Cavalos escondidos

Toyota GR Supra “americano” de 387 cv foi ao banco de potência. Cavalos escondidos?

O Toyota GR Supra "americano" ganhou 47 cv oficiais este ano. Para confirmar se estão lá todos… ou até mais, uma ida ao banco de potência é exigida.

387 cv? Mas o Toyota GR Supra só tem 340 cv… Sim, esse é o valor de potência anunciado para o GR Supra… na Europa. Mas nos EUA, tal como já acontecia com o “irmão” BMW Z4 M40i, e graças a normas de emissões distintas nos dois lados do Atlântico, também o B58 que equipa o desportivo japonês vê o número de equídeos subir até aos 387.

E como não podia deixar de ser, os norte-americanos não perderam tempo em confirmar num banco de potência se o ganho de 47 cv é real.

A última vez que levaram o Toyota GR Supra a um banco de potência, “descobriu-se” que os 340 cv oficiais eram modestos. Aliás, foram vários os casos, tantos nos EUA como na Europa, onde se verificou que o B58 era bem mais possante que o anunciado.

TENS DE VER: Toyota GR Supra com 4 cilindros. Menos 15 000 euros, será que compensa?
Toyota Supra A90 2019

Vários foram os bancos de potência que mediram à volta de 340 cv… às rodas. Considerando as perdas de transmissão, significa que o seis cilindros em linha à cambota debitaria algo a rondar os 390 cv!

Será que com esta atualização oficial para 387 cv a história repetir-se-á? Foi o  que a Car and Driver quis descobrir, levando o Toyota GR Supra MY2021 (Model Year) ao banco de potência:

Como podemos ver, a Car and Driver levou dois Supra, o MY20 — a versão de 340 cv —, e o novo MY21, com os anunciados 387 cv, para melhor poder comparar os resultados dos dois testes.

Considerando os resultados que vimos em testes anteriores, sem surpresa, a versão de 340 cv registou uns muito saudáveis 346 hp (350 cv) às rodas, perfazendo até mais que 390 cv à cambota. E o novo Toyota GR Supra MY21? Não fugiu à “tradição”: impressionantes 388 hp (393 cv) às rodas, o que significa que à cambota debita mais de… 450 cv!

Ok… Mesmo sabendo que bancos de potência não são uma ciência exata, brevemente surgirão mais testes para corroborar o resultado da Car and Driver. O que parece incontestável é que o B58, o seis cilindros em linha sobrealimentado da BMW, parece ter saúde para dar e vender.


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Mais artigos em Notícias