Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Vídeos

Honda Civic Type R FK8 (vídeo). Ainda é o melhor tração dianteira?

No novo vídeo da Razão Automóvel testamos o renovado Honda Civic Type R e não faltaram estreias: uma nova cara no canal e um… Renault Twingo?!

Em Serra de Montejunto, Portugal

O Honda Civic Type R FK8 foi renovado não faz muito tempo e agora que o conduzimos apenas voltou a confirmar o que se mantinha como verdade: é este a referência entre os hot hatch “tudo à frente” (motor à frente e tração dianteira), o superpredador do segmento, ainda imbatível — o Mégane R.S. Trophy-R talvez tenha uma palavra a dizer, mas custa quase 30 mil euros mais e não tem, de todo, a versatilidade de uso do Civic Type R.

Fomos até à Serra de Montejunto dar o devido tratamento à máquina e, como já devem ter reparado, há uma cara nova no canal de YouTube da Razão Automóvel: dêem as boas vindas ao Miguel Dias. O Guilherme faz as devidas apresentações para a estreia do Miguel no canal e para esta primeira “prova de fogo”, não podia ser melhor do que estar aos comandos do Civic Type R.

Além da estreia do Miguel Dias, o Guilherme mostra pela primeira vez no canal o seu Renault Twingo (1ª geração), o improvável, mas competente, carro de apoio usado nas gravações — um carro que não podia estar mais nos antípodas do que é um Civic Type R. Um vídeo a não perder:

VEJAM TAMBÉM: Mega-asa traseira e 3 saídas de escape? Só pode ser o Honda Civic Type R

O que mudou no Honda Civic Type R?

Não era preciso mexer muito — até para não correr o risco de estragar… — para melhorar o que já era bom, ou mesmo muito bom.

Há novos detalhes estéticos (como um preenchimento nas falsas entradas e saídas de ar), e há também uma grelha dianteira redesenhada (13% maior para melhorar refrigeração do motor). Por dentro, o volante é agora em Alcantara e o manípulo da caixa de velocidades manual foi redesenhado (tem agora uma forma de lágrima) e passou a ter um contrapeso de 90 g para melhorar a sua ação.

Honda Civic Type R

Se mecanicamente não houve diferenças — o 2.0 Turbo de 320 cv continua a ser uma das melhores e mais potentes unidades da sua classe —, ao nível do chassis houve várias modificações. Os sinoblocos dos braços inferiores da suspensão atrás são 8% mais rígidos, os sinoblocos à frente são também novos e ganha novas rótulas de baixa fricção para uma direção mais acutilante.

Também o sistema de travagem ganha novos discos dianteiros bi-materiais (menos 2,5 kg em massas não suspensas), enquanto o curso do pedal do travão foi reduzido em 15 mm antes dos travões atuarem.

Honda Civic Type R Sport Line

Talvez a maior crítica ao Honda Civic Type R desta geração seja o som do motor, ou melhor, a falta dele. A renovação do hot hatch japonês não resolveu essa questão, mas agora vê-se munido com o Active Sound Control (ASC), ou seja, ganhou uma camada adicional sonora sintetizada que se sobrepõe ao som real do motor, transmitido através do sistema áudio do veículo (só é ouvido no interior).

Bem… Não se pode ter tudo e não é, de todo, impedimento para que o Civic Type R continue a ser a referência da sua classe.

Preço

unidade ensaiada

54.240

Versão base: €53.690

IUC: €239

Classificação Euro NCAP:

  • Motor
    • Arquitectura: 4 cil. em linha
    • Capacidade: 1996 cm3
    • Posição: Dianteira transversal
    • Carregamento: Injeção direta, Turbo, Intercooler
    • Distribuição: 2 a.c.c.; 4 válv./cil. (16 válv.)
    • Potência: 320 cv às 6500 rpm
    • Binário: 400 Nm entre as 2500-4500 rpm
  • Transmissão
    • Tracção: Dianteira
    • Caixa de velocidades: Manual de 6 velocidades
  • Capacidade e dimensões
    • Comprimento / Largura / Altura: 4577 mm / 1877 mm / 1434 mm
    • Distância entre os eixos: 2699 mm
    • Bagageira: 420-1209 l
    • Jantes / Pneus: 245/30 R20
    • Peso: 1380-1420 kg
  • Consumo e Performances
    • Consumo médio: 8,5 l/100 km
    • Emissões de CO2: 193 g/km
    • Vel. máxima: 272 km/h
    • Aceleração: 5,8s
  • Garantias
    • Mecânica: 7 anos sem limite de quilómetros
Extras
Cinzento Sonic — 550 €;
Avaliação
9 / 10
Esta é a classificação final mais alta que dou a um automóvel desde que escrevo na Razão Automóvel e o motivo é, na verdade, muito simples: o que há para melhorar neste Civic Type R? Quase nada. Não fosse o sistema de infoentretenimento algo datado e difícil de "navegar" e tinha ido aos 9,5… Com um chassis preciso, com uma caixa manual quase perfeita e com um 2.0 litros que grita até mais não, o Type R FK8 — agora renovado… — continua a ser o melhor tração dianteira do mercado.
  • Resposta do motor
  • "Feeling" da caixa manual
  • Versatilidade (consegue ser confortável no modo "normal")
  • Direção precisa e comunicativa
  • Sistema de infoentretenimento datado
  • Nota do escape (pouco agressiva…)

Mais artigos em Testes, Ensaio