Lista

TOP 12: os principais SUV presentes em Genebra

Fica a conhecer os principais SUV que não passaram despercebidos no Salão de Genebra.

Foram várias as marcas que marcaram presença no certame helvético com o segmento mais disputado do mercado: os SUV.

Não só de desportivos, mulheres bonitas e carrinhas se tratou o certame helvético. Num mercado cada vez mais renhido, as marcas decidiram apostar no segmento mais disputado do mercado: os SUV.

Potentes, económicos ou híbridos…há para todos os gostos!

Audi Q2

Audi Q2

Claramente inspirado nos seus irmãos maiores, o Q2 adiciona uma tónica mais jovem à gama de SUV’s da Audi graças ao seu design. Um modelo que recorre à plataforma MQB do Grupo Volkswagen e que terá na sua gama de motores um forte aliado comercial, nomeadamente no motor 1.0 TFSI de 116cv que deverá permitir ao Audi Q2 ser vendido a um preço muito convidativo no mercado nacional.

Audi Q3 RS

Audi Q3 RS

A Audi apostou numa série de inovações técnicas que imprimem cada vez mais performance ao SUV alemão. O design exterior presta homenagem aos típicos detalhes dos modelos RS – pára-choques mais arrojado, grandes entradas de ar, um difusor proeminente na parte traseira, uma grelha em black gloss e inúmeros detalhes em titânio, incluindo as jantes de 20 polegadas. O motor 2.5 TFSI viu a sua potência aumentada para os 367cv e 465 Nm de binário máximo. Valores que fazem o Audi Q3 RS alcançar os 100 km/h em apenas 4,4 segundos. A velocidade máxima fixa-se nos 270 km/h.

VER TAMBÉM: Votação: qual é o melhor BMW de sempre?

Ford Kuga

Ford-Kuga-1

O SUV norte-americano conta uma atualização estética e técnica, destacando-se pela introdução de uma nova motorização 1.5 TDCi com 120cv.

Kia Niro

Kia Niro

Kia Niro é a primeira aposta da marca no mercado híbrido crossover. O modelo sul-coreano alia 103cv proveninentes de um motor 1.6l a gasolina, a um motor elétrico de 32 kWh (43cv), que debitam uma potência combinada de 146cv. As baterias que equipam o crossover são de polímetros de iões de lítio e para ajudar à desenvoltura citadina. A plataforma será a mesma que a Hyundai vai utilizar no IONIQ, bem como a caixa DCT e motor.

Maserati Levante

Maserati_Levante

O novo SUV da Maserati tem por base uma versão mais evoluída da arquitetura do Quattroporte e do Ghibli. No interior, a marca italiana investiu nos materiais de alta qualidade, sistema Maserati Touch Control e espaço dentro do habitáculo – incrementado pelo teto panorâmico – enquanto que no exterior a aposta foi nas formas elegantes e design do estilo coupé, para uma  melhor eficácia aerodinâmica. Debaixo do capot, o Levante é animado por um motor a gasolina V6 twin-turbo de 3,0 litros, com 350 cv ou 430 cv, e por um V6 turbodiesel de 3,0 litros e 275 cv. Ambos os motores interagem com um sistema de tracção integral inteligente “Q4” e com uma caixa automática de 8 velocidades.

Em termos de prestações, na variante mais potente (430cv), o Levante cumpre as acelerações dos 0 aos 100 km/h em 5,2 segundos e alcança uma velocidade máxima de 264 km/h. O preço anunciado para o mercado português é de 106.108 euros.

VER TAMBÉM: Mais de 80 novidades no Salão de Genebra

Mitsubishi eX Concept

Mitsubishi-EX-Concept-front-three-quarter

O eX Concept é alimentado por um sistema elétrico, que utiliza uma bateria de alto rendimento e dois motores elétricos (dianteiro e traseiro), ambos de 70 kW, que se diferenciam pelo baixo peso e eficiência. A marca promete uma autonomia em redor de 400 quilómetros, com a instalação das baterias de 45 kWh debaixo do chassis para baixar o centro do gravidade. A nova aposta da Mitsubishi permite escolher três modos de condução: Auto, Neve e Gravilha.

