Antevisão

“Drift Machine” é a alcunha para o sucessor do BMW Série 2 Coupé

Alívio. Ao contrário do próximo Série 1, o futuro BMW Série 2 Coupé manterá a tração traseira, fazendo jus ao colorido nome pelo qual é internamente conhecido.

Quando ficámos a saber que o próximo Série 1 iria abandonar a tração traseira, receámos o pior para o futuro Série 2 Coupé (G42). Os modelos “tudo à frente” da BMW — X1, X2, Série 2 Active e Grand Tourer —, apesar do sucesso comercial, parecem “contra-natura” numa marca como a BMW.

Ok, admitimos que a configuração típica num BMW — motor longitudinal frontal e tração traseira — talvez não seja a mais apropriada para um pequeno familiar, como descobrimos quando ensaiámos o BMW 116d. Simplesmente prejudica em demasia o acesso aos lugares traseiros e a habitabilidade traseira e, para mais, nestas versões mais modestas, a tração traseira pouca ou nenhuma falta faz.

Sem receios… Drift Machine a caminho

Mas não receemos. Pouco tempo depois era confirmado, por Klaus Frolich, chefe de desenvolvimento na BMW, que não só haveria um sucessor para o Série 2, como este manter-se-ia fiel à tração no sítio certo. Algo que a BMW defendia com unhas e dentes…

RELACIONADO: BMW M2 Competition desvendado com 410 cv
Anúncio BMW
Anúncio onde a BMW “brincava” com os tração dianteira.

Verdade seja dita, com o Série 3 e Série 4 a serem hoje em dia demasiado grandes, o Série 2 Coupé é a máquina indicada para quem procura um BMW compacto, usável e divertido de conduzir. Pelo que esta confirmação de Frolich faz-nos respirar de alívio.

Porquê Drift Machine?

Em declarações à publicação australiana Motoring, Frolich assume a responsabilidade pela alcunha Drift Machine para o próximo Série 2 Coupé. Frolich quis que os designers e engenheiros entendessem claramente os objetivos pretendidos para a nova máquina, ou seja, o futuro Série 2 Coupé terá de ser um verdadeiro driver’s car, pelo que terá não só o de o parecer, como também o ser.

A próxima geração do Série 2 será chamada de “drift machine”, pelo que quando olho para o design eu possa dizer “Adrian (van Hooydonk, chefe de design BMW), será que isso parece-se mesmo com uma drift machine? Deveria ter mais emoção, faz algo mais.

BMW M2 Competition 2018

Manter o próximo BMW Série 2 como tração traseira foi uma verdadeira luta, refere Frolich: ‘As pessoas perguntavam “se realmente interessava (manter a tração traseira) porque o segmento era muito pequeno?” e eu penso que é tão importante para a marca e é tão mais importante para a M, porque o M2 é o seu modelo de acesso’. — Sr. Klaus Frolich, acabou de ganhar mais uns fãs…

O que esperar do próximo Série 2 Coupé?

Além de manter a tração traseira, o próximo BMW Série 2 Coupé deverá chegar em 2020. Quanto ao Série 2 descapotável inicialmente previsto, ao que tudo indica, foi cancelado e não terá sucessor.

Como será previsível, o grosso das motorizações será composto por unidades de quatro cilindros turbo, faltando confirmar a presença do seis cilindros em linha turbo do atual M240i. No topo da cadeia alimentar estará o BMW M2, muito provavelmente a partilhar o motor com os futuros M3 e M4, como já acontece hoje com o M2 Competition.

Que comece a confusão…

As novidades sobre o futuro Série 2 não se ficam pelo novo coupé, pois este deverá ser acompanhado por um BMW Série 2 Gran Coupé (F44), tal e qual como acontece com o Série 4. Terá como rivais o futuro Mercedes-Benz Classe A Sedan e o… CLA, além do Audi A3 Sedan, e poderá ser apresentado já no próximo ano.

Mas, confusamente, o Série 2 Gran Coupé assentará não sobre a plataforma CLAR (tração traseira) que já conhecemos do novo Série 3 (G20) e que será a base do novo Série 2 Coupé, mas sim sobre a mesma plataforma UKL de tração dianteira já presente nos MPV Active Tourer e Gran Tourer, e no futuro Série 1.

Que confusão… Ou seja, tal como a BMW tinha planeado há alguns anos, as gamas Série 1 e Série 2 transitarão para uma arquitetura de motor transversal e tração dianteira, mas graças aos esforços do sr. Frolich, conseguiu que o elemento mais rebelde da gama, o Série 2 Coupé, mantivesse a tração traseira, tornando-o, felizmente, na “ovelha negra” da família.

TESTE: BMW 218i Cabrio. Sem pressa de abalar…

Sabes responder a esta?
Quantos cavalos tem o novo BMW Z4 M40i… nos EUA?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Novo BMW Z4 M40i com 340 cv na Europa, mas 387 cv nos EUA

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos