Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Vídeo

Renault Arkana E-TECH Hybrid (2022). O primeiro neste segmento

Com o Arkana a Renault "adiantou-se à concorrência" e lançou o primeiro SUV "Coupé" de uma marca generalista na Europa. Neste vídeo damo-lo a conhecer.

Em Guincho, Portugal

Originalmente destinado ao mercado russo, o Renault Arkana acabou por chegar ao mercado europeu, tal como muitos esperavam que acontecesse. Pelo “caminho” tornou-se no primeiro SUV “Coupé” de uma marca generalista a ser oferecido no “Velho Continente”, adiantando-se ao Volkswagen Taigo.

Primeiro modelo da ofensiva “Renaulution”, o Arkana foi desenvolvido com base na plataforma CMF-B, a mesma que é usada pelos novos Clio e Captur, mas é bem mais do que apenas um Captur com outras linhas.

Com melhores cotas de habitabilidade, este apresenta-se com uma generosa bagageira que ascende aos 480 litros de capacidade nas versões híbridas plug-in e aos 513 litros nas variantes mild-hybrid.

A NÃO PERDER: Duo, Bento e Hippo. Os 3 modelos da nova marca de mobilidade da Renault

Esteticamente o “ar de família” é evidente, enquanto no interior são vários os pontos em comum com o Captur, destacando-se o painel de instrumentos digital com 4.2”, 7” ou 10.2”, consoante a versão escolhida, e o ecrã central tátil que pode assumir dois tamanhos: 7” ou 9.3”.

Eletrificar é a ordem

No total a gama do Renault Arkana apresenta-se com três motorizações, todas elas eletrificadas: uma versão híbrida convencional e duas com tecnologia mild-hybrid de 12V. A unidade testada pelo Guilherme Costa era precisamente a “campeã da economia” da gama do SUV gaulês, a versão E-Tech Hybrid, que no nível de equipamento R.S. Line testado custa 37 800 euros.

Equipada com a mesma mecânica híbrida do Clio E-Tech, esta junta um motor 1.6l atmosférico a gasolina e dois motores elétricos alimentados por uma bateria com 1,2 kWh de capacidade localizada por baixo da mala. O resultado é uma potência combinada de 145 cv, que é gerida pela revolucionária caixa de velocidades multi-modos sem embraiagem e sincronizadores que a Renault desenvolveu com base na experiência adquirida na Fórmula 1.
Renault Arkana

Com consumos anunciados de 4,9 l/100 km, como nos revela o Guilherme ao longo do vídeo, esta versão é capaz de fazer “um pouco melhor do que isso”. Quanto às restantes qualidades deste Renault Arkana, o que vos aconselho é que vejam o vídeo pois por lá o Guilherme dá-vos a conhecer em pormenor o novo SUV da Renault.

Descubra o seu próximo carro:

Sabe responder a esta?
Em que ano é que a Renault obteve a sua primeira vitória na Fórmula 1?

Mais artigos em Testes