Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Efeméride

Soma e segue. Toyota Corolla atinge as 50 milhões de unidades vendidas

O Toyota Corolla chegou à emblemática marca das 50 milhões de unidades vendidas, sendo o automóvel mais vendido no mundo.

Lançado em 1966, o Toyota Corolla é hoje um dos maiores símbolos da marca japonesa e alcançou mais um marco na sua longa história: atingiu o incrível número de 50 milhões de unidades vendidas.

Para terem uma ideia, isto significa que, desde que o Corolla foi lançado, foram vendidas, em média, mais de 900 mil unidades/ano — é o automóvel mais vendido de sempre e por uma confortável margem (considerando todas as suas gerações).

Com as vendas a irem de “vento em popa” — em 2020 foi “só” o carro mais vendido no mundo, com 1 134 262 unidades —, o Corolla tem tudo para incrementar, ainda durante muitos anos, estes números, recorrendo aos seus dotes de adaptação que são característicos dele há muito.

LEIAM TAMBÉM: Novo Toyota Land Cruiser 300 ganha versão GR Sport, mas o foco não está no asfalto
Corolla

Um “camaleão” automóvel

A adaptabilidade de que vos falamos refere-se simplesmente à capacidade que o Corolla foi tendo ao longo da sua história para se adaptar às sempre crescentes exigências do mercado.

Nascido como um pequeno sedã de tração traseira, desde então o Corolla já foi quase tudo tudo, desde a um hatchbackliftback, carrinha, monovolume e, mais recentemente, como um SUV (lembram-se do Corolla Cross?). A tração traseira também já ficou esquecida no passado e assume-se agora como um tração dianteira.

Já com doze gerações, o Toyota Corolla é comercializado em cerca de 150 países e é atualmente produzido em 12 deles. A título de curiosidade, o primeiro país para o qual o modelo nipónico foi exportado foi a Austrália, aproveitando a proximidade geográfica entre os dois países.

Toyota Corolla
Quem diria que este pequeno carro iria começar uma “dinastia” com uma dúzia de gerações e 50 milhões de unidades vendidas?

Para colocar em escala o sucesso do modelo japonês, o também bem-sucedido Volkswagen Golf, que conta somente com menos oito anos de mercado que o Corolla, ainda não atingiu a marca das 40 milhões de unidades vendidas (mais uma vez, contando com todas as gerações).

Ao longo da sua história, não foi só um sucesso no mercado, como também conta com uma longa presença no mundo da competição. Não só competiu sobre o asfalto, em provas de turismos, como vingou nos ralis (deu à Toyota o título de construtores no WRC em 1999).

Mais recentemente, o seu envolvimento no desporto automóvel serve também de “banco de testes” para novas tecnologias, com o maior exemplo disso mesmo a ser o Toyota Corolla com motor a hidrogénio que competiu nas 24 Horas NAPAC Fuji Super TEC deste ano.

Sabe responder a esta?
Qual é a potência máxima combinada do Toyota RAV4 Plug-in?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Toyota RAV4 Plug-in. Quase 100 km sem gastar gasolina na cidade

Mais artigos em Notícias