Um simpático Pão de Forma transformado num monstro de 530cv

14/05/2015
4.840 views
Share Button

Fred Bernhard é o pai de um Pão de Forma equipado com o motor de um Porsche 911 (993). Como pai que é, está orgulhoso. Não faltam motivos…

A edição 2015 do Festival de Wörthersee promete. Quando pensávamos que as propostas mais radicais já tinham sido apresentadas, surge o anúncio de um Pão de Forma bi-turbo com 530cv e 757Nm de binário máximo.

O seu criador, Fred Bernhard, apelidou-o de Volkswagen T1 Race Taxi. Ao todo, gastou seis anos no desenvolvimento e construção deste projecto. Seis anos de vida que Bernhard certamente vai recuperar aos comandos desta verdadeira besta.

RELACIONADO: Os últimos desejos do Pão de Forma (sustenham as lágrimas sff…)

volkswagen t1 motor porsche 3

Lá atrás – no sítio errado como em todos os automóveis desenvolvidos por Ferdinand Porsche daquela época – o pequeno e fiável motor de quatro cilindros boxer deu lugar a um flat-six transplantado de um Porsche 911 da geração 993, a última refrigerada a ar.

Como mais de 300cv não serviam os intentos deste engenheiro mecânico, foram adicionados mais dois turbos ao motor. A potência subiu para uns impressionantes 530cv e 757Nm de binário máximo. A caixa de velocidades foi doada por um 996 GT3 e o sistema de travagem e direcção veio de um 993. Tempo bem perdido, não acham?

A NÃO PERDER: A Razão Automóvel vai andar de norte a sul do país numa Audi quattro Experience

volkswagen t1 motor porsche 2

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Diretor Editorial e co-fundador da Razão Automóvel. Tem 29 anos, ama os automóveis mas tem uma paixão secreta: as duas rodas! Praticante de todo-o-terreno, iniciou-se nas lides da condução aos comandos de um Citroen Ax. Não resiste a umas boas curvas, seja no asfalto ou numa folha de papel.