CUPRA UrbanRebel (2025). O futuro elétrico dos "hot hatch"?

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Apresentação

CUPRA UrbanRebel (2025). O futuro elétrico dos “hot hatch”?

Fomos até Martorell, à casa da CUPRA, conhecer a evolução do UrbanRebel, ainda um protótipo, mas mais perto do modelo de produção.

Em Martorell, Espanha

Foi no primeiro Salão de Munique, o ano passado, que conhecemos o CUPRA UrbanRebel, um protótipo de antecipação ao futuro modelo elétrico compacto da marca espanhola, mas «vestido» como um agressivo carro de competição.

Agora, evocativos nove meses depois, fomos até ao quartel-general da CUPRA em Martorell, próximo de Barcelona, ver em primeira mão a evolução do protótipo, agora mais próximo do modelo de produção previsto para 2025.

E apesar de desprovido do aparato aerodinâmico do primeiro protótipo, o UrbanRebel mantém a tónica nas linhas desportivas e musculadas, como um hot hatch — reparem na expressiva modelação da superfície lateral e nas rodas de grandes dimensões.

VEJAM TAMBÉM: Oficial. Em 2024 vamos ter um novo SUV eletrificado da CUPRA

Contudo, as suas proporções têm mais a ver com o universo dos crossover ou SUV. Isto porque apesar do CUPRA UrbanRebel ser bastante compacto — apenas 4,036 m de comprimento, ligeiramente mais curto que um SEAT Ibiza —, é bastante alto ao anunciar 1,576 m de altura. Mais alto que o CUPRA Born ou até o Formentor, um dos SUV da marca.

A reforçar esse parentesco aventureiro, estão os anunciados 21,8 cm de distância ao solo, bem mais que a larga maioria dos SUV. Parte dessa generosa altura poderá dever-se às jantes de 21″ (envolvidas por pneus 245/35 R21) que equipam este protótipo, mas temos algumas dúvidas que o modelo de produção ofereça rodas tão grandes.

CUPRA UrbanRebel

Ainda em relação ao design do UrbanRebel, destaque para os «gráficos» que serão parte da identidade da marca, como a nova assinatura luminosa triangular.

As óticas dianteiras surgem graficamente tripartidas, compostas por elementos triangulares, derivados da desconstrução do logótipo da marca.

CUPRA UrbanRebel
Dimensões compactas para o futuro modelo de entrada da CUPRA: 4,036 m de comprimento, 1,975 m de largura (incluindo retrovisores), 1,576 m de altura e 2,600 m de distância entre eixos.

O motivo gráfico do triângulo é replicado por todos os elementos luminícos exteriores, mesmo na traseira, onde apesar de as óticas estarem unidas por uma barra luminosa, que também integra o logótipo iluminado da marca, mostra um par de triângulos em cada lado.

VEJAM TAMBÉM: Tavascan Extreme E Concept. A preparar a chegada para o CUPRA Tavascan em 2024

Mais familiar é a presença de detalhes em tom cobre que tem marcado os modelos da CUPRA desde o seu início.

CUPRA UrbanRebel
VEJAM TAMBÉM: CUPRA Born testado. O primeiro elétrico da CUPRA convence?

Mais minimalista e novos materiais

Por dentro, o CUPRA UrbanRebel assume uma tónica mais minimalista, com a informação dos vários ecrãs orientadas sempre na direção do condutor. Destaque ainda para as saídas de ventilação, «invisíveis».

CUPRA UrbanRebel
Não só pudemos ver o CUPRA UrbanRebel ao vivo, como pudemos estar aos seus comandos.

E reforçando a mensagem de sustentabilidade deste elétrico UrbanRebel, o interior é revestido com novos materiais como polímeros reciclados e outros bio-derivados.

TÊM DE VER: Na estrada e em circuito. O que vale o CUPRA Formentor VZ5, o mais potente de sempre?

A CUPRA realça ainda o uso de fabricação aditiva (impressão 3D) para várias partes do interior — que ajudam a reduzir o peso e o desperdício — e o recurso ao design paramétrico para as superfícies revestidas com polímeros mostrando tratamentos gráficos sofisticados.

Estreia da MEB Small

A outra grande novidade do CUPRA UrbanRebel são as suas fundações. O elétrico compacto espanhol é um de (pelo menos) três modelos que farão uso da nova MEB Small — Volkswagen e Skoda também terão pelo menos um modelo cada. Trata-se de uma derivação da plataforma MEB (que serve modelos como o Born ou o Volkswagen ID. Buzz), mas mais compacta e simplificada para modelos urbanos exclusivamente elétricos.

A principal diferença entre as duas MEB é a localização do motor elétrico, que passa a estar sobre o eixo dianteiro (tração dianteira), ao contrário dos outros MEB que já conhecemos, cuja configuração mais simples faz uso de um motor elétrico posicionado sobre o eixo traseiro (é adicionado um motor dianteiro para as versões de tração integral).

A CUPRA avançou com algumas especificações para o UrbanRebel, anunciando uma potência máxima de 166 kW (226 cv), o que se traduz numa aceleração dos 0 aos 100 km/h em 6,9s, números dignos de um hot hatch desta classe, só que aqui a ser 100% elétrico.

Não sabemos ainda nada sobre a sua bateria, mas a CUPRA diz que o UrbanRebel terá uma autonomia de até 440 km (ciclo combinado WLTP).

CUPRA UrbanRebel

Quando chega?

O CUPRA UrbanRebel ainda está a alguns anos de distância, com a marca espanhola a apontar 2025 como o ano do seu lançamento.

A produção está prevista acontecer em Martorell, juntamente com os outros modelos do Grupo Volkswagen assentes sobre a mesma MEB Small.

Mais artigos em Notícias