Apresentação

Audi aposta forte nos híbridos plug-in e leva quatro ao Salão de Genebra

De uma só vez a Audi decidiu revelar quatro novos híbridos plug-in. Tanto o Q5, A6, A7 Sportback e A8 passam a contar com uma versão eletrificada.

O processo de eletrificação da gama Audi não passa apenas pelos modelos 100% elétricos como o Audi e-tron e os esperados e-tron GT e Q4 e-tron, mas também pelo surgimento de versões híbridas plug-in da restante gama da marca germânica e a prová-lo estão os quatro modelos que a Audi vai levar até ao Salão de Genebra.

Assim, a marca dos quatro anéis vai levar até ao salão helvético as versões híbridas plug-in do Q5 (o Q5 TFSI e), do A6 (o A6 TFSI e), do A7 Sportback (o A7 Sportback TFSI e) e ainda do seu topo de gama o Audi A8 (neste caso designado A8 TFSI e). Com exceção do A8, os restantes vão ser oferecidos em duas versões: uma mais focada no conforto e outra na performance.

As versões mais focadas na performance do Q5, A6 e A7 Sportback vão contar com uma suspensão com um acerto mais desportivo, pack exterior S Line e ainda com uma afinação do sistema híbrido plug-in com foco numa maior entrega de potência por parte do motor elétrico.

VÊ TAMBÉM: O Toyota Prius foi renovado e consegue ir onde outros Prius não vão
Audi híbridos plug-in

Como funcionam os híbridos plug-in da Audi

No sistema híbrido plug-in da Audi o motor TFSI trabalha em conjunto com um motor elétrico integrado na transmissão, sendo que o Audi A8 vai ser o único a receber um sistema de tração integral.

O sistema híbrido conta ainda com três modos: EV, Auto e Hold. No primeiro o condutor dá prioridade à condução em modo elétrico, no segundo, o sistema híbrido faz a gestão da utilização do motor elétrico e de combustão para assegurar a máxima eficiência e no terceiro, o sistema privilegia a manutenção da carga da bateria para a usar mais tarde.

A equipar as quatro novas propostas híbridas plug-in da Audi surge uma bateria com 14,1 kWh de capacidade que oferece mais de 40 km de autonomia (o valor exato depende de cada um dos carros).

Para além desta bateria, todos eles vão contar com um sistema de travagem regenerativa capaz de gerar até 80 kW. Já o tempo de carregamento num carregador com 7,2 kW de capacidade ronda as duas horas. Para já a Audi ainda não divulgou preços nem a data exata de comercialização, referindo apenas que estarão disponíveis “mais tarde durante o ano”.

Sabes responder a esta?
Qual é a potência do Audi SQ2?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Com 300 cv e quattro, eis o novo Audi SQ2
Em cheio!!
Vai para a próxima pergunta

ou lê o artigo sobre este tema:

Com 300 cv e quattro, eis o novo Audi SQ2

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos