Apresentação

O Audi Q5 foi renovado. O que mudou?

O renovado Audi Q5 apresenta-se com um visual revisto, um novo sistema de infotainment e, para já, com apenas um motor Diesel mild-hybrid.

Seguindo o exemplo dos seus “irmãos de gama”, como o A4, Q7 ou A5 (só para mencionar alguns), também o Audi Q5 foi alvo do tradicional “restyling de meia idade”.

No capítulo estético, a regra foi a da evolução em vez da revolução. Ainda assim, há alguns detalhes que se destacam como a nova grelha ou os novos para-choques (que fizeram o Q5 crescer 19 mm).

Outro dos destaques são os novos faróis dianteiros e traseiros. Os primeiros são em LED e contam com uma nova assinatura luminosa.

VÊ TAMBÉM: Conduzimos o renovado Audi RS 5 e sabemos quanto custa. Em equipa que ganha…
Audi Q5

Já os segundos podem contar, em opção, com tecnologia OLED que permite escolher assinaturas luminosas diferentes.

O que é novo no interior?

No interior, para além de novos revestimentos encontramos um novo sistema de infotainment com um ecrã de 10,1” e o sistema MIB 3 que, segundo a Audi, tem 10 vezes mais capacidade de computação que o antecessor.

Controlado através de um ecrã tátil ou de controlos de voz, este novo sistema abdicou do até aqui tradicional comando rotativo.

A NÃO PERDER: Audi e-tron S Sportback. Mais um motor, mais potência, mais… diversão

Quanto ao painel de instrumentos, nas versões de topo o Q5 conta com o Audi virtual cockpit plus e o seu ecrã com 12,3”.

Como seria de esperar, o renovado Audi Q5 conta com os (quase) obrigatórios Apple CarPlay e Android Auto, ambos acessíveis através de uma ligação sem fios.

Apenas um motor (para já)

Inicialmente, o renovado Audi Q5 vai estar disponível apenas com uma motorização, designada 40 TDI e que consiste num 2.0 TDI que foi associado a um sistema mild-hybrid de 12V.

Com um cárter cerca de 20 kg mais leve que o do seu antecessor e uma cambota 2,5 kg mais leve, este 2.0 TDI debita 204 cv e 400 Nm.

VÊ TAMBÉM: Depois do A3 Sportback, Audi revela o novo A3 Sedan

Associado à caixa automática de sete velocidades S tronic que envia a potência às quatro rodas através do sistema quattro, este motor viu ainda os consumos decrescer e as prestações… melhorar.

No que aos consumos diz respeito, a Audi anuncia uma média entre 5,3 e 5,4 l/100 km (ciclo WLTP), uma melhoria de cerca de 0,3 l/100 km. Já as emissões ficam-se entre as 139 e as 143 g/km.

No que diz respeito às prestações, o revisto Audi Q5 40 TDI cumpre os 0 aos 100 km/h em 7.6s e atinge os 222 km/h.

VÊ TAMBÉM: Lembras-te deste? Audi A2, à frente do tempo

Por fim, quanto ao resto das motorizações, a Audi planeia disponibilizar o Q5 com mais duas versões do 2.0 TDI de quatro cilindros, com um V6 TDI, dois 2.0 TFSI e ainda duas variantes híbridas plug-in.

Quando chega?

Com chegada aos mercados prevista para o outono de 2020, ainda não se sabe quando é que o renovado Audi Q5 chegará a Portugal nem quanto deverá custar por cá.

Ainda assim, a Audi já revelou que na Alemanha os preços vão arrancar nos 48 700 euros. Por fim, vai também estar disponível uma série especial de lançamento, o Audi Q5 edition one.

Sabes responder a esta?
Em que ano surgiu a primeira geração do Audi A4?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Audi A4 faz 25 anos. Todas as gerações do Audi mais vendido de sempre

Mais artigos em Notícias