Emissões

Culpem as emissões. Europa diz adeus aos BMW M2 e M760Li ainda este ano

É o adeus aos BMW M2 Competition, BMW M2 CS e BMW M760i xDrive ainda este ano, mas apenas no continente europeu. Culpem as emissões.

Os BMW M4 já tinham visto a sua produção ser descontinuada recentemente. Ao recorrer ao mesmo motor S55, o seis cilindros em linha biturbo do M4, também é altura de nos prepararmos para dizer adeus aos BMW M2 Competition e BMW M2 CS na Europa durante o próximo outono.

Culpe-se as normas de emissões cada vez mais rígidas, por um lado, e também as infames 95 g/km de CO2 por outro, que obriga os construtores de automóveis a usar e abusar da calculadora para que as contas batam certo no final do ano e assim evitar as potenciais e avultadas multas.

Além do par de M2, também o BMW M760Li xDrive despede-se de nós este ano. O topo de gama do… topo de gama Série 7, o último da marca bávara a estar equipado com um nobre V12 (N74), deverá deixar de estar disponível na mesma altura que o compacto coupé.

VÊ TAMBÉM: Vem aí o primeiro BMW M3 com tração integral, mas o RWD não foi esquecido

V12… o adeus para sempre?

Tendo em conta os baixos números de vendas do M760Li xDrive, o investimento necessário para o N74 ficar em conformidade com os regulamentos é injustificável.

Além do mais, após ter recebido filtros de partículas para fazer face ao WLTP, o V12 viu a sua potência descer dos 612 cv para os 585 cv. Ao mesmo tempo vimos a introdução de uma evolução do N63, o 4.4 V8 biturbo que equipa vários BMW, onde se inclui o 750i xDrive, que viu a sua potência ascender aos 530 cv, com pouco a separar os dois em performance.

Este poderá ser o adeus definitivo de um BMW com motor V12… bem, pelo menos na Europa. Prevê-se que o atual V12 (N74) mantenha-se em comercialização durante mais alguns anos noutras partes do mundo, onde as normas de emissões não são tão restritivas como no “velho continente”.

TENS DE VER: Berlinas topo de gama elétricas. O que reserva o futuro?

O destino final do V12, independentemente disso, parece estar traçado. São vários os rumores que apontam para o lugar ocupado atualmente pelo M760Li xDrive ser tomado por uma variante 100% elétrica da nova geração do Série 7 em 2022.

M2 regressará com nova geração

Tal como o M760Li, o adeus aos BMW M2 Competition e BMW M2 CS será também prematuro na Europa, prevendo-se que continuem em comercialização noutros mercados. Ao contrário do M760Li xDrive — felizmente — pelo menos está confirmado um sucessor para o M2.

A próxima geração do Série 2 Coupé (G42) está prevista chegar ao mercado em 2021, pelo que a próxima geração do M2 (G87) chegará mais tarde, ao que tudo indica, em 2022. Tal como o M2 atual, a nova geração recorrerá ao mesmo motor dos (também) futuros M3 e M4, o novo motor S58 — este foi revelado o ano passado nos inéditos X3 M e X4 M.


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Sabes responder a esta?
Quantos cilindros tinha o motor do BMW 767iL “Goldfisch”?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

BMW 767 iL “Goldfisch”. O derradeiro Série 7 com um colossal V16

Mais artigos em Notícias