Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Antevisão

Lancia. Regresso faz-se com foco no design, na eletrificação e três novos modelos

A Lancia prepara-se para se relançar com três novos modelos e aposta na eletrificação, no design e no regresso aos mercados fora de Itália.

Com apenas 10 anos para colocar em prática uma estratégia que garanta a sua viabilidade, a Lancia parece já ter planos para o futuro, preparando-se para lançar uma ofensiva que, a confirmar-se, comprovará o seu renascimento.

Depois de na semana passada ter recebido um novo diretor de design, Jean-Pierre Ploué, o responsável pelo “renascimento” estilístico da Citroën no final do século XX (com modelos como os C4 e C6), a Lancia parece já ter um “guião” para o seu relançamento.

Segundo avança a Automotive News Europe, o design e a omnipresente eletrificação vão ser os dois principais focos da “nova Lancia”. Além disto, a marca transalpina deverá deixar de estar confinada ao mercado doméstico, preparando-se para regressar aos palcos europeus. E, por fim, vêm aí mais modelos para “alavancar” este ressurgimento.

A NÃO PERDER: Stellantis volta a fabricar peças para o Lancia Delta HF Integrale Evo
Lancia Ypsilon
Ao que parece o Ypsilon vai ser “rendido”.

 Uma gama composta, novamente

Há quase uma década como o “último dos Moicanos” da Lancia, o Ypsilon deverá ser o primeiro modelo a ser substituído. O seu sucessor será, ao que tudo indica, um pequeno hatchback tal como ele, tendo chegada prevista para meados de 2024.

O mais provável é que assente na plataforma CMP, a mesma que serve de base aos Peugeot 208 e 2008Opel Corsa e MokkaCitroën C4 e DS3 Crossback. Quanto às motorizações, a variante elétrica é praticamente uma certeza (será o primeiro Lancia elétrico), faltando saber se os motores de combustão também vão estar presentes.

A este hatchback, e sempre de acordo com o que avança a Automotive News Europe, deverá seguir-se um crossover compacto exclusivamente elétrico cuja chegada está prevista para 2026, quiçá um “irmão” dos pequenos crossover que a Fiat, Jeep e Alfa Romeo se preparam para lançar.

Lancia Delta
A Lancia está a estudar a hipótese de criar um substituto direto para o Delta.

Por fim, pode estar “na calha” mais um modelo: um hacthback para o segmento C a lançar em 2027. Ao contrário dos outros dois, que ao que parece já receberam “luz verde”, este ainda aguarda aprovação, com a Lancia a estudar se a procura justificará a aposta.

Caso estes planos se confirmem será agradável verificar que a “promessa” de Carlos Tavares — de que ia dar tempo às marcas para tentarem prosperar — será cumprida e que uma história como a Lancia está de volta.

Fonte: Automotive News Europe.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi lançado o Alfa Romeo 90?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Conheces o mais estranho opcional do Alfa Romeo 90?

Mais artigos em Notícias