Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Design

E se um novo Opel Astra GSi fosse assim?

A sigla “GSi” ainda marca presença na gama da Opel e agora há um novo Astra. O autor X-Tomi Design não perdeu tempo e mostra-nos como poderia ser um novo Astra GSi.

Acabámos de conhecer o novo Opel Astra L e, apesar das baixas probabilidades de vir a existir uma versão desportiva do modelo, não foi impedimento para o autor X-Tomi Design de imaginar um hipotético Opel Astra GSi.

Agora parte do Grupo Stellantis, o novo Opel Astra assenta na mais recente evolução da plataforma EMP2, partilhada com os seus “irmãos” franceses: o novo Peugeot 308 e DS 4.

A somar à plataforma, partilha ainda todas as suas motorizações, sejam a gasolina, a gasóleo e, pela primeira vez no modelo alemão, híbridas plug-in.

TÊM DE VER: Glórias do Passado. Opel Astra GSi 2.0 16v
Opel Astra GSi
O Opel Astra F (1991-2000) foi o último a receber uma versão GSi… que foi memorável.

Apesar da Opel ainda não ter adiantado qualquer informação face ao desenvolvimento de um futuro Opel Astra GSi, tudo aponta para que as probabilidades de acontecer sejam muito baixas ou, se preferirem, quase nulas. Hoje em dia, a sigla GSi só marca presença única e exclusivamente no Opel Insignia GSi.

Mesmo assim, caso existisse, imaginamos que seria modelo capaz de ombrear com outros hot hatch como o Volkswagen Golf GTI, Ford Focus ST ou o Renault Mégane R.S.

O Astra GSi de X-Tomi

Analisando o trabalho realizado pelo designer X-Tomi Design, podemos identificar de imediato algumas diferenças face ao modelo dito “normal”, umas mais óbvias que outras.

Podemos observar o já conhecido capô preto, que começa a ser um traço cada vez mais característico de modelos da marca alemã, como, por exemplo, o Opel Mokka. A acompanhá-lo temos um tejadilho da mesma cor, assim como os espelhos retrovisores são de cor preta.

Ainda na dianteira, é possível perceber que o para-choques foi, todo ele, redesenhado e alterado para um look mais desportivo. A grelha de entrada de ar foi aumentada e os faróis de nevoeiro foram trocados por duas entradas de ar laterais.

Na lateral, conhecidas do Opel Insignia GSi, equipam o hipotético Opel Astra GSi as jantes de maiores dimensões, assim como o alargamento proeminente das cavas das rodas. Entre elas, vemos sair saias laterais mais musculadas e atrativas, típicas de versões desportivas como esta.

VEJAM TAMBÉM: Um Honda CR-X dos tempos modernos? Podia muito bem ser assim

Sobre o motor, e especulando um pouco e tendo em consideração o foco atual na eletrificação — a Opel vai virar 100% elétrica a partir de 2028 —, não nos surpreenderia que um hipotético e novo Opel Astra GSi recorresse a uma motorização híbrida plug-in.

Opel Astra GSi © X-Tomi Design

A revelação das primeiras imagens da nova geração, o Astra L, trouxeram com elas a informação de que a motorização mais potente, de 225 cv, é híbrida plug-in, pelo que não seria de todo improvável que um novo GSi recorresse a tal opção.

Dentro da Stellantis, existem motorizações híbridas plug-in mais potentes, como a de 300 cv usada pelo Peugeot 3008 GT HYBRID4, ou a de 360 cv usada pelo Peugeot 508 PSE. Porém, implicam tração às quatro rodas (eixo traseiro eletrificado), o que poderia significar custos acrescidos e, consequentemente, um preço menos competitivo.

 

Mais artigos em Notícias