Apresentação

Atualização de software traz mais autonomia ao Jaguar I-Pace

A Jaguar aplicou o que aprendeu na competição e desenvolveu uma atualização de software que aumentou a autonomia do I-Pace e a performance das baterias.

A Jaguar lançou mãos à obra e decidiu oferecer uma “prenda” aos proprietários do I-Pace. Aproveitando os ensinamentos obtidos no I-Pace eTrophy e a análise a dados de viagens reais, a marca britânica desenvolveu uma atualização de software para o seu SUV elétrico.

O objetivo passou por otimizar a gestão das baterias, gestão térmica e o funcionamento do sistema de tração integral.

Apesar de tudo isto ter permitido, de acordo com a Jaguar, uma melhoria de 20 km da autonomia, a verdade é que o o valor oficial manteve-se entre os 415 e os 470 km (ciclo WLTP), com a marca a optar não homologar este aumento de autonomia.

VÊ TAMBÉM: O Jaguar F-Type renovou-se, perdeu o V6 e já tem preços para Portugal

E porquê? Porque, tal como um porta-voz da Jaguar contou à Autocar, a marca achou que “os recursos que seriam necessários para proceder à nova certificação são mais bem investidos no desenvolvimento contínuo dos produtos”.

VÊ TAMBÉM: Jaguar E-Type Zero. Gostaram tanto, que vai ser produzido!
Jaguar I-Pace

O que mudou?

Para começar, a experiência obtida no I-Pace eTrophy permitiu à Jaguar rever o sistema de tração integral do I-Pace. O objetivo foi fazer com que este distribuísse de forma mais eficiente o binário entre os motores dianteiros e traseiros quando se circula com o modo ECO.

Já ao nível da gestão térmica, a atualização da Jaguar permitiu melhorar o uso da grelha de radiador ativa, fechando as “palhetas” para melhorar a aerodinâmica. Por fim, ao nível da gestão das baterias esta atualização veio permitir à bateria funcionar com uma menor carga do que anteriormente, isto sem afetar a sua durabilidade ou a performance.

VÊ TAMBÉM: Hyundai Veloster N ETCR já anda em testes
Jaguar I-Pace
Criado em 2018, o I-Pace eTrophy começa a dar os seus frutos, com os ensinamentos por lá obtidos a serem aplicados nos modelos de produção da Jaguar.

Quanto à análise dos dados de cerca de 80 milhões de quilómetros percorridos pelos Jaguar I-Pace, esta permitiu rever a eficiência da travagem regenerativa (passou a amealhar mais energia a baixas velocidades) e o cálculo da autonomia, que passou a ser mais preciso e a refletir melhor o estilo de condução praticada (graças a um novo algoritmo).

VÊ TAMBÉM: Jaguar Land Rover e BMW. Novo acordo à vista?

O que é preciso fazer?

Segundo a Jaguar, para os clientes obterem estas atualizações terão de se deslocar a um concessionário da marca. Para além destas atualizações, o I-Pace viu ainda as funcionalidades de atualizações remotas (“Over the Air”) serem melhoradas.

VÊ TAMBÉM: E dura, dura, dura… Tesla Model S atinge 1 milhão de quilómetros
Jaguar I-Pace

Para já, não se sabe quando é que estas atualizações estarão disponíveis por cá nem se irão ter qualquer custo associado.

Sabes responder a esta?
Qual é a capacidade da bagageira do Jaguar E-Pace?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Teste ao Jaguar E-PACE. Tudo o que precisas saber

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos