Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Vídeo

IONIQ 5. O primeiro teste em vídeo ao novo elétrico da Hyundai

O Guilherme foi a Valência, Espanha para um primeiro contacto com o novo crossover elétrico sul-coreano: o Hyundai IONIQ 5. Fiquem a conhecê-lo em pormenor.

Em Valência, Espanha

O novo Hyundai IONIQ 5, já disponível em Portugal, é o primeiro de uma nova geração de modelos elétricos do Hyundai Motor Group e parece efetivamente novo. Mesmo tendo em conta a sua aparência retro-futurista, parece vindo do futuro.

Tendo como “musa” o primeiro Hyundai Pony, a carroçaria do IONIQ 5 traz para os nossos dias formas, superfícies e proporções que parecem vindos diretamente da década de 70 e 80 (é forte a ligação às criações de Giorgetto Giugiaro, que também assina o primeiro Pony), reinterpretadas e combinadas com elementos decididamente progressivos e distintos.

Entre esses elementos temos as óticas dianteiras e traseiras que usam o pixel como mote visual (o elemento mais pequeno numa imagem digital) e que, apesar de remeter para uma estética um pouco distante no tempo, garante ao IONIQ 5 uma aparência marcadamente moderna e distinta face a outros modelos rivais.

VEJAM TAMBÉM: Q4 e-tron em vídeo. O 100% elétrico mais barato da Audi
Hyundai IONIQ 5

E-GMP, a nova plataforma exclusiva para elétricos

O Hyundai IONIQ 5 é o primeiro do grupo sul-coreano a recorrer à nova plataforma E-GMP, exclusiva para veículos elétricos — o Kia EV6 é o outro modelo já revelado assente sobre a mesma, e não falta muito para conhecermos os IONIQ 6 (versão de produção do Prophecy) e IONIQ 7 (SUV).

Como tem sido a regra, a E-GMP “arruma” a bateria — de 72,6 kWh no IONIQ 5 — na sua base e entre os eixos, que neste crossover estão afastados longos 3,0 m. As restantes dimensões deste crossover elétrico são igualmente generosas, como os 4,63 m de comprimento, 1,89 m de largura e 1,6 m de altura atestam.

Plataforma E-GMP
Plataforma E-GMP

Dimensões que garantem ao novo modelo cotas internas mais que generosas, complementadas por funcionalidades como bancos traseiros eletricamente deslizáveis ou o banco do condutor capaz de se transformar numa espécie de chaise longue — que o Guilherme soube tão bem aproveitar.

Aliás, a abundância de espaço que a E-GMP garante deve ter estado por detrás do mote “Smart Living Space” que regeu a concepção do interior. Este inspira-se nas habitações contemporâneas e nas amplas e luminosas salas de estar que as definem, revelando um interior de tons claros e minimalista, mas convidativo, relaxante e confortável.

VEJAM TAMBÉM: Ford Mustang Mach-E. Merece o nome? Primeiro teste (vídeo) em Portugal

Apenas uma versão para Portugal

A E-GMP permite ter um ou dois motores elétricos (um por eixo). No entanto, em Portugal, teremos acesso apenas a uma só configuração: motor traseiro de 160 kW (218 cv) e 350 Nm, associada a um só, mas muito completo, nível de equipamento. A lista de opcionais reduzi-se a dois equipamentos: um teto solar (que pode dar até 4 km adicionais de autonomia por dia) e à funcionalidade V2L (Vehicle to Load) em que podemos ligar o veículo a outro ou até uma casa, dando ao IONIQ 5 o papel de fornecedor de energia.

Os números tendem para o modesto, sobretudo quando constatamos que este crossover elétrico acusa praticamente duas toneladas, mas a disponibilidade imediata dos números que os motores elétricos permitem garantem prestações convincentes como os declarados 7,4s dos 0 aos 100 km/h.

IONIQ 5
VEJAM TAMBÉM: Testámos o Volkswagen ID.4 GTX, o elétrico para as famílias apressadas

Infelizmente não foi essa a versão que o Guilherme pôde conduzir em Valência para vos darmos um veredito com caráter mais definitivo — o IONIQ 5 que podem ver no vídeo conta com dois motores e 225 kW (306 cv), com prestações superiores (5,2s nos 0-100 km/h).

Descubra o seu próximo carro:

Ultrarrápido

Talvez mais relevante para um crossover mais focado no conforto do que na performance pura é a autonomia de 481 km que a bateria de 72,6 kWh garante e o acesso a carregamentos ultrarrápidos. A E-GMP vem com sistema elétrico de 800 V, só igualado pelo Porsche Taycan e, consequentemente, o Audi e-tron GT.

Hyundai IONIQ 5

Os 800 V permitem carregamentos ultrarrápidos, de até 350 kW, que quando devidamente aproveitados, faz com que não sejam precisos mais do que cinco minutos para adicionar 100 km de autonomia e 18 minutos são suficientes para carregar a bateria dos 0 aos 80%.

Já disponível em Portugal, o novo Hyundai IONIQ 5 vê o seu preço começar nos 50 990 euros.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi lançado o Hyundai S Coupe?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Ainda te lembras dos pequenos coupé dos anos 90?

Mais artigos em Testes, Primeiro Contacto