Opel  Mokka X

Opel Mokka X

Mais aventureiro que nunca, o Opel Mokka X destaca-se da versão anterior pelas alterações na grelha horizontal, que agora se apresenta em forma de asa – com um design mais trabalhado, abdicando de alguns plásticos presentes na geração anterior e luzes LED diurnas que acompanham a nova “asa” dianteira. As luzes LED traseiras (opcional) sofreram pequenas alterações estéticas, acompanhando assim, a dinâmica das luzes frontais. A letra “X”, é a representação do sistema de tração integral adaptativo que envia o binário máximo para o eixo dianteiro ou faz a divisão 50/50 entre os dois eixos, dependendo das condições do piso. Há também uma nova motorização: um bloco 1.4 Turbo a gasolina capaz de debitar 152cv herdado do Astra. Contudo, a «estrela da companhia» no mercado nacional continuará a ser o motor 1.6 CDTI.

Peugeot 2008

Peugeot 2008

Peugeot 2008 chegou a Genebra de cara renovada, após três anos no mercado sem sofrer qualquer alteração. A grelha dianteira foi revista, pára-choques melhorados, tejadilho redesenhado e novas luzes LED com um efeito tridimensional (luzes traseiras). Houve ainda espaço para um um novo sistema de infoentretenimento MirrorLink de 7 polegadas compatível com o Apple CarPlay. O novo Peugeot 2008 continua a usar as mesmas motorizações, com uma nova caixa automática de seis velocidades a surgir como opcional.

Seat Ateca

Seat_ateca_GenebraRA

Face à dificuldade de uma marca lançar-se num novo segmento, o Seat Ateca foi o modelo escolhido para a missão. Plataforma MQB, motores de última geração, design feliz e tecnologia em linha com as melhores ofertas do mercado. Aparentemente o Ateca tem tudo para vencer neste segmento tão competitivo.

A oferta dos motores Diesel começa no 1.6 TDI com 115 CV. O 2.0 TDI está disponível com 150 CV ou 190 CV. Os valores de consumo oscilam entre os 4.3 e os 5.0 litros/100 km (com valores de CO2 entre os 112 e 131 gramas/km). O motor de entrada nas versões a gasolina é o 1.0 TSI com 115 CV. O 1.4 TSI traz a desativação de cilindros em regimes de carga parcial e debita 150 CV. Os motores TDI e TSI com 150 CV estão disponíveis com DSG ou tração integral, enquanto o TDI de 190 CV recebe de série a caixa DSG.

Skoda VisionS

Skoda VisionS

VisionS Concept combina a aparência futurista – integra uma nova linguagem da marca com influência nos movimentos artísticos do século XX – com o utilitarismo – três filas de bancos e até sete pessoas a bordo.

O SUV Skoda VisionS integra uma motorização híbrida com um total de 225cv, que consiste num bloco 1.4 TSI a gasolina e um motor elétrico, cuja potência é transmitida às rodas dianteiras através de uma transmissão de dupla embraiagem DSG. A impulsionar as rodas traseiras existe um segundo motor elétrico.

Quanto às prestações, demora 7.4 segundos na aceleração dos 0 aos 100km/h, enquanto que a velocidade máxima é de 200km/h. Os consumos anunciados pela marca são de 1.9l/100km e a autonomia no modo elétrico é de 50km.

Toyota C-HR

Toyota C-HR (10)

22 anos após o lançamento do RAV4, a Toyota ambiciona voltar a deixar a sua marca no segmento SUV com o lançamento do novo C-HR – um SUV híbrido de design desportivo e arrojado como há muito não víamos na marca nipónica.

O Toyota C-HR será o segundo veículo da mais recente plataforma TNGA – Toyota New Global Architecture – inaugurada pelo novo Toyota Prius, e como tal, ambos deverão partilhar componentes mecânicos, a começar pela motorização híbrida 1.8 litros com uma potência combinada de 122 cv.

A NÃO PERDER: Mulheres nos salões de automóveis: sim ou não?

Volkswagen T-Cross Breeze

Volkswagen T-Cross Breeze

Trata-se de um modelo que pretende ser uma interpretação descomplexada daquilo que será a versão de produção, que como já se sabia vai utilizar uma variante mais curta da plataforma MQB – a mesma que será utilizada na produção do próximo Polo – posicionando-se abaixo do Tiguan.

A grande surpresa é mesmo a arquitectura cabriolet, que torna o SUV  T-Cross Breeze numa proposta ainda mais out of the box. No exterior, o novo concept adoptou as novas linhas de design da Volkswagen, com destaque para os faróis LED. Já no interior, o T-Cross Breeze mantém a sua veia utilitária com quase 300 litros de espaço na bagageira e um painel de instrumentos minimalista.

A Volkswagen investiu num motor 1.0 TSI com 110 cv de potência e 175 Nm de binário, que surge associado a uma caixa automática DSG de dupla embraiagem com sete velocidades e um sistema de tracção dianteira.

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos