Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Desde 18 550 euros

Dacia Duster ECO-G (GPL). Com o preço dos combustíveis em alta, será este o Duster ideal?

Recentemente renovado, o Dacia Duster tem na versão ECO-G, bi-fuel, a sua variante mais frugal. A versão ideal para lidar com os custos de combustível?

Falar do Dacia Duster é falar de um modelo versátil, bem sucedido (conta com quase dois milhões de unidades vendidas) e, desde sempre, focado na economia, ainda mais nesta versão ECO-G (bi-fuel, que funciona a gasolina e GPL).

Frugal no preço, o SUV romeno tem no GPL o «aliado» ideal para poupar a carteira de quem por ele optar, sobretudo nesta período em que o preços dos combustíveis tem atingido máximos históricos.

Mas será que a poupança prometida no papel se verifica no «mundo real»? Será esta a versão mais equilibrada do Duster ou as variantes a gasolina e Diesel são melhores opções? Pusemos o Dacia Duster 2022 à prova e percorremos mais de 1000 km para dar resposta a todas estas perguntas,

A NÃO PERDER: Testámos o Dacia Sandero ECO-G (GPL). Muito mais que um “preço-canhão”
Dacia Duster Eco-G
Na traseira temos novos farolins e um discreto spoiler. © Fernando Gomes / Razão Automóvel. Edição: © Thom V. Esveld / Razão Automóvel

O que mudou no Dacia Duster 2022?

Por fora, e tal como disse o Guilherme quando o foi conhecer a França, o renovado Duster pouco mudou e, a meu ver, ainda bem que o fez.

Assim, ao visual robusto típico do Duster vieram juntar-se alguns pormenores que aproximaram o estilo do SUV romeno ao das mais recentes propostas da Dacia: os novos Sandero e Spring Electric.

Assim sendo temos faróis dianteiros com a assinatura luminosa em “Y”, uma nova grelha cromada, piscas em LED, um novo spoiler traseiro e novos farolins.

Já no interior às qualidades que reconheci ao Duster da última vez que o conduzi junta-se, acima de tudo, o novo sistema de infoentretenimento. Fácil e intuitivo de usar, este assenta num ecrã de 8” e é a prova de que não é preciso inúmeros submenus para ter um sistema completo, sendo compatível, como é expectável hoje em dia, com o Apple CarPlay e Android Auto.

As emissões de carbono deste teste serão compensadas pela BP
Saiba como pode compensar as emissões de carbono do seu automóvel Diesel, gasolina ou GPL.

Nesta variante a GPL, a Dacia ofereceu-lhe ainda o mesmo comutador usado no Sandero (o antigo era aftermarket). Além disso, o computador de bordo passou a indicar-nos as médias de consumos a GPL, comprovando que a Dacia ouviu as “críticas” de quem andava com esta versão.

Quanto ao espaço e ergonomia do interior do Duster, não houve mudanças: o espaço é mais do que suficiente para uma família e a ergonomia está num bom plano (tirando o posicionamento de alguns comandos, mas que são pouco usados no dia a dia).

A NÃO PERDER: Nissan Juke Enigma testado. Será que ainda tem algo a esconder?

Por fim, apesar da proliferação de materiais duros, o Duster continua a merecer elogios no campo da montagem, cuja robustez fica evidenciada quando o levamos por maus caminhos e não somos presenteados com uma «sinfonia» de ruídos parasita como alguns poderiam esperar num modelo cujo preço baixo é um dos argumentos.

Dacia Duster
O depósito de GPL não roubou sequer um litro de capacidade da bagageira que oferece uns muito utilizáveis 445 litros (pareceram-me mais tantas foram as coisas que lá consegui transportar). © Fernando Gomes / Razão Automóvel. Edição: © Thom V. Esveld / Razão Automóvel

Ao volante do Duster ECO-G

Também na mecânica bi-fuel não se registaram alterações, sendo a única exceção o facto de o depósito de GPL ter visto a sua capacidade subir para os 49,8 litros.

LEIAM TAMBÉM: Testámos o Fiat Panda Sport. O citadino faz justiça à designação?

Posto isto, não vos vou dizer que o 1.0 l de três cilindros com 101 cv e 160 Nm (170 Nm quando consome GPL) é o derradeiro exemplo de pujança e prestações, porque não o é. Contudo, também não se esperava que fosse, mas revela-se mais que suficiente numa utilização normal.

Descubra o seu próximo carro:

A caixa manual de seis velocidades tem um escalonamento curto que permite explorar bem todas as potencialidades do motor e facilmente mantemos velocidades de cruzeiro em autoestrada. Já se quisermos poupar, o modo “ECO” atua sobre a resposta do motor, mas o melhor mesmo é usá-la quando não temos pressa.

VEJAM TAMBÉM: Toyota Yaris Cross. Primeiro teste em Portugal e todos os preços

No campo dinâmico, o que o Duster «perde» no asfalto — local onde se mostra honesto, previsível e seguro, mas longe de ser interativo ou entusiasmante — «ganha» nos caminhos de terra, mesmo nesta variante apenas com tração dianteira. Para tal muito contribui a elevada altura ao solo e a suspensão capaz de «devorar» irregularidades sem queixumes.

Dacia Duster
Simples mas completo, o sistema de infoentretenimento conta com Apple CarPlay e Android Auto. © Fernando Gomes / Razão Automóvel. Edição: © Thom V. Esveld / Razão Automóvel

Vamos às contas

Ao longo deste teste e sem quaisquer preocupações com os consumos a média andou pelos 8,0 l/100 km. Sim, é um valor superior aos 6,5 l/100 km de média que consegui em iguais circunstâncias a andar a gasolina, mas é aí que temos de fazer contas.

