Apresentação

Fica a saber tudo o que mudou no renovado Kia Rio

O Kia Rio renovou-se e se esteticamente as mudanças são discretas debaixo do capot e em termos tecnológicos há muitas novidades. Fica a conhecê-las.

Lançada em 2016, a quarta geração do Kia Rio foi agora alvo de um restyling. O objetivo? Assegurar a competitividade da proposta sul-coreana num segmento que em menos de um ano viu chegar os novos Renault Clio, Peugeot 208, Opel Corsa, Toyota Yaris ou Hyundai i20.

No capítulo estético as alterações são discretas, sendo os maiores destaques a nova grelha “nariz de tigre” (mais estreita), o novo para-choques dianteiro com novos faróis de nevoeiro e os também novos faróis LED.

No interior as mudanças também foram discretas em relação ao seu aspeto. Assim, para além de novos materiais, as grandes novidades são o ecrã de 8” para o sistema de infotainment e o ecrã de 4,2” presente no painel de instrumentos.

VÊ TAMBÉM: O Kia Picanto foi renovado e já foi apresentado na… Coreia
Kia Rio

Tecnologia em alta

Associado ao ecrã de 8” surge o novo sistema de info-entretenimento UVO Connect “Phase II” que visa melhorar a interação e conetividade do utilitário sul-coreano.

Ainda no campo da conetividade, o novo Kia Rio conta com Bluetooth e com os “obrigatórios” Android Auto e Apple Car Play, que neste caso podem ser emparelhados sem fios.

Já no campo da segurança, o Rio conta com sistemas como o “Lane Following Assist”, “Rear Collision-avoidance Assist”, “Leading vehicle Departure Alert” e o “Blind-Spot Collision-Avoidance Assist” .

Já o Assistente anti-colisão frontal com travagem autónoma passou a ser capaz de detetar ciclistas, para além de peões, e está também disponível um cruise control inteligente.

VÊ TAMBÉM: A Kia Ceed Sportswagon híbrida plug-in chegou a Portugal e já tem preço
Kia Rio

Eletrificação é a maior novidade

Se esteticamente pouco mudou, o mesmo não aconteceu em termos mecânicos, com o Kia Rio a tornar-se no primeiro modelo da marca a recorrer a uma mecânica mild-hybrid a gasolina.

Designada EcoDynamics+, esta mecânica conjuga o 1.0 T-GDi com um sistema elétrico de 48 V. Segundo a Kia, esta motorização permitiu reduzir as emissões de CO2 entre 8,1 e 10,7% (NEDC, ciclo combinado) face aos motores da série Kappa que veio substituir.

No que à potência diz respeito, temos dois níveis: 100 cv e 120 cv (os mesmos valores apresentados pelas mecânicas anteriores). No entanto, no caso da variante de 120 cv, o binário é 16% superior alcançado agora os 200 Nm.

VÊ TAMBÉM: Tudo o que precisas de saber sobre o novo Kia Sorento
Kia Rio

Para além de estrear a tecnologia mild-hybrid a gasolina na gama Kia, o renovado Rio estreia ainda na marca sul-coreana a caixa manual inteligente (iMT) de seis velocidades também usada pelo Hyundai i20.

Para além da variante mild-hybrid, o Kia Rio vai contar com mais dois motores: o 1.0 T-GDi com 100 cv que agora surge associado a uma caixa manual de seis velocidades ou automática de dupla embraiagem e sete velocidades e um 1.2 l com 84 cv.

Com lançamento previsto para o terceiro trimestre de 2020, ainda não se sabe quanto é que o renovado Kia Rio deverá custar em Portugal nem quando é que estará disponível no nosso mercado.


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Sabes responder a esta?
Qual é a capacidade da bagageira do Kia Niro HEV?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Mais competitivo? Testámos o renovado Niro HEV, o crossover híbrido da Kia

Mais artigos em Notícias