Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Motores

BMW volta a confirmar. Motores de combustão interna são para continuar a desenvolver

Ao contrário da Audi e da Mercedes-Benz, a BMW está apostada em continuar a investir no desenvolvimento de motores de combustão interna.

Depois da Mercedes-Benz e da Audi anunciarem que vão abandonar o desenvolvimento de novos motores de combustão, foi a vez da BMW se pronunciar sobre o assunto, confirmando, mais uma vez, que não tem qualquer intenção de deixar de desenvolver novos motores de combustão interna.

É Oliver Zipse, diretor executivo da BMW, quem o diz, citado por Phil LeBeau, repórter da CNBC, reforçando aquilo que já nos tinha dito há cerca de um ano, em entrevista, quando afirmou: “Só deixaremos de fabricar motores quando não houver mais clientes a quem os vender”.

Ainda assim, este acaba por ser um anúncio algo surpreendente. Além das decisões tomadas pelas rivais Mercedes-Benz e Audi, uma das marcas do Grupo BMW, a MINI, acaba de anunciar que se prepara para abandonar os motores de combustão, tendo confirmado que o seu último modelo com este tipo de motor chega em 2025. A partir daí a marca britânica só lançará modelos 100% elétricos.

A NÃO PERDER: Audi não vai desenvolver mais motores de combustão interna
BMW M4 Competition
BMW M4 Competition © Diogo Teixeira / Razão Automóvel

A visão de Oliver Zipse para a BMW é bem diferente, já que o dirigente alemão acredita que “a procura de veículos com motores de combustão interna vai continuar sólida durante muitos anos”.

Mas apesar desta crença, a marca de Munique não planeia ser uma mera espectadora da transformação elétrica pela qual a indústria automóvel está a passar e também tem fortes ambições nesse capítulo, já que espera que metade das suas vendas em 2030 sejam de automóveis elétricos.

Recorde-se que a marca germânica acaba de apresentar o i4 e o iX, dois modelos 100% elétricos que vão chegar ao mercado ainda este ano e juntar-se ao crescente portfólio de modelos movidos exclusivamente a eletrões da BMW, que já conta com o compacto i3 e com o SUV iX3.

VEJA TAMBÉM: Este é o novo BMW M5 CS. O mais potente BMW de sempre

Mas como Markus Duesmann, diretor geral da Audi, fez questão de lembrar recentemente, quando revelou que a marca dos quatro anéis não vai voltar a desenvolver novos motores de combustão interna (limitando-se a atualizar as unidades Diesel e gasolina existentes), nem todos os mercados são tão otimistas quanto aos elétricos — ou tão capazes de os suportar — quanto o europeu, pelo que os motores de combustão vão continuar a ser importantes, sobretudo fora do velho continente.

Sabe responder a esta?
Qual a potência do BMW 1M Coupé?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

BMW 1M Coupé de Jay Kay vai a leilão
Em cheio!!
Vá para a próxima pergunta

ou leia o artigo sobre este tema:

BMW 1M Coupé de Jay Kay vai a leilão

Mais artigos em Notícias