Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Antevisão

Jeep e Fiat ganham pequenos crossover, mas o da Alfa Romeo aguarda aprovação

Baseados na plataforma CMP os pequenos crossover da Jeep e da Fiat foram aprovados. Já o da Alfa Romeo ainda aguarda "luz verde" por parte da Stellantis.

Depois de já por diversas vezes terem sido antecipados, os pequenos SUV/crossover da Jeep e da Fiat receberam “luz verde” por parte da Stellantis.

Baseados na plataforma CMP (a mesma dos Peugeot 208 e 2008, Opel Corsa e Mokka, Citroën C4 e DS3 Crossback), estes crossover vão ter, à partida, um “irmão” da Alfa Romeo.

Contudo, segundo avança a Automotive News Europe, o modelo da Alfa Romeo ainda não foi aprovado pela Stellantis. Quanto às razões por trás desta demora, essas continuam a ser desconhecidas.

A NÃO PERDER: Stellantis. Plano de eletrificação promete modelos com 800 km de autonomia
Jeep Renegade 80th Anniversaru
Confirma-se, o Jeep Renegade vai mesmo ter um “irmão mais pequeno”.

O que já se sabe

Tanto o modelo da Jeep como o da Fiat (e o da Alfa Romeo se for aprovado) serão produzidos na antiga fábrica da FCA (agora da Stellantis) em Tychy, na Polónia.

Segundo a Automotive News Europe, o modelo da Jeep começa a ser produzido em novembro de 2022 e o da Fiat em abril de 2023. Já as motorizações deverão ser as que já conhecemos dos outros modelos que recorrem à plataforma CMP.

VEJA TAMBÉM: Testámos o Citroën C4. O regresso dos Citroën de outros tempos?

Metas ambiciosas

Começando pelo modelo da Jeep, este vai-se posicionar abaixo do Renegade e a perspetiva de produção situa-se nas 110 mil unidades/ano.

Segundo avança a Automotive News Europe, este deverá chegar primeiro com um motor a gasolina, seguindo-se a versão elétrica em fevereiro de 2023 e outra mild-hybrid em janeiro de 2024.

Já o modelo da Fiat terá como meta as 130 mil unidades/ano e deverá ter cinco portas, baseando o seu estilo no concept Centoventi revelado em Genebra. A versão elétrica deverá chegar em maio de 2023 e a mild-hybrid em fevereiro de 2024.

Fiat Centoventi
O Centoventi servirá de inspiração ao novo crossover da Fiat.
A NÃO PERDER: Novo Fiat 500 em vídeo. O melhor 100% elétrico do segmento?

Por fim, se o modelo da Alfa Romeo, cujo nome poderá ser Brennero, for aprovado, as metas de produção estão nas 60 mil unidades/ano. Caso seja aprovado, este crossover deverá começar a ser produzido em outubro de 2023, arrancando logo com a versão elétrica.

Mais tarde, em março de 2024, deverá chegar a versão mild-hybrid de tração dianteira com a versão de tração integral a chegar apenas em julho de 2024. Como seria de esperar, este sistema de tração integral também deverá chegar ao modelo da Jeep.

Agora resta apenas saber se os modelos que já são produzidos na fábrica de Tychy, o Fiat 500 com motor de combustão e o Lancia Ypsilon continuarão a ser produzidos “lado a lado” com os novos SUV/crossover.

Fonte: Automotive News Europe.

Sabe responder a esta?
Qual foi o primeiro modelo a recorrer a um motor Diesel de injeção direta?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Fiat. A marca que «inventou» os motores Diesel modernos

Mais artigos em Notícias