Frente-a-frente

Renault Clio vs Peugeot 208. QUAL É O MELHOR?

Renault Clio contra Peugeot 208, ambos nas motorizações mais potentes e com a dotação de equipamento máxima. Qual sairá vencedor deste comparativo?

Comparativo. Um formato que será uma das grandes apostas da Razão Automóvel em 2020. E não podíamos começar de melhor maneira. Dois dos modelos mais vendidos em Portugal em confronto direto: Renault Clio contra Peugeot 208.

Para este «confronto de titãs» do segmento B, não quisemos desculpas. Escolhemos as versões mais equipadas e mais potentes disponíveis à venda em Portugal. Em suma, o melhor que estes dois modelos têm para oferecer.

Galeria de imagens do comparativo:

De um lado temos o Peugeot 208 1.2 Puretech EAT8 GT Line, e do outro lado temos o Renault Clio TCe 130 RS Line. Dois modelos cuja potência dos motores ascende aos 130 cv e cujos preço superam os 23 500 euros (s/opcionais).

Clio e 208. Duas fórmulas diferentes

Este comparativo entre o Peugeot 208 e o Renault Clio pautou-se pelo equilíbrio, apesar dos caminhos seguidos pelas duas marcas serem distintos. Diferenças que se notam em estrada. O Renault Clio aposta numa postura mais dinâmica, enquanto o Peugeot 208 joga as suas fichas num tato geral mais filtrado.

No que ao interior diz respeito, os dois modelos apresentam-se nestas novas gerações num plano muito superior aos seus antecessores. O melhor sistema de infotainment, funcionalidade e espaço interior pertence ao Clio, ao que o Peugeot 208 responde com uma apresentação mais cuidada e qualidade geral mais elevada.

A dotação de equipamento favorece ligeiramente o Peugeot 208, mas o Renault Clio também tem uma lista de equipamento muito completa — ver ficha técnica no final do artigo.

No final do dia, a escolha por um destes modelos nunca foi tão difícil. Se a isto juntarmos a concorrência direta do SEAT Ibiza, Ford Fiesta, Citroën C3, Volkswagen Polo, Hyundai i20, Opel Corsa e, brevemente, do renovado Toyota Yaris, ainda mais difícil se torna!

Comparativo

Frente a Frente

  • Versão base: € 24200
  • IUC:
  • Classificação Euro NCAP:
  • Versão base: € 23911
  • IUC:
  • Classificação Euro NCAP:
  • Motor
    • Arquitectura: 3 cil. em linha
    • Capacidade: 1199 cm3
    • Posição: Transversal Dianteira
    • Carregamento: Turbo
    • Distribuição: 2 a.c.c., 12 válv.
    • Potência: 130 cv às 5500 rpm
    • Binário: 230 Nm às 1600 rpm
  • Transmissão
    • Tracção: Dianteira
    • Caixa de velocidades: Automática 8 Vel. (conversor de binário)
  • Capacidade e dimensões
    • Bagageira: 309 litros
  • Consumos e desempenho (valores oficiais)
    • Consumo médio: 5,7 l/100 km (WLTP)
    • Emissões de CO2: 128 g/km
    • Vel. máxima: 208 km/h
    • Aceleração 0-100 km/h: 8,7s
  • Garantias e manutenção
  • Motor
    • Arquitectura: 4 cil. em linha
    • Capacidade: 1333 cm3
    • Posição: Transversal Dianteira
    • Carregamento: Turbo
    • Distribuição: 2 a.c.c., 16 válv.
    • Potência: 130 cv às 5000 rpm
    • Binário: 240 Nm desde as 1600 rpm
  • Transmissão
    • Tracção: Dianteira
    • Caixa de velocidades: 7 vel. automática (dupla embraiagem)
  • Capacidade e dimensões
    • Bagageira: 330 litros
  • Consumos e desempenho (valores oficiais)
    • Consumo médio: 5,8 l/100 km (WLTP)
    • Emissões de CO2: 130 g/km
    • Vel. máxima: 200 km/h
    • Aceleração 0-100 km/h: 9s
  • Garantias e manutenção
  • Airbags Laterais F/T
  • Airbags Curtain
  • Alarme
  • Controlo de Pressão dos Pneus
  • Assistente de Ângulo Morto
  • Assistente de estrada
  • Avisos de Proximidade
  • Faróis Bixénon/LED
  • Head Up Display
  • Navegação
  • A/C Automático
  • Bancos em Pele
  • Conectividade para Smartphone
  • Transmissão automática
  • Cruise Control
  • Sensores de Luz/Chuva
  • Tecto de Abrir
  • Isofix
  • Pack Desportivo

Carregamento por indução (150 eur); teto de abrir (1000 eur); Sistema de infotainment Pro (640 eur); Sistema keyless (300 eur); Pintura metalizada (500 eur); Sistema avançado de ajudas à condução (300 eur); Teto black diamond (300 eur); assistente ângulo morto (200 eur).

  • Airbags Laterais F/T
  • Airbags Curtain
  • Alarme
  • Controlo de Pressão dos Pneus
  • Assistente de Ângulo Morto
  • Assistente de estrada
  • Avisos de Proximidade
  • Faróis Bixénon/LED
  • Head Up Display
  • Navegação
  • A/C Automático
  • Bancos em Pele
  • Conectividade para Smartphone
  • Transmissão automática
  • Cruise Control
  • Sensores de Luz/Chuva
  • Tecto de Abrir
  • Isofix
  • Pack Desportivo

Jantes 17" (500 eur); pintura metalizada (650 eur); Pack luz interior (200 eur); Easy parking + câmara (680 eur); Carregamento por indução (150 eur); Iluminação interior (200 eur); Sistema Easy link 9,3 (600 eur); alerta ângulo morto (250 eur)

  • Dispositivo de segurança: 7
  • Montagem e Pintura: 8
  • Bagageira: 6
  • Dispositivo de segurança: 8
  • Montagem e Pintura: 7
  • Bagageira: 8
  • Área: 7
  • Versatilidade: 6
  • Qualidade: 8
  • Equipamento: 8
  • Posição de Condução: 6
  • Isolamento de Som: 7
  • Área: 8
  • Versatilidade: 7
  • Qualidade: 6
  • Equipamento: 7
  • Posição de Condução: 7
  • Isolamento de Som: 7
  • Condução: 8
  • Conforto: 8
  • Comportamento: 7
  • Acelerações: 7
  • Recuperações: 7
  • Travões: 8
  • Condução: 7
  • Conforto: 7
  • Comportamento: 8
  • Acelerações: 8
  • Recuperações: 8
  • Travões: 7
  • Consumo: 8
  • Emissões Poluentes: 8
  • Garantias: 7
  • Manutenção: 7
  • Preço: 7
  • Consumo: 7
  • Emissões Poluentes: 7
  • Garantias: 7
  • Manutenção: 7
  • Preço: 7
Avaliação
7 / 10
7 / 10
Qual escolher? É uma decisão que poderá não ser tão complicada quanto a igualdade pontual — 7,3 para o Renault Clio e 7,2 para o Peugeot 208 — deixa adivinhar. Estes dois modelos franceses não comprometem em nenhum aspeto e jogam as suas diferenças nos detalhes: o Clio numa postura mais dinâmica e com maior versatilidade interior; o 208 numa maior sofisticação, maior atenção ao detalhe e ao design. Os motores fazem jogo muito igual, as diferenças são praticamente imperceptíveis. Tanto em performance como em consumo. Mas porque aqui não há empates técnicos, o Clio sai vencedor deste comparativo pela vantagem mínima. A mala e a acessibilidade traseira assim o ditaram. Aquilo que o Peugeot ganha em cuidado na apresentação do interior não chegou para anular esta vantagem.
  • Tato geral dos comandos;
  • Design;
  • Dotação de equipamento;
  • Qualidade do interior;
  • Capacidade da mala;
  • Acessibilidade lugares traseiros;
  • Comportamento dinâmico;
  • Capacidade da mala
  • Versatilidade do interior;
  • Dotação de equipamento interior;
  • Qualidade tátil de alguns comandos;
  • Jantes de 17 polegadas são opcionais

Mais artigos em Testes, Comparativo