Apresentação

Ariya. Fica a saber tudo sobre o primeiro SUV elétrico da Nissan

Depois de o termos conhecido sob a forma de protótipo, o Nissan Ariya viu agora ser revelada a sua versão de produção. Fica a conhecê-lo.

Revelado no Salão de Tóquio e exibido no CES 2020 ainda sob a forma de protótipo, o Nissan Ariya dá-se agora a conhecer na sua versão de produção e a verdade é que… pouco mudou.

A estética futurista manteve-se e na dianteira destacam-se o novo logótipo da marca japonesa (que em alguns mercados será iluminado por 20 LED’s) e a grelha fechada com efeitos 3D.

Equipado com jantes de 19” ou 20”, o Ariya aproxima-se do perfil do que as marcas definem como SUV-Coupé, destacando-se na traseira o pilar C fortemente inclinado. Mais atrás, vemos uma barra luminosa a toda a largura que inclui também a identificação da marca, por extenso.

VÊ TAMBÉM: Este Nissan Skyline GT-R R32 foi restaurado pela Toyota
Nissan Ariya

O interior? Também é futurista

Tal como o exterior, o interior do Nissan Ariya não difere muito daquele que já conhecemos no protótipo que antecipou o novo SUV elétrico da Nissan.

O design é minimalista e de aspeto futurista. Os maiores destaques no interior do Ariya são os dois ecrãs de 12,3” (um para o sistema de infotainment e outro para o painel de instrumentos) e a quase total ausência de comandos físicos.

VÊ TAMBÉM: O novo e “americano” Nissan Rogue é também o novo e “europeu” X-Trail
Nissan Ariya
Se este é o futuro dos interiores da Nissan, então é caso para dizer “que venha já”.

Os comandos físicos viram-se substituídos por comandos táteis elegantemente incorporados nos acabamentos do tabliê a imitar madeira.

Há ainda destacar a adoção de uma consola central ajustável e dos bancos “Zero Gravity” com um perfil reduzido que, segundo a Nissan, permitiram aumentar o espaço para as pernas dos ocupantes.

VÊ TAMBÉM: Como a Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi irá cooperar no futuro

Tecnologia não lhe falta

Como seria de esperar, o Nissan Ariya aposta forte nas tecnologias e sistemas de ajuda à condução, contando com uma versão atualizada do sistema ProPilot usado em modelos como o Leaf.

Assim sendo, neste capítulo o Ariya conta com equipamentos como o cruise control adaptativo ou o assistente de manutenção na faixa de rodagem. A estes juntam-se os sistemas que integram o Nissan Safety Shield como o avisador de colisão frontal, travagem de emergência e ainda o sistema e-Pedal.

 

VÊ TAMBÉM: Nissan Next. Este é o plano para salvar a Nissan

No que à conetividade diz respeito, o Nissan Ariya conta com um novo sistema de reconhecimento de voz, conetividade 4G que permite atualizações remotas (over-the-air) e até uma aplicação que permite verificar o nível de carga das baterias ou ajustar a temperatura do habitáculo.

VÊ TAMBÉM: Nissan GT-R ‘Godzilla 2.0’, um GT-R pronto para um… safari!?

Os números do Nissan Ariya

Assente sobre a nova plataforma elétrica da Aliança, o Nissan Ariya apresenta dimensões que o colocam algures entre o segmento C e D — está mais próximo do X-Trail em dimensões do que o Qashqai. O comprimento é de 4595 mm, a largura é de 1850 mm, a altura de 1660 mm e a distância entre eixos de 2775 mm.

Também está disponível em versões de duas e quatro rodas motrizes — cortesia do novo sistema de tração integral e-4ORCE —, o Ariya conta ainda com duas baterias: uma com 65 kWh (63 kWh utilizáveis) e outra com 90 kWh (87 kWh utilizáveis) de capacidade. São, assim, cinco as versões disponíveis.

Versão Bateria Potência Binário Autonomia* 0-100 km/h Velocidade máxima
Ariya 2WD 63 kWh 160 kW (218 cv) 300 Nm até 360 km 7,5s 160 km/h
Ariya 2WD 87 kWh 178 kW (242 cv) 300 Nm até 500 km 7,6s 160 km/h
Ariya 4WD (e-4ORCE) 63 kWh 205 kW (279 cv) 560 Nm até 340 km 5,9s 200 km/h
Ariya 4WD (e-4ORCE) 87 kWh 225 kW (306 cv) 600 Nm até 460 km 5,7s 200 km/h
Ariya 4WD (e-4ORCE) Performance 87 kWh 290 kW (394 cv) 600 Nm até 400 km 5,1s 200 km/h

*valor estimado de acordo com o ciclo WLTP

Por fim, no que diz respeito ao carregamento, as versões com a bateria de 63 kWh contam com um carregador de 7,4 kW para uso doméstico enquanto as de 87 kW incluem um carregador de 22 kW para uso doméstico.

Em ambos os casos é possível recarregar o Ariya num carregador de 130 kW. Para já, a Nissan não divulgou os tempos de carregamento do seu SUV elétrico.

Nissan Ariya
VÊ TAMBÉM: Nissan e-Power. Os híbridos que são… elétricos a gasolina

Quando chega?

De momento, a única informação que dispomos é de que o novo Nissan Ariya chegará ao mercado apenas em 2021, não tendo sido avançados, por isso, quaisquer indicações sobre quanto custará ou como será composta a gama nacional do SUV elétrico nipónico.

Sabes responder a esta?
Qual era a potência do Nissan Sunny GTi-R?

Mais artigos em Notícias