Apresentação

Enyaq iV. Até 306 cv e 500 km de autonomia para o primeiro SUV elétrico da Skoda

A Skoda antecipa-se à Volkswagen e revela em primeiro lugar o seu (igualmente) primeiro SUV 100% elétrico, o Enyaq iV, também assente sobre a MEB.

O Skoda Enyaq iV partilha com os futuros SUV elétricos Volkswagen ID.4 e Audi Q4 e-tron a mesma super-plataforma MEB, e coube à marca checa ser a primeira a revelar o primeiro elétrico com esta tipologia no seio do grupo Volkswagen.

Na verdade, é apenas o início de uma enorme ofensiva do gigante alemão: até 2022, serão lançados 27 modelos derivados da MEB; em 2028 teremos 70 modelos MEB em comercialização!

O primeiro a ser conhecido, o ID.3, é um familiar compacto com tamanho similar a um Golf, pelo que as dimensões acrescidas do Enyaq iV surpreendem e demonstram a flexibilidade da plataforma — os modelos MEB podem “esticar” até aos 5,0 m de comprimento. O SUV checo é bem mais comprido e alto, posicionando-se, em dimensões, entre um Skoda Karoq e um Kodiaq.

VÊ TAMBÉM: Skoda Enyaq iV. Novo SUV elétrico é também o mais potente Skoda de sempre

Tem 4,65 m de comprimento, 1,87 m de largura e 1,62 m de altura, dimensões que não fogem muito às que encontramos num Audi Q5, Alfa Romeo Stelvio ou Jaguar I-Pace. Já a distância entre eixos de 2,76 m promete cotas internas bastante generosas, indo de encontro ao que a Skoda nos tem habituado em todos os seus modelos.

Comprovaremos isso mesmo em devida altura, mas os 585 l anunciados para a bagageira ultrapassam a maioria dos SUV de dimensões equivalentes (combustão ou não).

Cinco níveis de performance, três baterias

Estão planeados para o Skoda Enyaq iV cinco versões a que correspondem cinco níveis distintos de performance, e três baterias distintas em capacidade:

  • Enyaq iV 50 — 148 cv, bateria de 55 kWh, 340 km autonomia;
  • Enyaq iV 60 — 179 cv, bateria de 62 kWh, 390 km autonomia;
  • Enyaq iV 80 — 204 cv, bateria de 82 kWh, 500 km autonomia;
  • Enyaq iV 80x — 265 cv, bateria de 82 kWh, 460 km autonomia;
  • Enyaq iV RS — 306 cv, bateria de 82 kWh, 460 km autonomia.

Os Enyaq iV 50, 60 e 80 contam apenas com um motor elétrico montado sobre o eixo traseiro, marcando o regresso à Skoda de modelos com tração traseira, algo que não acontecia desde 1990. Os Enyaq iV 80x e RS contam com um motor adicional sobre o eixo dianteiro, tendo, portanto, tração às quatro rodas.

O Skoda Enyaq iV RS é, igualmente, o mais potente modelo da Skoda alguma vez feito. Os 306 cv permitem acelerar dos 0 aos 100 km/h em apressados 6,2s e a velocidade máxima é limitada a 180 km/h — os restantes Enyaq ficam-se pelos 160 km/h.

VÊ TAMBÉM: Oficial. Este é o iX3, o primeiro SUV elétrico da BMW

Carregar o Enyaq iV

O SUV elétrico permite, de origem, carregamentos até 50 kW, subindo opcionalmente para os 100 kW quando equipado com a bateria de 62 kW e até a um máximo de 125 kW com a bateria de 82 kW. Neste último caso, carregar a bateria entre os 10% e os 80% da sua capacidade demora 38 minutos.

Skoda Enyaq iV Founders Edition

Pode ainda ser carregado através de uma tomada doméstica ou uma wallbox de 11 kW (o processo demora entre seis e oito horas consoante a dimensão da bateria).

Os detalhes “Simply Clever” a que estamos acostumados por parte da Skoda são também evidentes quando se trata de arrumar os cabos de carregamento, existindo um compartimento próprio por baixo do piso da bagageira.

Compartimento por baixo do piso da bagageira
VÊ TAMBÉM: Este é o Skoda Kamiq mais barato que podes comprar. Será preciso mais?

Mais estreias

Não só é o primeiro SUV elétrico da Skoda (e do grupo Volkswagen) como também estreia alguns equipamentos até agora inéditos na marca checa. Entre elas é o primeiro Skoda a vir equipado com um head up display com função de realidade aumentada, com a informação a ser “projetada” sobre o asfalto.

Painel de instrumentos digital, head-up display

Previsivelmente vem também equipado com todo o tipo de assistentes à condução, que trabalham em conjunto para permitir condução semi-autónoma (nível 2). Assim como traz inúmeros equipamentos de segurança passiva e ativa, como por exemplo, o Proactive Crew Protect Assist, que automaticamente pré-tensiona os cintos de segurança em travagens de emergência, e fecha as janelas e o teto panorâmico, caso detete uma colisão iminente, despiste ou perigo de capotamento.

Os grupos óticos, tanto à frente como atrás, são LED de série, podendo optar-se por faróis LED Matrix à frente e full LED atrás.

VÊ TAMBÉM: EQC 400 4MATIC testado. O primeiro 100% elétrico da Mercedes-Benz

Por dentro

O Skoda Enyaq iV expressa também através do seu design interior e materiais usados as suas pretensões mais “verdes”. O painel de bordo aposta num estilo mais depurado, ficando em destaque o bastante generoso ecrã central de 13″ do sistema de infoentretenimento. É complementado por um pequeno painel de instrumentos digital de 5,3″.

A ausência de uma cadeia cinemática convencional permitiu libertar espaço no interior do Enyaq iV, e tal não podia ser mais evidente nos espaços de arrumação majorados que dispõe. Por baixo da consola central existe um espaço com generosos 11,4 l de espaço disponível, enquanto por baixo do encosto de braços dianteiro existe um compartimento com 6,2 l de capacidade.

Com o Enyaq iV, a Skoda também prescinde dos níveis de equipamento tradicionais. Ao invés teremos “Design Selections”, que alteram o ambiente a bordo (cores, padrões e revestimentos), com 10 temas à escolha, inspirados por ambientes interiores modernos. Os nomes escolhidos como Loft, Studio, Lodge, Lounge ou ecoSuite, dão uma ideia mais concreta do que se trata.

Os materiais que os acompanham também são mais ecológicos, com a escolha a passar por materiais naturais (revestimentos com mistura de 40% de lã nova), outros processados de forma mais sustentável (como o couro) e ainda outros reciclados.

VÊ TAMBÉM: Audi Q4 e-tron em vídeo. O próximo SUV elétrico da Audi

Quando chega?

O novo Skoda Enyaq iV, o primeiro SUV elétrico da marca checa, só chegará no início do próximo ano. Preços ou como será estruturada a gama portuguesa só mais perto da data de lançamento.

Mais artigos em Notícias