Gen.Travel. Autónomo e sem volante para substituir aviões em viagens curtas

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Antevisão

Gen.Travel. Autónomo e sem volante para substituir aviões em viagens curtas

O Volkswagen Group Gen.Travel apresenta-se como uma alternativa aos voos de curta duração e conta com condução autónoma de nível 5.

Sem volante, com uma carroçaria diferente de tudo aquilo a que estamos habituados e um interior modular, o Volkswagen Group Gen.Travel é a visão do gigante alemão para o futuro da condução autónoma.

Curiosamente, não é um protótipo da marca Volkswagen, mas sim do Volkswagen Group. Por essa razão, não esperem encontrar o símbolo da Volkswagen neste protótipo.

Visualmente, o Gen.Travel destaca-se pelas suas formas peculiares que, segundo os designers do grupo alemão, fazem-no inserir-se numa nova categoria de veículos entre as berlinas e os MPV.

VEJAM TAMBÉM: Não é só o Audi skysphere. Há mais protótipos que “esticam e encolhem”
Volkswagen Gen.Travel vista traseira 3/4

Esteja este protótipo em que categoria estiver, no seu exterior o maior destaque acabam por ser as portas «asa de gaivota» e a imensa superfície vidrada. De resto, temos luzes LED, uma pintura bicolor e jantes aerodinâmicas.

Totalmente autónomo

O interior do Gen.Travel é marcado pelo facto deste protótipo contar com condução autónoma de nível 5, o nível máximo que permite ao automóvel assumir todos os aspetos da condução e abdicar do volante e restantes comandos que permitem ao condutor… conduzir.

Desta forma, o Gen.Travel apresenta um interior modular que tanto se pode apresentar com quatro lugares e uma mesa para viagens de negócios (o “Conference Setup”) como transformar dois lugares em duas camas para viagens mais longas (o “Overnight Setup”).

Volkswagen Gen.Travel vista lateral com as portas abertas

Para ajudar os passageiros a adormecer e combater os enjoos durante as viagens o protótipo do Volkswagen Group conta com iluminação ambiente dinâmica, uma solução que não nos admirávamos de ver em futuras propostas do grupo alemão.

VEJAM TAMBÉM: Manifesto. O laboratório rolante da Dacia que só tem um farol

Por fim, para as viagens em família o Gen.Travel conta com realidade aumentada para ajudar a entreter as crianças.

Elétrico, mas pronto para longas viagens

Segundo o Volkswagen Group o Gen.Travel é uma alternativa aos voos de curta duração. Para já não sabemos que motor elétrico ou baterias equipam este protótipo, mas já conhecemos alguns dos seus detalhes técnicos.

Um deles diz respeito à suspensão ativa eABC (“Electric Active Body Control”). Esta calcula os movimentos laterais e verticais em aceleração, travagem e em curva e otimiza o estilo de condução e a trajetória.

Volkswagen Gen.Travel tabliê
Um automóvel sem volante. Para o Volkswagen Group este pode muito bem vir a ser o futuro já na próxima década.

Para «esticar» a autonomia em viagens longas o Volkswagen Group aposta não só em inteligência artificial como em condução autónoma em caravana.

Apesar de não ter revelado quaisquer planos para passar o Gen.Travel para a produção, mas algumas das soluções presentes neste protótipo poderão chegar aos modelos de produção das marcas do Volkswagen Group.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi lançado o primeiro Volkswagen Golf R32?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Apenas com 25 000 km. Conduzimos o primeiro Volkswagen Golf R32

Mais artigos em Notícias