER: Qual é o SUV mais rápido no Nürburgring? O Mercedes-AMG GLC 63 S 4MATIC+
Fotos-espia Mercedes-Benz GLC
Segunda geração do Mercedes-Benz GLC chega em 2022. © Razão Automóvel

O Mercedes-Benz GLC, que foi lançado em 2015 para substituir o GLK, recebeu o habitual facelift de meio de vida em 2019 e já se prepara uma geração totalmente nova, a segunda, cuja imagem deve ir ao encontro da nova linguagem de estilo da marca de Estugarda, já presente no recém-apresentado Classe C.

 A camuflagem que decora este protótipo de testes do GLC é densa e deixa muito pouco ao descoberto. Mas é possível esperar mudanças relevantes na dianteira e na traseira, ainda que os “laços” com a geração atual não devam ser totalmente cortados, ou não fosse este um verdadeiro sucesso de vendas da marca alemã.

Fotos-espia Mercedes-Benz GLC
Novo GLB vai “obrigar” o novo GLC a crescer. © Razão Automóvel

Outras das mudanças deste GLC — conhecido internamente pelo código X254 — está relacionada com as suas dimensões, que devem crescer ligeiramente. A “culpa” é da entrada em jogo do Mercedes-Benz GLB, que apesar de fazer parte dos modelos compactos da marca germânica, tem dimensões muito próximas do seu “irmão mais velho”, o GLC.

Fotos-espia Mercedes-Benz GLC © Razão Automóvel

Aposta na eletrificação

A nova geração do GLC vai ver reforçada a aposta eletrificada que a Mercedes-Benz já tinha feito no GLC atual, pelo que podemos esperar uma oferta mecânica bastante semelhante.

Haverá motorizações Diesel e gasolina, sempre associadas a uma tecnologia semi-híbrida (MHEV) de 48 V, para ajudar a reduzir as emissões de CO2 e os consumos de combustível.

A somar a isto, e para quem procura soluções mais comprometidas com uma mobilidade sustentável, serão ainda oferecidas versões híbridas plug-in, como a GLC 300 de (híbrida plug-in Diesel) que testámos recentemente.

Quando chega?

A segunda geração do Mercedes-Benz GLC será apresentada em 2022 e vai chegar aos concessionários nacionais no mesmo ano.

Sabe responder a esta?
Quantos automóveis já produziu a Mercedes-Benz?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Mercedes-Benz já produziu 50 milhões de automóveis

Mais artigos em Notícias