Fotos-espia

Novo Renault Kadjar “apanhado”. SUV francês promete mais ambição e eletrões

O novo Renault Kadjar deixou-se apanhar em fotos-espia durante o seu desenvolvimento. O que esperar da segunda geração do SUV francês?

Grandes responsabilidades para o sucessor do Renault Kadjar. No plano Renaulution apresentado no início do ano, Luca de Meo, o diretor executivo (CEO) do Grupo Renault, revelou a sua intenção de aumentar o peso dos segmentos C e D nas fortunas da marca do losango, onde os preços são mais elevados e as margens mais apetecíveis.

Uma das peças chave dessa estratégia residirá no novo Renault Kadjar. A geração atual não conseguiu refletir o sucesso do mais pequeno Captur, que não precisou de muito tempo para ascender ao topo do segmento. O Kadjar não só chegou tarde, como o arquirrival Peugeot 3008 — com muito mais estilo e qualidade percebida — acabou por o remeter para um papel secundário.

A próxima geração promete, assim, ser muito mais ambiciosa tanto ao nível da imagem, como dos objetivos comerciais.

VEJAM TAMBÉM: Nissan Qashqai. Tudo o que tens de saber, até o preço
Fotos-espia Renault Kadjar © Razão Automóvel

O que já sabemos do novo Renault Kadjar?

Começando pela sua aparência, e apesar da camuflagem que ainda mostra nestas fotos-espia, sabemos que o aspeto final será influenciado pelos mais recentes concepts da marca, sobretudo o Morphoz (em baixo). É de esperar uma face e uma assinatura luminosa bem mais distinta.

Por dentro espera-se uma revolução em relação ao modelo atual. O design interior deverá ser dominado por um ecrã de generosas dimensões ao alto (como tem sido a norma na Renault), complementado por um painel de instrumentos digital, apostando numa aparência mais limpa e em materiais de maior qualidade tátil.

Renault Morphoz
Renault Morphoz, 2020.

Tal como o atual, o novo Kadjar será tecnicamente próximo do novo Nissan Qashqai, assentando sobre a mesma plataforma CMF-C/D. Porém, será mais comprido que o Qashqai — especula-se que fique ligeiramente acima dos 4,5 m de comprimento — o que deverá refletir-se nas cotas internas.

Uma das novidades passa pelo número de carroçarias. Além da esperada versão de cinco lugares, haverá espaço para uma carroçaria de maiores dimensões, com sete lugares. Ou seja, um rival para o também bem sucedido Peugeot 5008 e outros, como o Skoda Kodiaq ou o prestes a ser revelado Jeep Compass de sete lugares, também já apanhado em fotos-espia, mas que deverá adotar um nome distinto.

Fotos-espia Renault Kadjar © Razão Automóvel

No plano das motorizações, o novo Renault Kadjar continuará a contar com o 1.3 TCe associado a um sistema mild-hybrid, mas pouco ou nada é possível de confirmar em relação às restantes motorizações.

Recentemente, a Renault anunciou que motorizações farão parte do seu futuro e sabemos que, a partir de 2025, haverá essencialmente duas motorizações a gasolina, mas com múltiplas versões a que corresponderão vários patamares de eletrificação: um três cilindros com 1.2 l de capacidade e um quatro cilindros com 1.5 l. Fica por saber é quando estas motorizações serão efetivamente introduzidas.

Por isso, só podemos especular. Tudo indica que as motorizações e-Power da Nissan a estrear pelo novo Qashqai na Europa deverão ficar limitadas aos modelos da marca japonesa. Mas sabe-se que o novo Kadjar também terá motorizações híbridas, sejam ou não de ligar à corrente — será que herdará as já existentes no Captur e Mégane? Ou introduzirá novas, já associadas aos novos motores de combustão?

A incerteza também paira sobre uma opção Diesel. De acordo com os planos da Renault, a partir de 2025, os únicos modelos a ter motor Diesel serão veículos comerciais. Poderá o novo Kadjar já prescindir do Diesel como o novo Qashqai já o fez?

Fotos-espia Renault Kadjar © Razão Automóvel
VEJAM TAMBÉM: Renault 4F. A carrinha que ajudou a revolucionar a Fórmula 1

Quando chega?

As respostas a todas estas perguntas saberemos durante 2022, altura em que o novo Renault Kadjar será revelado e lançado no mercado. Antes disso, no final de 2021, conheceremos a versão de produção do concept Mégane eVision, um crossover exclusivamente elétrico que poderá tomar o lugar definitivo do Mégane em poucos anos.

Sabe responder a esta?
Qual a potência máxima combinada do MINI Countryman PHEV (híbrido plug-in)?

Mais artigos em Notícias