A NÃO PERDER: Impostos sobre os combustíveis. Desde 2015 a Taxa de Carbono mais do que quadruplicou

À data de publicação deste artigo o litro do GPL (e apesar das constantes subidas) custa, em média, 0,899 €/l. Tendo em conta o consumo registado de 8,0 l/100 km, percorrer 15 mil quilómetros num ano custa cerca de 1068 euros.

Já percorrer a mesma distância a consumir a gasolina, assumindo um custo médio deste combustível de 1,801 €/l e uma média de 6,5 l/100 km, fica em cerca de 1755 euros.

Dacia Duster
Pode parecer um «bicho de sete cabeças», mas abastecer GPL não tem nada de complicado e permite poupar bastante. © Fernando Gomes / Razão Automóvel. Edição: © Thom V. Esveld / Razão Automóvel

É o carro certo para si?

Tal como disse há cerca de um ano e meio quando andei com o Duster pré-restyling, o modelo romeno até pode não ser o mais refinado, o mais bem equipado, o mais potente, veloz ou bem comportado do segmento, mas a sua relação custo/benefício se não é imbatível, está muito próximo disso.

Esta versão a GPL apresenta-se como a proposta ideal para quem, como eu, «devora» quilómetros todos os dias e quer usufruir de um combustível que, pelo menos por enquanto, vai sendo consideravelmente mais barato.

Dacia Duster © Fernando Gomes / Razão Automóvel. Edição: © Thom V. Esveld / Razão Automóvel

A juntar a tudo isto temos um SUV espaçoso, confortável e que é dos poucos que não tem medo de «sujar as sapatilhas engraxadas», mesmo sem contar com tração às quatro rodas. Pena é que seja «vítima» da questionável classificação de classes nas portagens das autoestradas nacionais, que obriga a optar pela Via Verde para ser classe 1.

Preço

unidade ensaiada

19.100

Versão base: €18.550

IUC: €138

Classificação Euro NCAP:

  • Motor
    • Arquitectura: 3 cilindros em linha
    • Capacidade: 999 cm3
    • Posição: Dianteira transversal
    • Carregamento: Injeção direta + turbo + intercooler
    • Distribuição: 2 a.c.c., 4 válvulas/cilindro
    • Potência: 101 cv entre as 4600 e as 5000 rpm
    • Binário: 160 Nm entre as 2000 e as 3500 rpm (170 Nm a GPL)
  • Transmissão
    • Tracção: Dianteira
    • Caixa de velocidades: Manual de 6 relações
  • Capacidade e dimensões
    • Comprimento / Largura / Altura: 4341 mm / 1804 mm / 1693 mm
    • Distância entre os eixos: 2673 mm
    • Bagageira: 445 litros
    • Jantes / Pneus: 215/60 R17
    • Peso: 1331 kg
  • Consumo e Performances
    • Consumo médio: Gasolina: 6,4 l/100 km; GPL: 7,0 l/100 km
    • Emissões de CO2: Gasolina: 145 g/km; GPL: 127 g/km
    • Vel. máxima: 168 km/h
    • Aceleração: 13,8s
  • Equipamento
    • Barras de tejadilho longitudinais em dark metal
    • Pack Look exterior
    • Vidros laterais e óculo traseiro sobreescurecidos
    • Jantes em liga leve 17"
    • Retrovisores exteriores em cromado acetinado
    • Alerta de ângulo morto
    • Assistência à travagem de urgência
    • Controlo eletrónico de estabilidade + Sistema de ajuda ao arranque em subida (ESP+HSA)
    • Sistema ISOFIX
    • Alerta de esquecimento dos cintos de segurança
    • Câmara de marcha-atrás
    • Detetor de pressão dos pneus
    • Faróis de nevoeiro
    • Modo ECO
    • Indicador de mudança de velocidade
    • Computador de bordo
    • Óculo traseiro com desembaciamento
    • Sensores de luminosidade
    • Ar condicionado automático
    • Quatro vidros elétricos
    • Volante em couro
    • Consola central semi-elevada com apoio de braços e local de arrumação
    • Condutas de ar para os lugares traseiros
    • Retrovisores exteriores c/regulação elétrica e função de desembaciamento
    • Banco do condutor regulável em altura e com regulação lombar
    • Sistema multimédia Media Nav 8”
    • Compatível com Android Auto™ e/ou Apple CarPlay™
    • Sistema de navegação
Extras
Câmara Multiview — 350 €; Cartão mãos-livres (inclui entradas USB traseiras) — 200 €.
Avaliação
7 / 10
O maior elogio que posso fazer ao Dacia Duster é que a proposta romena consegue ser acessível sem «cortar» demasiado. No fundo, faz-nos repensar o que é efetivamente necessário num automóvel moderno e, verdade seja dita, tudo o que é essencial está presente. Com uma oferta de equipamento honesta e uma versatilidade difícil de igualar pelos seus rivais, o Dacia Duster tem nesta versão ECO-G (bi-fuel) aquela que melhor condiz com o seu carácter frugal e a mais apta a lidar com os elevados preços dos combustíveis.
  • Conforto
  • Versatilidade
  • Custos de utilização da versão bi-fuel;
  • Relação preço/qualidade
  • Dinâmica pouco entusiasmante;
  • Ruídos aerodinâmicos
  • Materiais duros
  • Tato da caixa de velocidades
Sabe responder a esta?
Em que ano foi revelado o protótipo Porsche C88?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

C88. Fica a conhecer o “Dacia Logan” da Porsche para a China

Mais artigos em Testes, Ensaio