Salão de Los Angeles 2018

e-tron GT concept é o Porsche Taycan da Audi

Depois de há uns dias o termos visto camuflado, aqui está a versão oficial. O Audi e-tron GT concept antevê um futuro concorrente para o Tesla Model S.

A Audi está apostada em criar uma gama completa de modelos elétricos e o Audi e-tron GT concept é a antevisão do seu terceiro modelo. Depois de já o termos visto camuflado, a Audi mostrou ao público no Salão de Los Angeles a sua potencial resposta ao Tesla Model S.

Com um design que não esconde a proximidade com o Audi A7, está previsto que o e-tron GT concept comece a ser produzido em 2020. Quando chegar ao mercado, daqui a dois anos, o e-tron GT será o terceiro modelo da gama de elétricos da Audi, que conta com o crossover e-tron, já lançado, e para o ano veremos o e-tron Sportback.

De acordo com o chefe de design da Audi, Marc Lichte, o protótipo agora conhecido está próximo do modelo de produção, e não é difícil perceber porquê. Se tirarmos alguns “excessos” típicos de um protótipo de salão, o e-tron GT concept é como se estivesse pronto a entrar em produção, com um visual que se enquadra totalmente na filosofia de design da marca alemã.

Audi e-tron GT concept
VÊ TAMBÉM: Audi e-tron vai chegar atrasado. Porquê?

Audi e-tron GT concept partilha base com… Porsche Taycan

A base à qual o Audi e-tron GT concept recorre é a mesma utilizada pelo Porsche Taycan. Esta permite o recurso a baterias planas, que no caso do e-tron GT ocupam a totalidade do espaço existente entre os eixos, dando-lhe um centro de gravidade tão baixo como o do Audi R8.

"O Porsche Taycan vai ter um carácter completamente diferente. Tentámos ao máximo diferenciá-los. Os engenheiros da Porsche e da Audi estiveram sempre em contacto ao longo do projeto"

Stefan Holischka, diretor de marketing de produto da Audi Sport

Para dar vida ao e-tron GT concept a Audi equipou-o com dois motores elétricos, um em cada eixo. Estes motores, ambos síncronos, debitam uma potência combinada de 597 cv (434 kW). Como é óbvio, por ter um motor em cada eixo o Audi e-tron GT concept conta com tração integral.

Audi e-tron GT concept

Em termos de prestações, a Audi estima um valor de aceleração dos 0 aos 100 km/h na casa dos 3,5s e de 0 aos 200 km/h de cerca de 12s. Já a velocidade máxima está limitada aos 240 km/h para maximizar a autonomia.

"A aceleração não é importante. O que é importante é que seja possível reproduzir essa aceleração cinco, seis e sete vezes seguidas."

Stefan Holischka, diretor de marketing de produto da Audi Sport

Quanto à autonomia, a Audi anuncia que o e-tron GT concept é capaz de alcançar valores acima dos 400 km. Para isso, conta com uma bateria de iões de lítio com 90 kWh de capacidade. Para além disso, o sistema de recuperação de energia do Audi e-tron GT concept é capaz de aumentar a autonomia até 30%.

VÊ TAMBÉM: Dieta cara. Menos 18 kg custam mais de 66 mil euros no Ford GT

Carregar as baterias não é um problema

Para recarregar a bateria utilizada pelo Audi e-tron GT concept pode-se recorrer a um cabo ou a um sistema de indução, graças ao sistema Audi Wireless Charging. Neste sistema um campo magnético alternado permite carregar a bateria, tendo uma capacidade de carga de 11 kW.

VÊ TAMBÉM: Farto de cabos nos veículos elétricos? Carregamento por indução está para breve

Já o método mais “convencional”, permite um carregamento mais rápido, uma vez que o Audi e-tron GT concept está equipado com um sistema de 800 V. Graças a isto é possível carregar até 80% da bateria do e-tron GT concept em cerca de vinte minutos, ganhando assim uma autonomia de cerca de 320 km. Para além disto é possível recarregar a bateria em postos de carregamento convencionais

Por dentro do Audi e-tron GT concept

Dentro do protótipo da Audi, apesar do aspeto tecnológico, volta a ser notória a proximidade com o futuro modelo de produção. Integrado no tablier surge um ecrã tátil que quando não está a ser usado se “esconde” dentro do dito. Já o volante é plano tanto na parte superior como na inferior, característica presente apenas nos modelos RS elétricos.

A bagageira conta com 450 l de capacidade (é equivalente à de um Audi A4) e, como não há motor à frente, debaixo do capot estão disponíveis mais 100 l de capacidade.

Com chegada prevista para 2020, o futuro Audi e-tron GT deverá ser produzido na fábrica alemã de Böllinger Höfe, onde atualmente é produzido o… Audi R8. Obviamente que ainda não há dados relativos ao preço do futuro topo de gama dos modelos elétricos da Audi.

Subscreve o nosso canal de Youtube.

Sabes responder a esta?
Qual é a potência do Audi SQ2?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Com 300 cv e quattro, eis o novo Audi SQ2
Em cheio!!
Vai para a próxima pergunta

ou lê o artigo sobre este tema:

Com 300 cv e quattro, eis o novo Audi SQ2

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos