Hyundai IONIQ, a evolução nos veículos híbridos

A marca sul-coreana promete que o Hyundai IONIQ foi criado para proporcionar uma condução mais dinâmica, distinta dos outros veículos híbridos do mercado.

O Hyundai IONIQ apresenta-se com um chassis desenvolvido especificamente para receber motorizações híbridas. Em termos de construção, ao combinar aço de alta resistência com alumínio muito leve, permite ao Hyundai IONIQ ser 12,6 kg mais leve.

Com a premissa de proporcionar uma condução mais dinâmica relativamente aos outros veículos híbridos do mercado – entre eles, o Toyota Prius – as baterias de iões de lítio Hyundai IONIQ foram posicionadas numa zona baixa e frontal, o que permite alcançar um centro de gravidade baixo, elevada capacidade de resposta e estabilidade nas curvas. Neste aspeto, a caixa de dupla embraiagem (DCT) também auxilia.

RELACIONADO: Genesis é a nova marca de luxo da Hyundai

A gama completa do Hyundai IONIQ apresentará três opções de motorização: híbrida, híbrida “plug-in” e elétrica. O novo motor 1.6litros Kappa GDI, desenvolvido exclusivamente para os motores híbridos da marca sul-coreana, combinado com o motor elétrico magnético, proporciona uma potência máxima de 105cv e 43,5cv – motor a gasolina e motor elétrico, respetivamente.

Rag Jung, Diretor de Gestão de Projetos no centro de I&D da Hyundai Motor, afirmou:

“O IONIQ incorpora o “New Thinking” da Hyundai e revela uma ambição ousada para o futuro. Esta geração de veículos híbridos dedicados será o ponto de partida para a nossa mobilidade futura.”

A NÃO PERDER: Conhece as novidades reservadas para o Salão de Genebra

A eficiência de 95,7% na transmissão, líder na sua classe, proporciona uma resposta rápida, um excelente desempenho da aceleração e uma engrenagem suave, o que ao somar à eficiência do híbrido, irá proporcionar, como já tínhamos mencionado, uma condução distinta dos concorrentes do mercado.

Hyundai IONIQ-1

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos