Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Indústria

Opel será 100% elétrica a partir de 2028 e está um Manta a caminho

Também a Opel será 100% elétrica antes da década acabar na Europa e incluirá o regresso do histórico nome Manta à marca alemã.

A Opel foi a marca do grupo que mais “bombas” largou com relevância para o mercado europeu durante o EV Day da Stellantis, destacando-se a sua intenção de ser totalmente elétrica na Europa e a introdução, a meio da década, de um novo Manta, ou melhor, Manta-e, em alusão ao facto de que será elétrico.

Apesar de só estar previsto chegar algures em 2025, a marca do “relâmpago” não se coibiu de mostrar uma primeira proposta digital do futuro e regressado Manta, e qual não foi o nosso espanto ver que se tratava de um… crossover.

É certo que ainda estamos a longe no tempo de ver este novo Opel Manta-e e o seu design pode mudar drasticamente (o processo de design ainda deve estar numa fase inicial), mas a intenção parece ser clara: o histórico coupé da marca dará o seu nome a um crossover de cinco portas. Não é o primeiro a fazê-lo: Ford Puma e Mitsubishi Eclipse (Cross) são disso exemplo.

VEJAM TAMBÉM: Maratona de testes. Nova geração do Opel Astra está quase pronta

Após a Opel nos ter tentado com o restomod, ou elektroMOD na linguagem da marca, com base no clássico Manta, as expetativas sobre um eventual regresso do modelo não eram a de ver o nome associado a um crossover.

Mas, como temos visto uma e outra vez, o futuro elétrico do automóvel parece estar destinado a assumir apenas e só o formato crossover — ainda que a diversidade de propostas seja assinalável.

Opel Manta GSe ElektroMOD
Opel Manta GSe ElektroMOD

Dado a precocidade do anúncio, nada mais foi revelado sobre o novo modelo, mas há mais novidades em relação ao futuro da Opel.

100% elétrica na Europa a partir de 2028

Hoje em dia a Opel já tem uma presença eletrificada forte no mercado, contando com vários modelos elétricos, como o Corsa-e e Mokka-e, e modelos híbridos plug-in, como o Grandland, sem esquecer os seus veículos comerciais que preparam-se para incluir versões com pilha de combustível a hidrogénio.

VEJAM TAMBÉM: Salão de Munique 2021. Opel dá “nega” ao principal certame alemão

Mas é só o início. No EV Day da Stellantis, a Opel revelou que a partir de 2024 todo o seu portefólio de modelos contará com modelos eletrificados (híbridos e elétricos), mas a grande notícia é a de que, a partir de 2028, a Opel será apenas elétrica na Europa. Uma data que antecipa as avançadas por outras marcas, que têm em 2030 o ano da mudança para uma existência apenas e só elétrica.

Plano eletrificação Opel

Por fim, a outra grande notícia avançada pela Opel refere-se à sua entrada para breve na China, o maior mercado automóvel mundial, onde o seu portefólio será apenas composto por modelos 100% elétricos.

Após ter sido adquirida pela PSA e agora como parte da Stellantis, era clara a vontade dos responsáveis da Opel, liderada por Michael Lohscheller, em expandir-se por novos mercados internacionais, fora das fronteiras europeias, reduzindo a sua dependência do “velho continente”.

Sabe responder a esta?
Qual a potência do Abarth 595C Monster Energy Yamaha?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Testámos e fomos “picados” pelo Abarth 595C Monster Energy Yamaha

Mais artigos em Notícias