Vídeo

Um Toyota GR Supra fora do asfalto? Porque não?

O Toyota GR Supra pode ter no asfalto o seu "habitat natural", no entanto, este vídeo prova que não se dá nada mal no meio da natureza.

Com pouca distância ao solo, pneus pensados para o asfalto e tração traseira, o Toyota GR Supra está longe de ser a esolha mais racional para “atacar” uma série de caminhos de terra.

No entanto, nada disso demoveu o canal de YouTube robyworks que decidiu tentar descobrir até que ponto o desportivo nipónico seria uma boa base para um carro de ralis.

Ao longo do curto vídeo vemos o GR Supra enfrentar caminhos de terra, raízes e pedras, num bailado que nos deixa algumas saudades dos tempos em que os ralis contavam com mais modelos de tração traseira.

VÊ TAMBÉM: No Japão há um Toyota GR Yaris com apenas… 120 cv

Temos ainda a oportunidade de confirmar as aptidões do Toyota GR Supra para o drift, com o piloto de ocasião a contornar alguns obstáculos à moda do famoso Ken Block. Mas deixamos-te o vídeo para que possas confirmar o que te dizemos:

Uma ode aos antepassados

Curiosamente, depois de vermos este vídeo não pudemos deixar de nos lembrar dos tempos em que as “armas de eleição” da Toyota para o mundo dos ralis eram coupés.

Caso não te recordes, antes de a marca nipónica competir no WRC com hatchbacks como o Corolla ou o Yaris, a sua aposta recaiu durante largos anos no Celica.

VÊ TAMBÉM: Citroën BX 4TC: o carro de ralis que a Citroën quis esquecer

O expoente máximo dessa aposta foi o Toyota Celica GT-Four, um modelo que pôs fim ao domínio europeu no Mundial de Ralis.

Depois de termos visto este vídeo, não conseguimos evitar pensar: como seria se a Toyota fizesse um GR Supra para a categoria R-GT (destinada a carros de tração traseira)?

E tu, o que achas? Gostavas de ver um GR Supra nos troços de rali?

Sabes responder a esta?
Qual é a potência do Toyota Camry?

Mais artigos em Notícias