Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Apresentação

C40 Recharge. Apenas 100% elétrico e só pode ser comprado online

A Volvo apenas irá fabricar carros elétricos em 2030 e este novo C40 Recharge é mais um passo nessa direção, ao mesmo tempo que aproveita a apetência da procura por SUV com traseira de coupé.

A Volvo acaba de revelar o novo C40 Recharge, que será apenas e só elétrico, mais um passo para a total eletrificação da marca em 2030.

Não surpreende que, enquanto marca escandinava (mesmo que nas mãos do grupo chinês Geely), a Volvo seja uma das marcas de automóveis com os planos mais bem definidos para a eletrificação total da sua gama, que será vendida apenas online a médio prazo.

Não há planos para encerrar a rede de concessionários (cerca de 2400 globalmente), mas sim de integrar os serviços de pós-venda, manutenção, etc, com as transações de veículos online. Estas serão simplificadas com configurações mais simples de veículos e sem prática de descontos, dentro do que marcas tecnológicas muito fortes, como a Apple, colocaram em prática há anos.

VÊ TAMBÉM: XC40 Recharge. O primeiro elétrico da Volvo já começou a ser produzido
Volvo C40 Recharge

Os Diesel estão a acabar dentro da Volvo (até meados desta década deverão estar extintos) e 2029 será o ano em que se vão produzir os últimos modelos que ainda contêm um motor de combustão (a gasolina), ainda que integrados em sistemas de propulsão híbridos.

Exclusivamente elétrico

O novo C40 Recharge, com 4,43 m de comprimento, tem a mesma base rolante e de propulsão do XC40 (plataforma CMA), diferenciando-se principalmente pelo tejadilho descendente e seção traseira com ares de coupé, como acontece cada vez mais na oferta das marcas premium (Audi Q3 Sportback, BMW X2 entre outros).

Volvo C40 Recharge

Mas é o primeiro Volvo 100% elétrico feito de origem para ser apenas e só elétrico: “O C40 Recharge mostra o futuro da Volvo e a direção que estamos a seguir”, explica Henrik Green, CTO (Chief Technology Officer) da marca sueca, que acrescenta que “além de ser totalmente elétrico estará disponível com um conveniente pacote de manutenção e ficará rapidamente disponível para qualquer cliente quando faz a sua compra online”.

Nesse pacote estará incluída a manutenção (que num carro elétrico é menos frequente), assistência em viagem, garantia e opções de carregamento doméstico.

VÊ TAMBÉM: Volvo usa grua para largar carros novos de uma altura de 30 metros. Porquê?

Base técnica do XC40 elétrico

O sistema de propulsão usa uma bateria de 78 kWh e consegue um rendimento máximo de 408 cv e 660 Nm graças a dois motores de 204 cv e 330 Nm, um montado sobre cada eixo e a acionar as respetivas rodas, o que lhe permite ter tração integral.

Volvo C40 Recharge

Tem uma autonomia de até 420 km e a bateria pode ser recarregada em corrente alterna numa potência máxima de 11 kW (tardará 7,5 horas para uma carga completa) ou em corrente contínua até 150 kW (nesse caso serão necessários 40 minutos para uma carga de 0 a 80%).

Mesmo com um peso superior a 2150 kg consegue rubricar acelerações fora de série (deverão ser similares às do XC40 Recharge, que “dispara” em 4,9s de 0 a 100 km/h. A velocidade máxima está limitada a 180 km/h (menos do que no Polestar 2, que usa este mesmo sistema elétrico e alcança os 205 km/h).

Aos poucos os clientes habituar-se-ão aos novos processos de compra não presencial, da mesma forma que terão de aceitar o facto de deixarem de existir estofos revestidos em pele natural, substituída por matérias sintéticas mais de acordo com os tempos em que cada vez mais viveremos.

Infoentretenimento igual ao do Polestar 2

Outras novidades importantes no interior, estará dotado de um sistema de infoentretenimento Android, desenvolvido pela Google, que foi estreado no, também elétrico, Polestar 2. O software pode ser instalado em qualquer momento através de atualizações remotas (“over the air”), que não obrigam a deslocações aos concessionários.

A bagageira tem, uma capacidade de 413 litros, tal como no XC40 Recharge, com 21 litros adicionais de arrumação a estarem à frente, por baixo do capô.

VÊ TAMBÉM: Ajudas eletrónicas para quê? Volvo P1800 Cyan mostra como se faz na neve

Quando chega?

Depois do XC40 Recharge e C40 Recharge, a Volvo irá lançar vários modelos totalmente elétricos, principalmente na segunda metade da presente década. Mas em 2025 as estimativas dos nórdicos já apontam para que metade das suas vendas sejam de automóveis 100% elétricos e a outra metade composta por híbridos plug-in.

Volvo C40 Recharge

O novo C40 Recharge tem chegada prevista ao mercado no último trimestre deste ano com preços um pouco acima do XC40, ou seja, ligeiramente acima dos 70 000 euros.

Mais artigos em Notícias